Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-10-14T14:13:29-03:00
Estadão Conteúdo
Reforma da Previdência

Temos condições de votar a Previdência em dois turnos nesta semana, diz Maia

Plenário da Câmara aprovou no início da madrugada, por 353 votos a 118, o requerimento apresentado pelo PSL para o encerramento da discussão sobre a reforma

10 de julho de 2019
8:36 - atualizado às 14:13
Presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ)
Presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ) - Imagem: Luis Macedo/Câmara dos Deputados

Após encerrar os trabalhos sem esgotar nem mesmo as votações de requerimentos da oposição para o adiamento da deliberação sobre a reforma da Previdência, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), voltou a dizer na madrugada desta quarta-feira, 10, que acredita haver condições para que o texto seja voltado em dois turnos no plenário da Casa ainda essa semana.

"Os resultados das votações (de requerimentos) hoje (ontem, terça-feira, 9) são boas referências, mas o mérito é o mérito. A cada minuto as coisas avançam e recuam, mas o papel dos líderes é organizar. Nesta noite já tivemos bons resultados", afirmou, ao deixar a Casa.

O plenário da Câmara aprovou no início da madrugada, por 353 votos a 118, o requerimento apresentado pelo PSL para o encerramento da discussão sobre a reforma. Na sequência, Maia encerrou os trabalhos e convocou nova sessão para esta quarta-feira às 9h.

Mais cedo, o plenário havia rejeitado por 331 votos a 117 outro requerimento para a retirada da Previdência da pauta da sessão desta terça-feira.

A oposição, no entanto, fez obstrução aos trabalhos por meio da apresentação de diversos requerimentos de adiamento da votação, que deverão ser deliberados, um de cada vez, a partir da manhã desta quarta-feira.

Até agora, foram apresentados 77 destaques ao texto principal da reforma, sendo 18 deles de bancada e os outros 59 individuais - que podem ser rejeitados em bloco. Novos destaques podem ser apresentados até o início da votação do texto.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

Ele está de volta?

Setores fazem pressão por volta do horário de verão

Criado com a finalidade de aproveitar o maior período de luz solar durante a época mais quente do ano, o horário de verão foi instituído no Brasil em 1931 pelo então presidente Getúlio Vargas e adotado em caráter permanente a partir de 2008.

MANOBRAS

Juiz põe no banco dos réus ex-gestores do banco Máxima por gestão fraudulenta

O Banco Máxima S.A. informa que seus atuais acionistas assumiram a administração do banco em 2018, após aprovação pelo Banco Central, e que os integrantes da antiga gestão não têm mais qualquer relação com a instituição financeira

Foguete? Tô fora!

Warren Buffet: o bilionário que não quer conhecer as estrelas

Enquanto Bezos, Musk e Branson protagonizam a nova corrida especial, o Oráculo de Omaha prefere apenas observar

O melhor do Seu Dinheiro

O seu momento Sherlock Holmes

Na adolescência, ouvia que quem buscasse por romance policial brasileiro deveria ler algo do Rubem Fonseca. Era uma vontade minha achar uma história desse gênero que fosse mais próxima da minha realidade — e o filtro nacionalidade me pareceu o mais adequado.  A ideia surgiu depois de ter conhecido parte das histórias criadas por Agatha […]

Mesa Quadrada

Comentarista da ESPN Paulo Antunes fala da sua paixão por futebol americano e experiência no mercado financeiro

Ele conta sobre suas aventuras na cobertura de futebol americano e basquete e ainda revela seus investimentos na Bolsa em novo episódio do podcast Mesa Quadrada

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies