Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-08-13T19:16:13-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Põe na agenda

Relator da reforma tributária quer realizar oito audiências públicas

Deputado Aguinaldo Ribeiro afirmou aos seus pares que priorizará o debate em torno da proposta de emenda à Constituição 45

13 de agosto de 2019
17:09 - atualizado às 19:16
Aguinaldo Ribeiro
Imagem: Cleia Viana/Câmara dos Deputados

O relator da reforma tributária na Câmara, deputado Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), líder da Maioria, afirmou nesta terça-feira que pretende apresentar o seu parecer sobre o tema em 8 de outubro na comissão especial da Câmara.

Ele apresentou nesta tarde o seu plano de trabalho e afirmou aos seus pares que priorizará o debate em torno da proposta de emenda à Constituição (PEC 45), inclusive, com a possibilidade de discutir pontos que estão em outras propostas.

"Tudo o que é novo é natural ter resistência, mas esse desafio é o que vai levar nosso País a uma modernização. Ter um sistema tributário simples, transparente e justo, isso que norteará conceitualmente nossos entendimentos ao longo dessa relatoria", afirmou.

A ideia é realizar oito audiências públicas em agosto, setembro e outubro. Na semana que vem, a comissão realizará a primeira audiência em que o autor da PEC, deputado Baleia Rossi (MDB-SP), e o economista Bernard Appy, mentor do texto, explicarão os detalhes da proposta. Ribeiro disse ainda que deve convidar o ministro da Economia, Paulo Guedes, para discutir a proposta que o governo ainda pretende enviar ao Congresso.

"Apesar de termos um texto definido e o governo ainda não tenha colocado sua a proposta na Casa, estamos dando a oportunidade de que o próprio ministro Paulo Guedes tenha a oportunidade de debater", disse.

De acordo com o relator, a comissão deverá realizar seminários nas cinco regiões do País em setembro como forma de integrar a discussão sobre o tema.

Os integrantes da comissão têm até a próxima quarta-feira, 21, para apresentar as emendas ao texto. Alguns deputados, no entanto, pediram para que este prazo seja prorrogado.

CPMF aqui não

Ribeiro também disse que a recriação de um imposto nos moldes da CPMF não deverá prosperar na Casa. Para ele, é necessário construir um texto que seja consensual entre os deputados para poder ser aprovado, inclusive com mudanças na proposta apresentada pelo deputado Baleia Rossi (MDB-SP).

"Evidentemente que, nesse período de audiências, conversas, é possível ir além do que está na proposta, se adequar. Essa é a característica do Parlamento. Essa reforma, apesar de haver o sentimento de todo brasileiro de que deve se reformar, você tem muitas concepções diferentes. O grande desafio é chegar ao texto que possa ser aprovado e a efetividade de promover um sistema tributário que possa ser simples, transparente e justo", disse.

*Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

O melhor do Seu Dinheiro

Onde investir o décimo terceiro, o avanço da ômicron, a disputa pela Latam e outros destaques do dia

A tão aguardada gratificação criada no governo de João Goulart cai na conta em duas parcelas, sendo a primeira até amanhã

De olho na bolsa

Esquenta dos mercados: mundo monitora avanço da variante ômicron da covid-19 em semana de Livro Bege e PIB brasileiro

Além disso, os contornos da disputa política de 2022 começam a ficar mais claros com a entrada de mais candidatos ao pleito

OMS ALERTA

Variante Ômicron representa risco global ‘muito elevado’ e é provável que se espalhe

OMS emitiu hoje um informe técnico sobre a cepa do coronavírus causador da covid-19 recentemente descoberta na África do Sul

MULTIFACETADO

‘Genial e visionário’: Virgil Abloh, diretor artístico da Louis Vuitton, morre aos 41 anos depois de luta contra forma rara de câncer

Estilista norte-americano ganhou notoriedade como diretor criativo do rapper Kanye West e fez história na LVMH

SELEÇÃO DE ATIVOS

13º salário de 2021 cai na conta até amanhã! Veja onde investir se você tem perfil conservador

Consultamos especialistas e o veredito é unânime: no cenário atual o que não faltam são oportunidades, mesmo para os investidores menos inclinados ao risco

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies