Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-03-18T17:04:03-03:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Diretor de redação do Seu Dinheiro. Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA, trabalhou nas principais publicações de economia do país, como Valor Econômico, Agência Estado e Gazeta Mercantil. É autor dos romances O Roteirista, Abandonado e Os Jogadores
Crise do coronavírus

À espera da decisão do BC, juros futuros disparam com alta do dólar

A aposta do mercado financeiro refletida na curva de juros é que o BC terá de aumentar a Selic em algum momento para fazer frente às pressões inflacionárias

18 de março de 2020
11:10 - atualizado às 17:04
Coronavírus mercados bolsa
Imagem: Shutterstock

No dia em que o Banco Central decide sobre a taxa básica de juros (Selic) com ampla expectativa de um corte de pelo menos 0,50 ponto percentual, no mercado de juros futuros as taxas são negociadas em forte alta.

Leia também:

A aposta do mercado financeiro refletida na chamada curva de juros é que o BC terá de aumentar a Selic em algum momento para fazer frente às pressões inflacionárias.

Em uma tentativa de aliviar a pressão no mercado, o Tesouro anunciou uma nova intervenção no mercado de títulos públicos nesta quarta-feira.

Confira a seguir as taxas dos contratos de depósito interfinanceiro (DI) negociadas na B3 por volta das 16h45:

  • Janeiro/2021: de 3,66% para 4,00%;
  • Janeiro/2022: de 4,57% para 5,81%;
  • Janeiro/2025: de 6,72% para 7,82%;
  • Janeiro/2027: de 7,53% para 8,60%.

A expectativa de um corte mais agressivo nos juros hoje pelo Comitê de Política Monetária (Copom) para conter os impactos do coronavírus na economia levou a uma corrida ao dólar na manhã de hoje.

A disparada da moeda norte-americana também deve exercer pressão sobre os índices de inflação e podem eventualmente diminuir o poder de fogo do BC para estimular a economia via corte de juros. Esse movimento também ajuda a colocar os juros futuros sob pressão.

O Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M) registrou alta de 0,99% na segunda prévia de março, após ter ficado estável (0,00%) na segunda prévia de fevereiro, de acordo com divulgados hoje pela Fundação Getulio Vargas (FGV).

Com o resultado, o índice acumula elevação de 1,43% no ano de 2020 e alta de 6,54% em 12 meses.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Leão faminto

Carga pesada: Impostômetro atinge a marca de R$ 1,5 trilhão

Monitoramento da Associação Comercial de São Paulo mostra que, no ano passado, marca foi atingida somente no dia 28 de setembro

Muita calma nessa hora

Tem Vale Gás? Petrobras diz que não há definição sobre participação em programas sociais

Manifestação vem depois que o presidente Jair Bolsonaro disse em entrevista que a estatal tem R$ 3 bilhões em reservas para custear ajuda

Clube do Livro

Batalhas sem arma: Em “Cripto Wars”, Jim Rickards explica guerras cambiais e agora, com criptomoedas

Autor, conhecido também por suas previsões certeiras sobre o bitcoin, fala de como a tecnologia mudou as estratégias financeiras dos países

RUMO AO MILHÃO

O primeiro e mais importante investimento para quem atingir o primeiro milhão (ou ir além)

Por mais que você busque o conforto e a segurança de uma promessa de retorno garantido, digo, com convicção, que o único investimento com retorno garantido em longo prazo é aquele feito em educação

Ventos contrários

Renova Energia não consegue “proteção” contra minoritários da própria empresa

Empresa perdeu ação no TJ-SP que tentata impedir os acionistas de produzirem provas contra a empresa, relativas à investigação sobre desvio de recursos

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies