Menu
2020-09-24T09:47:54-03:00
Ivan Ryngelblum
Ivan Ryngelblum
Jornalista formado pela PUC-SP, com pós-graduação em Economia Brasileira e Globalização pela Fipe. Trabalhou como repórter no Valor Econômico, IstoÉ Dinheiro e Agência CMA.
INDO PARA A BOLSA

Maior IPO do ano? Rede D’Or São Luiz discutirá oferta com acionistas

Maior grupo hospitalar do País, empresa pode arrecadar até R$ 15 bilhões com oferta de ações

24 de setembro de 2020
9:47
médico/hapvida
Imagem: Shutterstock

Mais uma empresa pode vir para a bolsa em 2020. E se vier, virá com tudo.

A Rede D’Or São Luiz, maior grupo hospitalar do País, convocou seus acionistas para discutir uma oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês). O encontro foi marcado para 9 de outubro.

Na reunião, será discutida a conversão do registro da companhia perante a Comissão de Valores Mobiliários (CVM), para permitir a emissão de ações, e a listagem dos ativos no Novo Mercado, o mais alto índice de governança corporativa da B3. Também serão debatidas reformas no estatuto social da companhia para adaptá-lo ao regulamento do Novo Mercado.

O IPO da Rede D’Or São Luiz é aguardado com grandes expectativas. Notícias na imprensa apontam que a empresa prepara uma operação para captar até R$ 15 bilhões, o que seria a maior operação do ano. No momento, quem carrega este título é a empresa de logística Hidrovias do Brasil, cuja oferta movimentou cerca de R$ 3,44 bilhões.

Fundado em 1977, a Rede D'Or São Luiz opera nos Estados do Rio de Janeiro, São Paulo, Pernambuco, Brasília, Maranhão, Bahia, Sergipe e Paraná, tem 49 hospitais próprios e dois em fase de construção, além de clínicas de tratamento oncológico e radioterapia e laboratórios, tendo atualmente um total de 6.625 leitos.

A empresa é controlada pela família Moll e tem como sócios a gestora de private equity (que compram participações em empresas) Carlyle e o fundo soberano de Cingapura GIC.

Com a pandemia de covid-19 reduzindo os procedimentos eletivos, a Rede D’Or São Luiz encerrou o segundo trimestre com prejuízo de R$ 306,6 milhões, revertendo lucro do mesmo período do ano passado, e com queda de 19,3% da receita, para R$ 2,7 bilhões. O resultado antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) ficou negativo em R$ 138,3 milhões, revertendo o lucro apurado no ano anterior.

A dívida líquida ao final de 30 de junho somou R$ 11,8 bilhões, um aumento de R$ 1,9 bilhão em comparação ao registrado no final de 2019. O caixa, equivalentes de caixa e títulos e valores mobiliários somaram R$ 9,3 bilhões, aumento de R$ 4,5 bilhões.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Escolha da CEO

Petrobras: uns choram, outros vendem lenços

O tapa na cara que o investidor levou na semana passada do governo Bolsonaro foi o assunto da semana

Alto lá

Robinhood negocia pagamento de multa para encerrar investigação

Corretora ficou em evidência com tentativa de ‘short squeeze’ nas ações da Gamestop

BASTIDORES

Entrevista: Como Ruy Hungria conseguiu lucro de 1.250% com Petrobras no dia em que a ação despencou mais de 20%

quem investe em opções têm a chance de ganhar mesmo quando os mercados estão em baixa. Foi o que aconteceu com os seguidores do Ruy

Aqui não!

SEC suspende nos EUA negociação de papéis de 15 empresas por risco a investidores

Ação tem como alvo “aparentes tentativas de mídia social para inflar de modo artificial o preço de suas ações”, diz o órgão

PANDEMIA AVANÇA

Brasil registra 1.337 mortes em 24 horas; Estados anunciam restrições

Média móvel de óbitos bate recorde pelo terceiro dia seguido, segundo Fiocruz

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies