⚠️ DIVIDENDOS EM RISCO? Lula e Bolsonaro querem taxar seus proventos e podem atacar sua renda extra em 2023. Saiba mais aqui

2019-10-23T14:23:17-03:00
Estadão Conteúdo
O dia após a Previdência

Reformas tributária e administrativa têm de caminhar lado a lado, diz Mourão

Vice-presidente afirmou que o Jair Bolsonaro definirá a data para envio das medidas ao Congresso

23 de outubro de 2019
14:23
Hamilton Mourão
Imagem: Marcos Corrêa/Presidência da República

O presidente em exercício, Hamilton Mourão, disse nesta quarta-feira, 23, que o ideal seria as reformas tributária e administrativa tramitarem simultaneamente no Congresso.

"Sempre penso no melhor dos mundos. Acho que as duas têm de caminhar lado a lado. Até porque elas são complementares", declarou.

Mourão afirmou que o presidente Jair Bolsonaro definirá a data para envio das medidas ao Congresso. "E o Congresso pode ter outra visão", comentou.

O presidente em exercício disse que a reforma administrativa é importante "para dar uma enxugada no Estado". Sobre a tributária, disse que "pagamos um terço do PIB em imposto" e que "estaríamos mais satisfeitos se tivéssemos estradas alemãs, escolas suíças e hospitais britânicos, mas infelizmente não temos".

Viagem ao Peru

Mourão disse que o Peru, para onde viaja na tarde desta quarta e retorna na sexta-feira, 25, à noite, tem interesse em comprar cascos de dois submarinos do Brasil que estão fora de uso. "(A venda) depende de quanto vai pagar", disse o presidente em exercício.

Na terça, 22, o comandante da Marinha, Ilques Barbosa, afirmou que Chile e Argentina também têm interesse em comprar os submarinos brasileiros.

Mourão disse que terá reunião em Lima com empresários peruanos, com as Forças Armadas e com o presidente do Martín Vizcarra. Segundo ele, o encontro com Vizcarra será de cortesia.

Embaixada nos EUA

Mourão disse que o diplomata Nestor Forster tem "todas as credenciais" para virar embaixador do Brasil nos Estados Unidos. Na terça-feira, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) desistiu de sua indicação ao cargo para atuar como líder do PSL na Câmara.

Protestos

Mourão afirmou não ter as informações que teriam levado Bolsonaro a pedir atenção do Ministério da Defesa sobre avanço ao Brasil da onda de protestos na América Latina. "Não tenho informações que o presidente da República tem para ele já ter enviado essa ordem de alerta ao Ministério da Defesa", disse o general.

Mourão afirmou que a lei antiterrorismo brasileira "ainda é um pouco branda", mas que qualquer alteração na regra tem de ser discutida. "Não tem imposição unilateral", disse.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Quem apoia Lula e Bolsonaro no segundo turno, Elon Musk de volta ao Twitter e as ações mais indicadas para outubro; confira os destaques do dia

4 de outubro de 2022 - 18:55

Se ontem (03) a forte alta do Ibovespa foi muito além dos ganhos vistos em Wall Street, hoje o dia foi marcado pelo movimento contrário.  Em Nova York, os investidores seguiram otimistas com a possibilidade de que os mais recentes dados da economia americana possam levar o Federal Reserve a diminuir o ritmo do seu […]

FECHAMENTO DO DIA

Peões se movimentam no xadrez político e Ibovespa tem alta limitada; dólar cai a R$ 5,16

4 de outubro de 2022 - 18:37

O principal índice da bolsa brasileira teve alta de 0,08%, enquanto o dólar à vista caiu 0,11%, a R$ 5,1680. Isso porque as atenções dos investidores estão de volta ao tabuleiro político do país.

Alívio no bolso

Pensão alimentícia agora é isenta de IR, e quem pagou o imposto nos últimos anos pode reaver a bolada; veja como

4 de outubro de 2022 - 18:21

Plenário do STF confirmou decisão de junho que isenta pensão alimentícia de imposto de renda; veja se você já pode parar de pagar o carnê-leão e como pleitear o ressarcimento dos valores pagos nos últimos cinco anos

Crédito privado

Após resgates superarem 75% do patrimônio, Captalys fecha fundo Orion para novas aplicações

4 de outubro de 2022 - 17:42

Em comunicado enviado aos cotistas, a Captalys informa que a presidente, Margot Greenman, vai se dedicar exclusivamente a retornar o capital integralmente aos cotistas

INCLUSÃO E DIVERSIDADE

Vivo abre mais de 400 vagas para pessoas com deficiência; saiba como participar do processo seletivo

4 de outubro de 2022 - 17:35

As oportunidades, com atuação presencial ou remota em 15 cidades do país, são para as áreas corporativas e comercial; as inscrições vão até 13 de outubro

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies