Menu
2019-07-02T15:41:05-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
mexendo nas estruturas

Via Varejo demite 12 executivos do alto escalão, após retomada da família Klein

Dona das redes Casas Bahia e Ponto Frio deve resolver problemas internos, melhorar sua operação online e correr atrás da concorrente Magazine Luiza, que já possui um modelo integrado

2 de julho de 2019
8:43 - atualizado às 15:41
Michael Klein, ex-dono da Casas Bahia e maior sócio da Via Varejo
O empresário Michael Klein. - Imagem: Seu Dinheiro

Sob nova direção, a Via Varejo, dona das redes Casas Bahia e Ponto Frio, começou a promover uma mudança profunda no alto escalão, com a demissão de 12 executivos. Eles serão substituídos por nomes de confiança da nova gestão, a serem escolhidos em breve.

Entre os que deixaram a empresa estão Rubens Domene, diretor compras de eletrodomésticos da linha branca, e Sandro Gonçalves e Silva, diretor comercial.

As mudanças na estrutura da Via Varejo começam a ser feitas após o empresário Michael Klein retomar o controle da empresa - seu pai foi o fundador da Casas Bahia.

Até então, a Via Varejo tinha como principal acionista o Grupo Pão de Açúcar (GPA), que se desfez da participação em um leilão promovido na B3, no último dia 14 de junho.

Era um desejo antigo do GPA, que queria priorizar o desenvolvimento do negócio alimentar. À espera de um comprador, a Via Varejo perdeu espaço e entregou resultados ruins, o que fez as ações registrarem forte queda ao longo do ano passado.

Agora na gestão de Klein, a varejista deve resolver problemas internos e melhorar sua operação online - vista hoje como ponto fundamental para o sucesso de uma rede focada em eletrodomésticos. A companhia terá o desafio de correr atrás da concorrente Magazine Luiza.

As ações da varejista (VVAR3) reagem bem às mudanças no quadro de executivos. Por volta das 15h10 desta terça-feira, os papéis eram negociados em alta de 4,10%, a R$ 5,33. Confira também a cobertura completa de mercados.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Recebeu desconto

Oi confirma termos de acordo para pagamento de multas à Anatel

A companhia confirmou que conseguiu um desconto de 50% na dívida total de R$ 14,333 bilhões, e o valor total a ser pago é de R$ 7,205 bilhões

Lançamento

Livro de fundador da Empiricus defende o valor da estratégia para o investidor de sucesso

Escrito por Felipe Miranda e pelo jornalista Ricardo Mioto, “Princípios do Estrategista” une os cânones da academia à “sabedoria das ruas” para mostrar como ganhar dinheiro no mercado

Covas ou Boulos?

Como a eleição para prefeito mexe com o investimento em imóveis em São Paulo

Com revisão do Plano Diretor em 2021, investidor de ações de construtoras, fundos imobiliários e imóveis deve ficar de olho no resultado eleitoral. Há risco se Guilherme Boulos ganhar? E se Covas levar, setor pode ser beneficiado?

Dinheiro no bolso

Banco do Brasil anuncia pagamento de R$ 333 milhões em JCP do 4T20

Dessa forma serão pagos no dia 30 de dezembro e terão como base a posição acionária do dia 11 de dezembro de 2020

seu dinheiro na sua noite

Maradona e o rali da bolsa

O baixinho Maradona passa por dois marcadores, toca para o companheiro e depois corre para disputar a bola na área. Ele dá um salto e, de alguma forma, consegue subir mais que o goleiro inglês Peter Shilton para empurrar (literalmente) a bola para as redes. O lance do antológico gol de mão do craque argentino […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies