2019-04-09T14:52:28-03:00
Discussão só na semana que vem

Sessão de hoje na CCJ da Câmara será apenas para a leitura do parecer da reforma da Previdência

Presidente do colegiado, Felipe Francischini (PSL-PR) informou que a discussão sobre a matéria acontecerá na semana que vem

9 de abril de 2019
14:38 - atualizado às 14:52
Imagem: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

O presidente da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara, Felipe Francischini (PSL-PR), anunciou no início da tarde desta terça-feira, 9, que a sessão do colegiado no período da tarde será apenas para a leitura do parecer do relator da reforma da Previdência, Marcelo Freitas (PSL-MG). A discussão sobre a matéria acontecerá na semana que vem.

Francischini encerrou a lista de inscrição para discursos dos deputados e disse que manterá a ordem para a próxima reunião, intercalando um a favor e um contra a reforma.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente

De acordo com ele, essa decisão foi tomada porque deputados do Rio de Janeiro e alguns de São Paulo não estão conseguindo chegar a Brasília por causa de fortes chuvas que atingem as regiões.

Na reunião desta terça, deputados da base governista apresentarão um requerimento para que a leitura do parecer seja feita no início da reunião. A oposição, por sua vez, deverá apresentar requerimentos para adiar a análise da proposta.

Há um acordo que pode ser fechado entre as duas partes para que a oposição não peça para que a proposta seja retirada de pauta desde que a base não decida por encerrar a discussão antes mesmo dela acontecer.

O deputado disse ainda que houve uma organização melhor dos integrantes da base governista nesta terça-feira para garantir a participação de quem é favorável à reforma.

Arrumando a casa

Também nesta terça-feira, a líder do governo no Congresso, Joice Hasselmann (PSL-SP), afirmou que a base governista na Câmara precisou se reorganizar para garantir uma participação mais efetiva na reunião que analisará a reforma da Previdência na CCJ.

Sem querer dizer quantos votos a proposta pode ter no colegiado, ela disse apenas ter certeza de que será aprovada.

"A gente mudou a estratégia até porque vimos que na semana passada a oposição se articulou. A gente tem que levar em consideração que a oposição tem deputados que estão aqui há muito tempo nesta Casa", comentou a deputada.

Questionada sobre se o erro de estratégia dos governistas na audiência pública que ouviu o ministro da Economia, Paulo Guedes, prejudicou a defesa da reforma, Joice negou. "Paulo Guedes deu um show, foi um leão na semana passada", disse.

Segundo a deputada, a reunião desta terça-feira será mais tranquila porque terá apenas a apresentação do relatório de Freitas. "Vai ser jogo jogado", afirmou.

Para Joice, a sessão da semana que vem que discutirá o parecer e poderá votá-lo é que deve esquentar. Ainda assim, ela acredita que não deverá haver maiores problemas.

*Com Estadão Conteúdo.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente
Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Fechamento Hoje

Tensão entre Rússia e Ucrânia e expectativa com reunião do Fed derrubam bolsas pelo mundo, e Ibovespa cai quase 1%, mas NY vira para o azul na reta final

Wall Street consegue uma virada impressionante e fechar em alta, depois de índices terem chegado a cair mais de 3%; Ibovespa reduziu perdas, mas ainda fechou com queda significativa, enquanto dólar subiu

NOVOS NEGÓCIOS

Google está de olho nas criptomoedas e vai criar unidade de negócio dedicada ao blockchain; entenda o que está por trás da decisão

Antes de se aventurar, gigante de tecnologia assistiu com cautela as movimentações das concorrentes para entrar no mercado de criptomoedas

MELHORA ARTIFICIAL

Pedidos de recuperação judicial caem em 2021 ao menor nível desde 2014

Para os especialistas os números do ano passado não representam uma recuperação econômica, mas uma melhora artificial no ambiente de negócios promovida por políticas públicas pontuais

APOSTA NA SIDERURGIA

A vez da Usiminas: BTG estima alta de mais de 55% para USIM5 nos próximos meses; saiba o que pode impulsionar as ações

Segundo os analistas, a empresa negocia nos múltiplos mais baixos da década e deve surfar na recuperação dos preços do aço