Menu
2020-04-29T16:45:09-03:00
Estadão Conteúdo
Fluxo cambial

Saída de dólar supera entrada em US$ 14,758 bilhões no ano até 24 de abril, diz BC

Em igual período do ano passado, o resultado era positivo em US$ 1,648 bilhão

29 de abril de 2020
16:37 - atualizado às 16:45
Fachada do Banco Central do Brasil (BC)
Imagem: Arnaldo Jr./Shutterstock

O fluxo cambial do ano até 24 de abril ficou negativo em US$ 14,758 bilhões, informou nesta quarta-feira, 29, o Banco Central. Em igual período do ano passado, o resultado era positivo em US$ 1,648 bilhão. Os dados refletem, em grande parte, os efeitos da pandemia do novo coronavírus sobre o fluxo de moeda estrangeira.

A saída pelo canal financeiro neste ano até 24 de abril foi de US$ 32,953 bilhões. O resultado é fruto de aportes no valor de US$ 176,301 bilhões e de envios no total de US$ 209,254 bilhões. O segmento reúne os investimentos estrangeiros diretos e em carteira, remessas de lucro e pagamento de juros, entre outras operações.

No comércio exterior, o saldo anual acumulado até 24 de abril ficou positivo em US$ 18,195 bilhões, com importações de US$ 48,100 bilhões e exportações de US$ 66,296 bilhões. Nas exportações estão incluídos US$ 11,988 bilhões em Adiantamento de Contrato de Câmbio (ACC), US$ 22,649 bilhões em Pagamento Antecipado (PA) e US$ 31,659 bilhões em outras entradas.

Abril

Depois de encerrar março com saídas líquidas de US$ 6,561 bilhões, o País registrou fluxo cambial negativo de US$ 3,405 bilhões em abril até o dia 24. Os dados refletem, em grande parte, os efeitos da pandemia do novo coronavírus sobre o fluxo de moeda estrangeira.

O canal financeiro apresentou saídas líquidas de US$ 7,251 bilhões no período. Isso é resultado de aportes no valor de US$ 28,383 bilhões e de retiradas no total de US$ 35,634 bilhões. O segmento reúne os investimentos estrangeiros diretos e em carteira, remessas de lucro e pagamento de juros, entre outras operações.

No comércio exterior, o saldo de abril até o dia 24 é positivo em US$ 3,846 bilhões, com importações de US$ 8,358 bilhões e exportações de US$ 12,204 bilhões. Nas exportações, estão incluídos US$ 2,127 bilhões em Adiantamento de Contrato de Câmbio (ACC), US$ 4,123 bilhões em Pagamento Antecipado (PA) e US$ 5,953 bilhões em outras entradas.

Semana

Em meio aos efeitos da pandemia do novo coronavírus sobre a economia, o fluxo cambial registrado na semana passada (de 20 a 24 de abril) para o Brasil ficou negativo em US$ 1,880 bilhão. A semana teve apenas quatro dias úteis, em função do feriado do dia 21 (Dia de Tiradentes).

O canal financeiro apresentou saída líquida de US$ 2,786 bilhões na semana, resultado de aportes no valor de US$ 7,448 bilhões e de envios no total de US$ 10,234 bilhões. Este segmento reúne os investimentos estrangeiros diretos e em carteira, remessas de lucro e pagamento de juros, entre outras operações.

No comércio exterior, o saldo na semana passada ficou positivo em US$ 906 milhões, com importações de US$ 2,220 bilhões e exportações de US$ 3,126 bilhões. Nas exportações, estão incluídos US$ 542 milhões em Adiantamento de Contrato de Câmbio (ACC), US$ 746 milhões em Pagamento Antecipado (PA) e US$ 1,838 bilhão em outras entradas.

Posição cambial

A posição cambial líquida do BC atingiu US$ 305,579 bilhões. O montante tem como referência o dia 24 de abril. No fim de março, a posição estava em US$ 314,548 bilhões.

A posição cambial líquida traduz o que está disponível para que o BC faça frente a alguma necessidade de moeda estrangeira - como fornecer liquidez ao mercado em momentos de crise, por exemplo.

A posição leva em conta as reservas internacionais, o estoque de operações de linha do BC (venda de dólares com compromisso de recompra), a posição da instituição em swap cambial e os Direitos Especiais de Saque (DES) do Brasil no Fundo Monetário Internacional (FMI).

Abril

Após prejuízo de R$ 31,259 bilhões com sua posição em swap cambial em março, o Banco Central registrou resultado negativo de R$ 14,722 bilhões em abril até o dia 24 com estes contratos pelo critério caixa.

Pelo conceito de competência, houve perdas de R$ 23,736 bilhões. O resultado pelo critério de competência inclui ganhos e perdas ocorridos no mês, independentemente da data de liquidação financeira. A liquidação financeira desse resultado (caixa) ocorre no dia seguinte, em D+1.

O BC registrou ainda no período ganhos de R$ 164,243 bilhões com a rentabilidade na administração das reservas internacionais. Entram no cálculo ganhos e prejuízos com a correção cambial, a marcação a mercado e os juros.

O resultado líquido das reservas, que é a rentabilidade menos o custo de captação, ficou positivo em R$ 154,211 bilhões em abril até o dia 24. Já o resultado das operações cambiais no período ficou no positivo em R$ 130,475 bilhões.

No acumulado de 2020 até 24 de abril, o Banco Central registra resultado negativo de R$ 61,201 bilhões com os contratos de swap pelo critério caixa. Pelo conceito de competência, houve perdas de R$ 71,820 bilhões. O BC obteve ganhos de R$ 630,243 bilhões com a rentabilidade na administração das reservas internacionais no acumulado do ano. Já o resultado líquido das reservas ficou positivo em R$ 587,512 bilhões e o resultado das operações cambiais no período foi positivo em R$ 515,692 bilhões.

O BC sempre destaca que, tanto em relação às operações de swap cambial quanto à administração das reservas internacionais, não visa ao lucro, mas fornecer hegde ao mercado em tempos de volatilidade e manter um colchão de liquidez para momentos de crise.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

DRAGÃO COM FOME

Comida pressiona inflação até o fim do ano, dizem analistas

Dólar em alta, oferta escassa por causa da entressafra e o auxílio emergencial estão provocando o aumento dos preços

CCR: Alerj recomenda retomar concessão de rodovia, mas governo é contra

Assembleia quer retomada da rodovia para reduzir tarifas, consideradas altas devido a irregularidades no contrato de concessão

TRETA

Maia e Alcolumbre criticam Salles após atrito com Ramos

Presidente da Câmara diz que ministro do Meio Ambiente resolveu destruir o próprio governo

SE PROTEJA

Títulos de renda fixa atrelados ao IPCA viram opção

Alta da inflação em outubro faz investidores e gestores avaliarem novas formas de proteção de patrimônio

SELEÇÃO DE NOTÍCIAS

BDR, bitcoin, shopping: o melhor do Seu Dinheiro na semana

O fim de semana chegou com uma notícia bastante esperada pelos investidores: a volta do Ibovespa ao patamar de 100 mil pontos. O principal índice da B3 foi impulsionado esta semana por dois acontecimentos. O primeiro deles foi o alívio das preocupações em torno do risco fiscal brasileiro, com políticos e governo demonstrando compromisso com a manutenção do teto de gastos. Outro tema foi a esperança de aprovação de um pacote de estímulos […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies