Menu
2019-06-21T11:43:05-03:00
Jasmine Olga
Jasmine Olga
Cursando jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo Centro de Cidadania Fiscal (CCiF) e o setor de comunicação da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo
Números não animaram

Faltou gás no posto Ipiranga? Analistas não gostaram do balanço da Ultrapar

A Ultrapar apresentou números abaixo do esperado pelos analistas do mercado financeiro. As ações ON da empresa chegaram a cair mais de 5% na mínima desta quinta-feira (16)

16 de maio de 2019
15:42 - atualizado às 11:43
Posto Ipiranga
Ações da Ultrapar aparecem entre as principais quedas do Ibovespa nesta quinta-feira (16) - Imagem: Estadão Conteúdo/Vivi Zanatta

Por que as ações da Ultrapar mantiveram-se em queda nesta quinta-feira (16)? É melhor não perguntar no posto Ipiranga...

A dona da rede de postos reportou lucro líquido de R$ 243 milhões no primeiro trimestre deste ano, um crescimento de 232,8% na base anual. Ainda assim, a cifra ficou abaixo da média das projeções de analistas ouvidos pela Bloomberg, que apontava para um ganho de R$ 257 milhões no período.

E, de fato, os analistas não se animaram com o conjunto dos resultados apresentados pela Ultrapar. Em linhas gerais, os números da companhia foram considerados fracos e abaixo do esperado, principalmente na divisão Oxiteno.

A baixa expectativa de crescimento da empresa também foi argumento recorrente entre os analistas, que, em sua maioria, se mantiveram neutros quanto aos papéis da empresa e relembraram as projeções negativas para a economia brasileira.

Como resultado, as ações ON da Ultrapar (UGPA3) fecharam em queda de 4,48%, a R$ 20,24 — na mínima do dia, chegaram a tocar os R$ 20,04 (-5,43%). O Ibovespa encerrou o pregão em baixa de 1,75%, aos 90.024,47 pontos.

Itaú BBA — Resultados mais fracos do que o esperado para Oxiteno e Ultragaz

Recomendação: Market Perform (neutro)

Preço-alvo: R$22,50

"Os resultados do primeiro trimestre ficaram  7,1% abaixo de nossas expectativas e 9,3% abaixo do consenso dos analistas ouvidos pela Bloomberg."

"Enquanto Ipiranga, Ultracargo e Extrafarma vieram em linha com o esperado, Oxiteno e Ultragaz tiveram resultados piores do que as estimativas."

"Salientamos que o Ebitda da Ipiranga foi significativamente inferior ao seu concorrente direto, Raízen."

UBS — Falta estratégia para a retomada

Recomendação: Neutro
Preço-alvo: R$28,00

"A Ultrapar apresentou um primeiro trimestre fraco — mas esperado — apoiado por resultados ruins em quase todos os seus negócios, exceto a Ultracargo."

"Além da baixa expectativa de crescimento, a empresa também 1) falhou na estratégia de marca do Ipiranga; 2) apresentou alocação de capital fraco na Extrafarma; 3) teve resultados piores do que o esperado da Oxiteno por conta dos maiores custos com a nova planta dos Estados Unidos e dos spreads que estão relacionados à queda das margens unitárias em dólar no período, enquanto 4) Ultracargo e Ultragaz são negócios consolidados com baixo crescimento".

"Precisamos ver uma retomada da economia para nos animarmos."

BTG Pactual — Bem além da Ipiranga

Recomendação: Compra
Preço-alvo: R$22,00

"A Ultrapar apresentou resultados mistos, com um Ebitda 9% abaixo de nossas estimativas (...). Os ganhos de R$ 242 milhões vieram ligeiramente acima das nossas projeções."

"Ipiranga trouxe sinais de que as águas estão mais calmas (...) e mostrou sinais de recuperação/estabilização de volume e participação no mercado. Em contrapartida, não houve registro de aumento em sua rede de postos, e embora isso demonstre o comprometimento da gestão em melhorar a alocação de capital, acreditamos que continua a impor obstáculos na sustentação de ganhos e expansão."

Bradesco BBI - Recuperação depende do PIB e spreads químicos

Recomendação: Neutro
Preço-alvo: R$ 26,00

"Levando em conta o ano de transição para o Brasil em termos de reforma e o cenário incerto na Argentina, acreditamos que as vendas da Oxiteno (fortemente ligadas à atividade industrial) continuam sendo um desafio."

"Os múltiplos da Ultrapar estão nas menores médias históricas. Logo, uma recuperação depende de uma atividade doméstica mais forte e dos spreads cobrados pela companhia."

 

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

de olho nos números

Suzano, JBS, B3, Cyrela, Lojas Americanas, B2W, Hering: os balanços que vão mexer com o mercado nesta sexta

Balanços do segundo trimestre devem guiar os negócios no Ibovespa no último pregão da semana

Balanço

B3 tem lucro 28,9% maior no 2º trimestre e aumenta investimento para dar conta do volume da bolsa

A dona da bolsa brasileira registrou lucro líquido recorrente de R$ 1,012 bilhão e pretende investir até R$ 425 milhões em sistemas e novos produtos para o mercado

confiança com capitalização

Para presidente da Eletrobras, saída de Mattar não prejudica privatização

O presidente da Eletrobras, Wilson Ferreira Junior, disse nesta quinta-feira, 13, que a saída do secretário especial de Desestatização, Salim Mattar, não irá prejudicar a capitalização da empresa prevista para o ano que vem, e que confia que após debates com o Congresso Nacional, o processo seja aprovado

Mercados hoje

Reação de Bolsonaro a truco de Guedes deixa mercado com o pé atrás e bolsa volta a cair

Apesar do mau humor externo, dólar fechou em queda com investidores ajustando posições depois da forte alta de ontem

depois da pandemia

Os planos da Via Varejo: mais mini hubs, vagas home office e parceria com a Globo

Em teleconferência com analistas, CEO da empresa falou sobre as possibilidades de trabalho remoto e comentou as inovações que estão no radar da empresa

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements