Menu
2019-03-27T17:50:02-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Vai ficando mais distante

Onyx prega “muita calma e muita paciência” sobre reforma da Previdência

Ao ver sua base fragilizada, o ministro também reforçou o discurso de que não vê como derrota a aprovação PEC que engessa Orçamento federal

27 de março de 2019
17:49 - atualizado às 17:50
onyx-lorenzoni
Onyx Lorenzoni - Imagem: Antonio Cruz/Agência Brasil

Após aparecer de surpresa na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado, o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, disse nesta quarta-feira, 27, que é preciso ter "muita calma e muita paciência" nas tratativas pela reforma da Previdência. Ele repetiu o mantra dos últimos dias quando perguntado sobre se o governo estava criando oposição que não existe, como acusou mais cedo o senador Tasso Jereissati (PSDB-CE).

Onyx apareceu na CAE onde o ministro da Economia, Paulo Guedes, falava sobre Lei Kandir, Pacto Federativo e reforma da Previdência.

O ministro da Casa Civil voltou a rechaçar o selo de "derrota" na votação de terça na Câmara dos Deputados, que aprovou a jato em dois turnos uma PEC que engessa ainda mais o Orçamento.

"Ontem foi passo importante da Câmara, não foi derrota. No mundo todo, quem define o Orçamento é o Parlamento", disse Onyx Lorenzoni. "Claro que não (foi derrota), governo vê com muita tranquilidade", acrescentou, antes de chegar à liderança do governo no Senado, onde vai se reunir com parlamentares.

Derrota, que derrota?

Diante de um governo fragilizado, Onyx reforçou o discurso de que não vê como derrota a aprovação de uma proposta de emenda à Constituição (PEC) que engessa parcela maior do Orçamento e torna obrigatório o pagamento de despesas hoje passíveis de adiamento. "Ninguém no governo está vendo derrota nenhuma. É uma vitória e a reafirmação da autonomia do parlamento", minimizou o ministro.

Ele também disse que conversou com o presidente Jair Bolsonaro na manhã desta quarta-feira, 27, e sinalizou que ele possui o mesmo entendimento. Segundo Onyx, "quanto mais o orçamento puder ser compartilhado, melhor".

O ministro da Casa Civil destacou ainda que o Poder Executivo "só pode respeitar" a votação na Câmara e que "não vai interferir" na apreciação da matéria no Senado.

Sobre qual será o papel de parlamentares no governo, Onyx disse que o governo Bolsonaro constituiu os cargos de primeiro e segundo escalão com "total independência", e agora vai cuidar das questões na esfera estadual.

*Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

cardápio dos balanços

Balanços de Copel, Braskem, Azul e outros mexem com o mercado nesta quinta; veja os destaques

Só no Ibovespa, foram ao menos cinco companhias que revelaram os resultados do primeiro trimestre entre esta quarta e quinta; desempenho mexe com os papéis das companhias

Exile on Wall Street

Investir de maneira inteligente ajuda (mas não garante) retorno

Quero voltar aqui rapidamente ao Day One de terça, quando o Felipe citou o Soros em sua melhor forma, o arquétipo do investidor autocrítico: “Toda posição tem uma ou mais vulnerabilidades.” “Se você acha sua exposição perfeita, cuidado; você apenas não entendeu direito.”  “Sempre existe algo escondido ali, alguma armadilha não percebida a priori. Suas chances de […]

Dentro do balanço

Mercado Livre adere ao bitcoin e coloca R$ 40 milhões da criptomoeda em caixa

O documento foi publicado na página da SEC, a CVM americana, porque a empresa de entregas é listada na Nasdaq

Briga na Casa

Tensão no Congresso: Senado busca reforma tributária ampla, mas Câmara quer fatiar

A divisão da proposta em quatro partes é defendida pelo presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), com aval do ministro da Economia, Paulo Guedes, mas enfrenta resistências

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies