Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-10-14T14:11:32-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Nada muda!

Relator da reforma da Previdência afasta possibilidade de redução de alíquotas para Estados

Líder do Podemos, José Nelto (GO), questionou Samuel Moreira sobre o assunto na Comissão Especial nesta terça-feira

25 de junho de 2019
15:18 - atualizado às 14:11
Samuel Moreira, relator da reforma da Previdência na Comissão Especial da Câmara
Samuel Moreira, relator da reforma da Previdência na Comissão Especial da Câmara - Imagem: Michel Jesus/Câmara dos Deputados

O relator da reforma da Previdência, Samuel Moreira (PSDB-SP), afastou a possibilidade de se reduzir as alíquotas previstas para os Estados. O líder do Podemos, José Nelto (GO), questionou o relator sobre o assunto na Comissão Especial da Câmara dos Deputados nesta terça-feira, 25.

"A União irá impor uma alíquota de 14% para os servidores dos Estados e municípios que tiveram déficit atuarial. No nosso Estado de Goiás, essa alíquota já é de 14,25%. O Estado de Goiás irá perder com isso", disse Nelto.

"Fique despreocupado porque não haverá problemas com relação às alíquotas dos Estados. Não haverá problema de redução de alíquotas nos Estados. Também há um forte compromisso aqui em andamento na questão dos Estados e Municípios que ainda está em construção", disse Moreira, ao responder ao parlamentar.

"Mas, independentemente de qual seja o desfecho, não haverá problemas com relação à diminuição da alíquota, especificamente em Goiás e nos outros Estados, está bom. Pode ficar tranquilo", ressaltou.

O relatório de Moreira estabelece que as alíquotas previdenciárias pagas pelos servidores ativos, aposentados e pensionistas estaduais e municipais subirão para 14% (quando menores que isso), até que os governos locais aprovem leis sobre o tema.

Outros parlamentares cobraram ainda que Moreira inclua os Estados e municípios em sua reforma.

"Como presidente da Frente Parlamentar em Defesa dos Municípios e por ter sido prefeito, quero defender aqui que Estados e municípios sejam mantidos nessa reforma", pediu o deputado Herculano Passos (MDB-SP).

"Se eles dependerem de lei própria para estabelecer regras de benefício, pode ser que isso nunca ocorra neste momento", disse.

*Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

de olho na inovação

Amazon sinaliza interesse por criptomoedas em anúncio de emprego

Empresa procura “um líder de produto experiente para desenvolver a estratégia e o roadmap de produtos e moedas digitais

balanço em foco

Lucro da Hypera Pharma aumenta 18% no segundo trimestre

Cifra chegou a R$ 470,6 milhões no período; companhia obteve alta de 43,5% na receita líquida, a R$ 1,5 bilhão

seu dinheiro na sua noite

Quebrando recordes na corrida dos ETFs

A pira foi acesa em Tóquio: os Jogos Olímpicos estão oficialmente abertos — e eu estou empolgadíssimo. Não sei vocês, mas eu adoro as Olimpíadas, principalmente os esportes não muito convencionais. Claro, é legal assistir futebol, vôlei e basquete, mas eu gosto mesmo é de ver as modalidades que nunca passam na TV. Duelo de […]

FECHAMENTO DA SEMANA

Inflação salgada pressiona juros, mas dados americanos amenizam alta do dólar — já a bolsa não escapou da queda

Em semana recheada de ruídos políticos e incertezas, o Ibovespa acumulou uma queda de 0,72%. Já o dólar à vista subiu 1,86%, a R$ 5,2105

de olho no ir

Alta da arrecadação não dá ‘total liberdade’ para reduzir impostos, diz secretário do Tesouro

Jeferson Bittencourt considerou também que a reforma do IR ainda está em aberto, com muito para se discutir

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies