Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-02-11T18:56:23-03:00
Victor Aguiar
Victor Aguiar
Jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero e com MBA em Informações Econômico-Financeiras e Mercado de Capitais pelo Instituto Educacional BM&FBovespa. Trabalhou nas principais redações de economia do país, como Bloomberg, Agência Estado/Broadcast e Valor Econômico. Em 2020, foi eleito pela Jornalistas & Cia como um dos 10 profissionais de imprensa mais admirados no segmento de economia, negócios e finanças.
Altas e baixas

Cosan, Vale, Itaú Unibanco e siderúrgicas: os destaques do Ibovespa nesta terça-feira

As ações ON da Cosan (CSAN3) subiram forte após o Credit Suisse elevar o preço-alvo para os papéis; Vale e Itaú também estiveram entre as principais altas do dia

11 de fevereiro de 2020
14:18 - atualizado às 18:56
Posto Shell, administrado pela Raízen, uma subsidiária da Cosan
Posto Shell, administrado pela Raízen, uma subsidiária da Cosan - Imagem: Shutterstock

O Ibovespa fechou em alta firme nesta terça-feira (11), avançando mais de 2% e recuperando o nível dos 115 mil pontos. E, em meio a esse otimismo, ações de algumas empresas se destacaram e apresentaram ganhos expressivos, entre elas Cosan, Vale e Itaú Unibanco.

Cosan ON (CSAN3), por exemplo, avançou 6,08% hoje, a R$ 83,70, e apareceu entre os maiores os ganhos do índice. Esse bom desempenho se deve a um relatório publicado mais cedo pelo Credit Suisse — o banco mostra-se otimista em relação aos resultados trimestrais da empresa.

No documento, assinado pelo analista Regis Cardoso, o Credit Suisse diz apostar num conjunto forte de números para a Cosan nos três últimos meses de 2019, impulsionado pelas margens mais fortes na Raízen Combustíveis — a subsidiária que opera os postos Shell no Brasil.

Por outro lado, o banco vê um resultado mais fraco na Comgás, outra subsidiária da Cosan. Essa fraqueza, no entanto, não será capaz de tirar o brilho do balanço: a instituição projeta um lucro líquido de R$ 2,2 bilhões para a empresa em 2019, alta de 33,4% em relação a 2018.

Considerando os potenciais bons resultados da Cosan no quarto trimestre de 2019 e as perspectivas positivas para 2020, o Credit Suisse elevou em 38% seu preço-alvo em 12 meses para as ações da companhia, de R$ 58,00 para R$ 80,00. A recomendação permaneceu neutra.

Assim, considerando o fechamento de segunda-feira (10), a R$ 78,90, o novo preço-alvo implica num potencial de ganho de 1,4%. Mas, com o forte desempenho de hoje, a cotação do papel já é superior à visão do banco.

A forte alta das ações da Cosan nesta terça-feira também impulsionou outros papéis do setor de distribuição de combustíveis. As ações ON da Ultrapar (UGPA3), empresa que opera a rede de postos Ipiranga, avançaram 4,85%, enquanto BR Distribuidora ON (BRDT3) teve alta de 4,70%.

Vale lembrar, ainda, que a Cosan reporta seus resultados trimestrais nesta sexta-feira (14), após o fechamento dos mercados.

De olho na China

A visão mais otimista do mercado em relação ao coronavírus mexeu diretamente com as ações de empresas que dependem do mercado chinês, como Vale e as siderúrgicas CSN, Gerdau e Usiminas. Nesse cenário, esses papéis subiram forte e ajudaram a puxar o Ibovespa para cima.

Todo o bom humor teve como origem declarações das autoridades de saúde de Pequim, afirmando que a doença deve chegar ao pico ainda neste mês, mas que, a partir de março, a disseminação deve começar a se estagnar e perder força.

Além disso, o governo de Pequim pediu que as indústrias mais relevantes retomem a produção — um sinal de que o país tenta evitar uma desaceleração mais intensa de sua economia em meio ao surto da doença.

Assim, com uma projeção mais animadora quanto ao futuro do coronavírus e a economia chinesa, os investidores mostraram-se menos avessos ao risco. Nesse cenário, o minério de ferro negociado no porto chinês de Qingdao — cotação que serve como referência para o mercado — fechou em alta de 4,89% hoje.

A valorização da commodity deu força à Vale ON (VALE3), que subiu 3,71%, e às siderúrgicas CSN ON (CSNA3), Gerdau PN (GGBR4) e Usiminas PNA (USIM5), com ganhos de 4,61%, 5,82% e 6,78%, nesta ordem.

Itaú confirma as expectativas

Itaú Unibanco PN (ITUB4) também apareceu entre as principais altas do dia, avançando 2,30%. O banco fechou o ano de 2019 com um lucro líquido recorrente de R$ 28,363 bilhões em 2019, alta de 10,2% em relação ao ano anterior, confirmando as expectativas do mercado.

A rentabilidade do Itaú segue elevada: ficou em 23,7%, acima do Bradesco e do Santander Brasil.

Os resultados do Itaú deram forças às demais ações do setor bancário: Bradesco ON (BBDC3) subiu 2,73%, Bradesco PN (BBDC4) avançou 0,88%, Banco do Brasil ON (BBAS3) teve alta de 4,50% e Santander Brasil units (SANB11) valorizou 0,33%.

Dentre os grandes bancos comerciais, o Banco do Brasil é o único que ainda não divulgou seu balanço. Os números serão reportados na quinta-feira (13), antes da abertura dos mercados.

Top 5

Veja abaixo as cinco ações de melhor desempenho do Ibovespa nesta terça-feira:

  • B2W ON (BTOW3): +7,34%
  • Usiminas PNA (USIM5): +6,78%
  • Natura ON (NATU3): +6,27%
  • Cosan ON (CSAN3): +6,08%
  • Via Varejo ON (VVAR3): +6,02%

Apenas duas ações do Ibovespa fecharam em baixa hoje: Cielo ON (CIEL3), com queda de 1,52%, e Carrefour Brasil ON (CRFB3), com perda de 0,45%

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

efeito pandemia

Sem peças importadas, indústria busca produção local, mas esbarra em custo

Escassez de produtos como máscaras e respiradores, que marcou o início da pandemia, depois se estendeu a semicondutores, insumos e autopeças e se agravou com o aumento dos preços

é possível, sim

O segredo para ser feliz no trabalho, segundo esta especialista

Beverly Jones, autora do “Find Your Happy at Work”, arriscou algumas respostas em entrevista recente e falou sobre desconforto, networking e tédio; veja abaixo

em família

Sobrinho-neto do bilionário Warren Buffett supera Berkshire Hathaway no ano

Ações da Boston Omaha, holding de capital aberto co-liderada pelo sobrinho-neto do bilionário, Alex Buffett Rozek, estão batendo os papéis da Berkshire Hathaway

novo serviço

Grupo pão de Açúcar vai fazer entrega para lojistas de seu marketplace

No próximo ano, a companhia passará a oferecer a possibilidade de que os lojistas virtuais armazenem produtos nos centros de distribuição do GPA

inovação

Varejo online agora quer conquistar a fronteira da venda de produto fresco

A partir do mês que vem, começa a funcionar no País uma startup mexicana de tecnologia do setor de supermercados que vai explorar exatamente esse filão

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies