Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-07-02T17:47:03-03:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Diretor de redação do Seu Dinheiro. Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA, trabalhou nas principais publicações de economia do país, como Valor Econômico, Agência Estado e Gazeta Mercantil. É autor dos romances O Roteirista, Abandonado e Os Jogadores
Venda à vista?

SulAmérica sobe na bolsa depois de receber oferta da Allianz por seguro de automóveis

Com uma participação de mercado de 9,6% em prêmios emitidos e uma frota de pouco mais de 1,6 milhão de veículos, a SulAmérica é a quinta maior seguradora de automóveis do Brasil

2 de julho de 2019
11:47 - atualizado às 17:47
Automóveis enfileirados em pátio
SulAmérica tem frota segurada de pouco mais de 1,6 milhão de automóveis Imagem: Shutterstock

As ações da seguradora SulAmérica (SULA11) sobem hoje na bolsa com a notícia de que a empresa negocia a venda de seu negócio de seguro de automóveis e ramos elementares para a alemã Allianz.

As units (recibos de ações) fecharam em alta de 2,48%, cotadas a R$ 38,50, mas chegaram a subir 6,15% na máxima do dia. Confira também nossa cobertura de mercados.

O negócio de seguro de automóveis gerou uma receita de R$ 697 milhões para a SulAmérica no primeiro trimestre deste ano, o equivalente a 13,3% do total. A empresa não informa por qual valor negocia a venda da unidade.

Em março, a frota segurada da companhia era de pouco mais de 1,6 milhão de automóveis. Com uma participação de mercado de 9,6% em prêmios emitidos, a SulAmérica é a quinta maior seguradora de automóveis do Brasil.

Já o negócio de ramos elementares é bem menor e representou apenas 0,9% das receitas da seguradora nos três primeiros meses deste ano.

A oferta da Allianz é indicativa e não vinculante. Ou seja, ainda não há um acordo fechado para a venda.

Caso o negócio se concretize, os negócios da SulAmérica ficarão concentrados nas áreas de saúde, odontologia, vida, previdência e gestão de ativos.

A empresa vem investindo nesses ramos e, em outubro passado, anunciou a aquisição da Prodent Assistência Odontológica, por R$ 145,7 milhões. Na área de investimentos, fechou em maio deste ano um aporte de R$ 100 milhões na corretora Órama.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

MERCADOS HOJE

Evergrande injeta temor no mercado global e bolsas têm dia de fortes perdas; Ibovespa fecha no menor nível desde novembro

Temor de que os problemas da incorporadora chinesa gerem uma reação em cadeia no mercado global afundou as bolsas nesta segunda-feira (20)

Ruído político

Congresso não participou de debate sobre aumento no IOF, revela presidente da Câmara

Arthur Lira também declarou que quer avançar com a reforma administrativa e uma solução para a questão dos precatórios ainda nesta semana

Na onda do minério

Mercado Livre (MELI34) ultrapassa Vale (VALE3) e se torna a empresa mais valiosa da América Latina

A gigante de comércio eletrônico argentina conquistou o posto após a mineradora brasileira perder R$ 43,6 bilhões em valor de mercado na última semana

Vídeos

Investir em IPOs vale a pena? Saiba as causas dessa febre do mercado

O ano de 2021 está mostrando a força do setor dos IPOs. São diversas empresas que abriram seu capital e fizeram sua oferta primária. Matheus Spiess, analista da Empiricus, explica neste vídeo sobre este cenário. Confira

desaceleração a caminho

Renda fixa: Por que a Evergrande derruba o Ibovespa, mas alivia o mercado de juros

Desempenho é oposto ao que se poderia esperar quando há pânico no mercado, diz especialista; contratos DIs para janeiro de 2022 caem de 7,09% para 7,08%

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies