Menu
2019-06-27T20:27:36-03:00
Eduardo Campos
Eduardo Campos
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo e Master In Business Economics (Ceabe) pela FGV. Cobre mercado financeiro desde 2003, com passagens pelo InvestNews/Gazeta Mercantil e Valor Econômico cobrindo mercados de juros, câmbio e bolsa de valores. Há 6 anos em Brasília, cobre Banco Central e Ministério da Fazenda.
Renda fixa

BC torna investimento em Letra Financeira mais acessível para investidor

Título de renda fixa conhecido como “debêntures dos bancos” terá menor valor de emissão e promessa de melhor liquidez

27 de junho de 2019
20:27
dinheiro; debênture
Imagem: Shutterstock

O Conselho Monetário Nacional (CMN) decidiu e o Banco Central (BC) anunciou uma série de medidas para elevar o volume de negociação e deixar mais acessível aos investidores as chamadas Letras Financeiras, títulos de renda fixa conhecidos como “debêntures dos bancos”, pois são uma forma de as instituições financeiras levantarem recursos.

Esse tipo de investimento sempre esteve bastante restrito a grandes investidores em função do valor elevado exigido, baixíssima liquidez e falta de garantia do Fundo Garantidor de Créditos (FGC). A compensação é a rentabilidade superior a outros instrumentos parecidos.

A partir de outubro, o valor mínimo de distribuição da LF cai de R$ 150 mil para R$ 50 mil. Isso para títulos sem cláusula de subordinação (não podem compor o capital regulamentar do banco).

As operações de compra e venda passarão a utilizar o valor de mercado dos títulos. Até então, só se poderia negociar uma LF emitida pelo seu valor de face, por isso da liquidez praticamente inexistente dos papéis.

Também foi concedida autorização para LF com prazo de vencimento acima de 36 meses tenha cláusula de opção de recompra ou revenda, independentemente das condições de remuneração.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

termômetro

Tesla, Robinhood e GM: as apostas do bilionário Jorge Paulo Lemann

Empresário brasileiro respondeu quais seriam os investimentos de curto e longo prazo, em uma espécie de termômetro sobre a confiança em torno do negócio

escolha da CEO

Criptomeme bilionário, $moda$ de Hering e Arezzo, aposta contra o BC… veja o que bombou na semana no Seu Dinheiro

Você apostaria contra o Banco Central do Brasil?  Não falo de apostas mequetrefes com a turma do escritório, do tipo “quem perder paga uma rodada”.  Estou falando de colocar o seu patrimônio em investimentos que podem dar retornos altos se o BC estiver errado. Pois é justamente o que defende Rogério Xavier, da SPX Capital, um […]

empresa de porto alegre

Startup Zenvia entra com pedido de IPO na Nasdaq

Empresa quer levantar até US$ 100 milhões; oferta terá seus recursos destinados para pagar o montante utilizado na aquisição da startup D1, entre outros

LDO

LDO de 2022 prevê ‘vacinas’ contra manobras do Orçamento

Proposta exclui a possibilidade de indicação das emendas de relator e proíbe o Congresso de subestimar despesas obrigatórias sem aval do Executivo

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies