Menu
2019-10-02T17:45:53-03:00
Primeiro passo

Relator da Previdência dos militares lê parecer na comissão especial da Câmara

Texto não deve ser votado nesta quarta pelo colegiado porque os deputados fecharam um acordo de, após leitura, ser concedido um pedido de vista por duas sessões

2 de outubro de 2019
17:45
Reunião da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados
Imagem: Alex Ferreira/Câmara dos Deputados

O deputado Vinícius Carvalho (PRB-SP) iniciou no período da tarde desta quarta-feira, 2, a leitura do relatório dele sobre as regras de aposentadoria das Forças Armadas e reajustes e gratificações à carreira, na Comissão Especial da Câmara dos Deputados que analisa a matéria.

O texto não deve ser votado nesta quarta pelo colegiado. Após leitura deve ser concedido um pedido de vista por duas sessões, como ficou acertado entre os deputados no início da sessão.

A expectativa do governo era economizar R$ 97,3 bilhões em dez anos com a reforma na aposentadoria dos militares.

A proposta também trata, no entanto, da reestruturação do setor com aumento de R$ 86,65 bilhões nos gastos públicos. Ou seja, a economia líquida com as mudanças deve ser de R$ 10,45 bilhões.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

Vai uma limonada aí?

Estreante, seguradora Lemonade dispara 132% na bolsa de Nova York

As ações da empresa abriram a sessão ao preço de US$ 50,06 e, na máxima, foram negociadas a US$ 67,46. Isso avalia a empresa em US$ 3,7 bilhões, bem acima da rodada de investimentos que recebeu em 2019

40,5% de queda em relação a 2019

Venda de veículos novos cresce 113,6% em junho ante maio, diz Fenabrave

O volume registrado em junho, se comparado a igual mês do ano passado, apresenta queda de 40,5%

para enfrentar a crise

Embraer quer implementar PDV para funcionários em licença remunerada

Desde março, a fabricante de aeronaves já adotou trabalho remoto integral (home office), concessão de férias coletivas, suspensão de contratos de trabalho e redução de jornada, por conta da crise causada pela pandemia

questões do emprego

Governo estuda novo marco do trabalho com menores custos de contratação

O secretário especial de Fazenda do Ministério da Economia, Waldery Rodrigues, disse que o governo está trabalhando em um novo marco do trabalho, com redução de custos para contratação

meta da infraestrutura

Governo quer fazer três concessões e 11 arrendamentos portuários até fim do ano

Entre as concessões planejadas, está a Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol), cujo edital deve ser publicado até o fim do 3º trimestre, segundo a pasta

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements