Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-09-16T18:25:12-03:00
Bruna Furlani
Bruna Furlani
Jornalista formada pela Universidade de Brasília (UnB). Fez curso de jornalismo econômico oferecido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Tem passagem pelas editorias de economia, política e negócios de veículos como O Estado de S.Paulo, SBT e Correio Braziliense.
Será que vinga?

Papéis da Cielo fecham com alta de 6%, após notícia de conversas com a rival Stone

As ações da Stone, que são negociadas na Nasdaq, também foram impactadas positivamente. Os papéis da companhia terminaram o dia cotados em US$ 33.49, com uma alta de 1,82%

16 de setembro de 2019
15:10 - atualizado às 18:25
Prédio da Cielo
Imagem: Cielo/Divulgação

A notícia de que duas gigantes do setor de pagamentos, a Stone (STNE) e Cielo (CIEL3) andaram de "conversinha" nas últimas semanas parece ter animado os investidores.

A publicação destaca que, apesar de o interesse entre Stone e Banco do Brasil (um dos controladores da Cielo, junto com o Bradesco) ter esfriado um pouco, as portas para uma retomada nas negociações estavam abertas.

Diante da notícia, os papéis ordinários da Cielo fecharam o pregão desta segunda-feira (16) no topo das altas do Ibovespa em R$ 8,10, o que representa uma valorização de 6,02%.

As ações da Stone, que são negociadas na Nasdaq, também foram impactadas positivamente. Os papéis terminaram o dia com alta de 1,82%, cotados em US$ 33,49.

As assessorias de imprensa da Stone e da Cielo foram procuradas para comentar as negociações, mas até o fechamento desta matéria não retornaram o contato.

De olho na conta digital

Após mudar a postura e adotar uma estratégia de brigar por participação de mercado e não mais por rentabilidade, a Cielo anunciou no fim do mês passado que pretende ir além da maquininha de cartão de crédito.

A companhia lançou um aplicativo de conta digital. Batizado de Cielo Pay, o app vai incorporar uma conta digital por meio da qual os clientes poderão receber os valores das vendas na hora mesmo sem contar com as maquininhas.

A empresa vai oferecer também alguns serviços bancários pelo aplicativo, como saques e transferências e, futuramente, crédito. Ou seja, pode ser o primeiro passo para a companhia virar um banco completo, ainda que o presidente da Cielo, Paulo Caffarelli, não confirme essa informação.

"Nós já acompanhamos a vida do cliente como vendedor e agora vamos acompanhar a jornada dele como consumidor", afirmou Caffarelli, que reuniu a imprensa para apresentar o novo produto.

O aplicativo começa em fase de testes para funcionários nesta semana. O lançamento para o público em geral está previsto para o dia 14 de outubro.

Com o novo serviço, a empresa controlada por Banco do Brasil e Bradesco espera abocanhar um mercado que cresce a taxas de 40% ao ano.

Visão dos analistas

Na opinião dos especialistas ouvidos pela Bloomberg, mesmo com o novo serviço, ainda há uma série de incertezas com relação à Cielo.

Não é à toa que há cinco recomendações de venda, 11 de manutenção e quatro de compra dos papéis da companhia.

Para os especialistas ouvidos pelo serviço de notícias, o preço-alvo das ações da companhia pode chegar aos R$ 8,04, o que representaria uma valorização de 5,24% em relação ao fechamento da última sexta-feira (13/09). No ano, os papéis acumulam queda de 4,51%.

Stone em alta

A Stone, por sua vez, apresenta resultados um pouco melhores. Segundo os analistas ouvidos pela Bloomberg, o número de recomendações de compra e de manutenção é o mesmo para cada uma. Ao todo, são sete.

Já o número de analistas que recomendam a venda dos papéis é de cinco. Para os especialistas ouvidos, o preço-alvo das ações em 12 meses é de US$ 36,29, o que representa uma valorização de 10,34% em relação ao fechamento da última sexta-feira (13). No ano, os papéis acumulam alta de 83,73%.

A Stone estreou na bolsa americana Nasdaq em outubro de 2018 e chamou a atenção por atrair investidores como bilionário americano Warren Buffet e chinesa Ant Financial, do chinês Jack Ma, fundador do site de comércio eletrônico Alibaba.

Em abril deste ano, a empresa fez uma nova oferta de ações e movimentou US$ 790 milhões (aproximadamente R$ 3 bilhões, nas cotações do dia).

Entre os acionistas que aproveitaram a operação para colocar no bolso parte dos ganhos estavam André Street e Eduardo Pontes, fundadores da Stone.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

Ele está de volta?

Setores fazem pressão por volta do horário de verão

Criado com a finalidade de aproveitar o maior período de luz solar durante a época mais quente do ano, o horário de verão foi instituído no Brasil em 1931 pelo então presidente Getúlio Vargas e adotado em caráter permanente a partir de 2008.

MANOBRAS

Juiz põe no banco dos réus ex-gestores do banco Máxima por gestão fraudulenta

O Banco Máxima S.A. informa que seus atuais acionistas assumiram a administração do banco em 2018, após aprovação pelo Banco Central, e que os integrantes da antiga gestão não têm mais qualquer relação com a instituição financeira

Foguete? Tô fora!

Warren Buffet: o bilionário que não quer conhecer as estrelas

Enquanto Bezos, Musk e Branson protagonizam a nova corrida especial, o Oráculo de Omaha prefere apenas observar

O melhor do Seu Dinheiro

O seu momento Sherlock Holmes

Na adolescência, ouvia que quem buscasse por romance policial brasileiro deveria ler algo do Rubem Fonseca. Era uma vontade minha achar uma história desse gênero que fosse mais próxima da minha realidade — e o filtro nacionalidade me pareceu o mais adequado.  A ideia surgiu depois de ter conhecido parte das histórias criadas por Agatha […]

Mesa Quadrada

Comentarista da ESPN Paulo Antunes fala da sua paixão por futebol americano e experiência no mercado financeiro

Ele conta sobre suas aventuras na cobertura de futebol americano e basquete e ainda revela seus investimentos na Bolsa em novo episódio do podcast Mesa Quadrada

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies