Menu
2019-10-23T14:23:17-03:00
Estadão Conteúdo
O dia após a Previdência

Reformas tributária e administrativa têm de caminhar lado a lado, diz Mourão

Vice-presidente afirmou que o Jair Bolsonaro definirá a data para envio das medidas ao Congresso

23 de outubro de 2019
14:23
Hamilton Mourão
Imagem: Marcos Corrêa/Presidência da República

O presidente em exercício, Hamilton Mourão, disse nesta quarta-feira, 23, que o ideal seria as reformas tributária e administrativa tramitarem simultaneamente no Congresso.

"Sempre penso no melhor dos mundos. Acho que as duas têm de caminhar lado a lado. Até porque elas são complementares", declarou.

Mourão afirmou que o presidente Jair Bolsonaro definirá a data para envio das medidas ao Congresso. "E o Congresso pode ter outra visão", comentou.

O presidente em exercício disse que a reforma administrativa é importante "para dar uma enxugada no Estado". Sobre a tributária, disse que "pagamos um terço do PIB em imposto" e que "estaríamos mais satisfeitos se tivéssemos estradas alemãs, escolas suíças e hospitais britânicos, mas infelizmente não temos".

Viagem ao Peru

Mourão disse que o Peru, para onde viaja na tarde desta quarta e retorna na sexta-feira, 25, à noite, tem interesse em comprar cascos de dois submarinos do Brasil que estão fora de uso. "(A venda) depende de quanto vai pagar", disse o presidente em exercício.

Na terça, 22, o comandante da Marinha, Ilques Barbosa, afirmou que Chile e Argentina também têm interesse em comprar os submarinos brasileiros.

Mourão disse que terá reunião em Lima com empresários peruanos, com as Forças Armadas e com o presidente do Martín Vizcarra. Segundo ele, o encontro com Vizcarra será de cortesia.

Embaixada nos EUA

Mourão disse que o diplomata Nestor Forster tem "todas as credenciais" para virar embaixador do Brasil nos Estados Unidos. Na terça-feira, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) desistiu de sua indicação ao cargo para atuar como líder do PSL na Câmara.

Protestos

Mourão afirmou não ter as informações que teriam levado Bolsonaro a pedir atenção do Ministério da Defesa sobre avanço ao Brasil da onda de protestos na América Latina. "Não tenho informações que o presidente da República tem para ele já ter enviado essa ordem de alerta ao Ministério da Defesa", disse o general.

Mourão afirmou que a lei antiterrorismo brasileira "ainda é um pouco branda", mas que qualquer alteração na regra tem de ser discutida. "Não tem imposição unilateral", disse.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

polêmica

Governo barra novo cadastro para auxílio

A estratégia do governo já desperta críticas de organizações da sociedade civil, que consideram urgente a abertura de um novo prazo para pedidos de auxílio

Tombo grande

Elon Musk perde US$ 27 bilhões em uma semana após tombo da Tesla

Mesmo com o tompo gigantesco, Musk segue como segundo homem mais rico do mundo, atrás apenas de Jeff Bezos, o fundador da Amazon

Expansão

3R Petroleum fecha parceria com DBO para aquisições de campos offshore

Com a parceria, a DBO se tornará acionista minoritária da OP, que seguirá sob controle da 3R

Boletim médico

Covid-19: mortes ultrapassam 264 mil e casos chegam a quase 11 milhões

Os dados estão na atualização diária do Ministério da Saúde, divulgada na noite deste sábado (6)

ESTRADA DO FUTURO

A mentira envolvendo o Clubhouse e o Tinder que rendeu 400% de valorização

Os mercados estão longe de serem perfeitos, e hoje vou te contar uma história real que envolve duas das empresas mais quentes no setor de mídias sociais: o “Clubhouse” e o “Tinder”.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies