Menu
2019-08-26T13:58:39-03:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA. Trabalhou por 18 anos nas principais redações do país, como Agência Estado/Broadcast, Gazeta Mercantil e Valor Econômico. É coautor do ensaio “Plínio Marcos, a crônica dos que não têm voz" (Boitempo) e escreveu os romances “O Roteirista” (Rocco), “Abandonado” (Geração) e "Os Jogadores" (Planeta).
Débito ou crédito

Além da maquininha, Cielo terá aplicativo para conta digital voltado a empreendedor

Batizado de Cielo Pay, o aplicativo será lançado em outubro e terá conta com rendimento de 100% do CDI, além de permitir a cobrança por vendas sem uso da maquininha

26 de agosto de 2019
13:58
Prédio da Cielo
Imagem: Cielo/Divulgação

Em uma ofensiva para disputar o promissor mercado de pagamentos no segmento de microempreendedores, a Cielo quer ir além da maquininha de cartão de crédito e anunciou hoje o lançamento de um aplicativo de conta digital.

Batizado de Cielo Pay, o app vai incorporar uma conta digital por meio da qual os clientes poderão receber os valores das vendas na hora mesmo sem contar com as maquininhas.

A empresa vai oferecer também alguns serviços bancários pelo aplicativo, como saques e transferências e, futuramente, crédito. Ou seja, pode ser o primeiro passo para a companhia virar um banco completo, ainda que o presidente da Cielo, Paulo Caffarelli, não confirme essa informação.

"Nós já acompanhamos a vida do cliente como vendedor e agora vamos acompanhar a jornada dele como consumidor", afirmou Caffarelli, que reuniu a imprensa hoje para apresentar o novo produto.

O aplicativo começa em fase de testes para funcionários nesta semana. O lançamento para o público em geral está previsto para o dia 14 de outubro.

Com o novo serviço, a empresa controlada por Banco do Brasil e Bradesco espera abocanhar um mercado que cresce a taxas de 40% ao ano.

A PagSeguro, do grupo UOL, foi a pioneira a explorar esse segmento e hoje conta com uma base de 9,4 milhões de contas, entre lojistas e clientes, e em maio deste ano lançou o banco digital PagBank. A Stone também está de olho nesse mercado e anunciou recentemente uma parceria com o Grupo Globo.

A Cielo começou a atuar mais fortemente no mercado de empreendedores apenas no ano passado, com a venda de maquininhas. A expectativa da companhia é atingir 1 milhão de terminais vendidos em setembro.

Líder no mercado de maquininhas, a Cielo vem sendo atacada pelos novos concorrentes, mas vem reagindo com uma estratégia que prioriza o ganho de participação em detrimento das margens. No segundo trimestre deste ano, o lucro da empresa caiu 33,3%, para R$ 431,2 milhões.

O aplicativo

A Cielo lançou sua conta digital no fim do ano passado, que possui hoje 100 mil usuários. Com o aplicativo, a empresa pretende ampliar a divulgação e acelerar essa taxa de crescimento, segundo Caffarelli. A meta, porém, não foi revelada.

Assim como as demais contas digitais, a Cielo Pay não cobrará tarifas, mas alguns serviços, como TED e saques na Rede 24 horas, serão cobrados. Ao receber suas vendas pelo aplicativo, o usuário também está sujeito às taxas da maquininha (MDR).

Para atrair os usuários, a empresa incluiu uma série de funcionalidades, como o rendimento de 100% do CDI para os recursos que ficarem parados na conta. Além da conta digital, o app terá a função de carteira digital, que permite o pagamento de contas com os cartões cadastrados.

O aplicativo também vai oferecer transferência de dinheiro para os contatos do usuário no celular sem a necessidade dos dados bancários de quem vai receber os recursos.

O Cielo Pay vai oferecer ainda assistência grátis em serviços de eletricista, encanador e informática (help desk). Embora seja voltado aos empreendedores e lojistas que fazem vendas, qualquer pessoa pode baixar e ter uma conta.

Banco próprio?

Caffarelli se esquivou de falar sobre os planos de a Cielo ter um banco próprio no futuro. Ao ser questionado se a empresa não está em uma situação de desvantagem sobre os concorrentes que têm banco próprio, o executivo rebateu:

"Nós temos dois bancos", afirmou, em referência ao BB e Bradesco. Para ele, a capilaridade da rede de agências que cobre todo o território brasileiro representa uma vantagem para a Cielo em relação à concorrência.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

reputação melhor

S&P eleva perspectiva de crédito da Petrobras

Agência alterou de estável para positiva a perspectiva dos ratings de todas as entidades corporativas e de infraestrutura cujos níveis de risco são direta ou indiretamente limitados pelo rating soberano

mais próximo do brexit

Boris Johnson vence eleições no Reino Unido

Primeiro-ministro, que havia sucedido Theresa May na missão de liderar o Brexit num movimento interno do Parlamento, agora tem a chancela eleitoral

A Bula do Mercado

Mercado comemora fim das incertezas

Vitória de Boris Johnson nas eleições, abrindo caminho para o Brexit, e progresso em direção a acordo comercial limitado entre EUA e China embalam os mercados

Olhe para eles com carinho

Fundos de investimento podem abrir as portas de uma festa para a qual não te convidaram

Ofertas públicas de ações, debêntures e outros ativos estão bombando, mas boa parte delas não é aberta às pessoas físicas. Mas você pode conseguir pegar carona num fundo de investimento…

INVESTIMENTOS

Suzano anuncia investimentos de R$ 4,4 bilhões em 2020

Além disso, a Suzano vai investir mais R$ 400 milhões em aquisição e/ou formação de terras e florestas

acordo EUA x CHINA

Casa Branca sinaliza que assinará acordo comercial limitado entre EUA e China

Trump se reuniu com importantes assessores econômicos e comerciais por uma hora nesta quinta-feira. A fonte disse que o acordo pode ser confirmado já nesta sexta-feira

INVESTIMENTOS

Para Freitas, decisão da S&P é “excelente” para atrair investimentos

O ministro prevê que a melhora de perspectiva para o Brasil pelas agências de rating vai impulsionar investimentos para as mais de 40 concessões que pretende vender em leilões em 2020

seu dinheiro na sua noite

Café com gosto amargo para a B3

Estive na manhã de hoje em um evento promovido pela bolsa brasileira B3 com advogados, representantes de bancos e da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a xerife do mercado de capitais brasileiro. Com o Ibovespa alcançando mais um recorde hoje, em meio a um volume histórico de ofertas de ações realizadas no mercado brasileiro, 2019 […]

112.199,74 pontos

Copom, S&P e Trump dão força ao mercado e fazem o Ibovespa quebrar novos recordes

Impulsionado pelo corte na Selic, pela visão otimista da S&P em relação ao Brasil e pela perspectiva de acerto entre EUA e China, o Ibovespa rompeu o nível dos 112 mil pontos pela primeira vez

PROBLEMAS NO BALANÇO

Via Varejo confirma fraude contábil, com impacto de até R$ 1,4 bilhão no resultado do 4º trimestre

Segundo o documento, houve manipulação da provisão trabalhista da companhia e diferimento indevido na baixa de ativos e contabilização de passivos

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements