Menu
2019-08-06T15:56:51-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Ex-ministros, por enquanto

Onyx Lorenzoni, Tereza Cristina e Marcelo Álvaro são exonerados para votar a reforma da Previdência

Iniciativa faz parte da força-tarefa do governo para reforçar o placar favorável à reforma da Previdência na votação do segundo turno

6 de agosto de 2019
15:56
congresso-nacional
Congresso Nacional em Brasília - Imagem: Shutterstock

Os ministros da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, da Agricultura, Tereza Cristina, e do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, foram exonerados nesta terça-feira, temporariamente, para que voltem à Câmara como deputados federais e possam reforçar o placar favorável à reforma da Previdência na votação do segundo turno, que deve começar nesta terça-feira.

Os decretos que formalizam a licença dos ministros estão em edição extra do Diário Oficial da União (DOU) publicada nesta tarde.

A mesma estratégia foi adotada pelos ministros no primeiro turno de votação da proposta. Depois de encerrados os trabalhos, os ministros devem retornar aos seus cargos no Executivo.

Mais cedo, em entrevista exclusiva ao Broadcast, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado, Onyx disse que também se licenciará para a votação do projeto de lei que trata da reestruturação e previdência dos militares. O PL deve ser pautado na Câmara assim que a reforma da Previdência for concluída na Casa.

*Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

mercado de ações

A B3 vai ter concorrência, mas não hoje: os riscos e oportunidades dos desafiantes ao monopólio da bolsa brasileira

Autorização para a empresa Mark2Market operar como central depositária de títulos volta a esquentar debate sobre atuação da B3, mas mercado vê quebra de monopólio improvável no curto prazo

Triste marca

Brasil registra mais de 500 mil mortos por covid-19

Em 24 horas foram 2.301 óbitos e 82.288 novos casos. Em nota, Conass ressalta que o Brasil tem 2,7% da população mundial, e é responsável por 12,8% das mortes

Here comes the sun

Energia solar ruma para liderança no País até 2050

O sol será responsável por 32% da geração, ao mesmo tempo em que a participação das hidrelétricas deve cair para cerca de 30%

ESTRADA DO FUTURO

Os três setores mais lucrativos em tecnologia, e por que você deve investir neles

Integração entre softwares e Inteligência Artificial são dois dos segmentos que devem fazer parte de qualquer portfólio de investimentos vencedor

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies