⚽️ Jogos das quartas-de-final começam a se desenhar; confira os dias da próxima fase

Cotações por TradingView
2019-04-04T14:17:34-03:00
Estadão Conteúdo
Voto com o governo

MDB não descarta fechamento de questão a favor da Previdência

Antes de tomar uma decisão, líder do partido na Câmara afirmou que sua bancada fará uma série de debates com participação de economistas

19 de março de 2019
19:43 - atualizado às 14:17
baleia-rossi
Baleia Rossi, líder do MDB na Câmara - Imagem: Luis Macedo/Câmara dos Deputados

Apesar da resistência a pelo menos três pontos da reforma da Previdência, o MDB não descarta fechar questão para votar em bloco pela proposta, disse nesta terça-feira, 19, o líder do partido na Câmara, deputado Baleia Rossi (SP). Após reunião com o secretário especial de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, ele disse que a bancada fará uma série de debates com participação de economistas. "O MDB poderá ter uma decisão de bancada, mas só depois de uma profunda discussão", disse.

Assim como em outras bancadas, os principais focos de resistência do MDB foram as mudanças na aposentadoria rural e no benefício assistencial para idosos de baixa renda. "São dois pontos que dificultam muito a tramitação aqui na Casa", afirmou Baleia Rossi. Segundo ele, a sugestão da bancada será a retirada dos dispositivos que alteram essas regras.

Parlamentares do MDB também manifestaram resistência às regras propostas para a aposentadoria de professores, mas ainda não há proposta específica.

Segundo o líder do partido, Marinho fez uma defesa contundente da proposta enviada ao Congresso Nacional, mas deixou claro que o Parlamento é soberano. O secretário indicou ainda, segundo Baleia Rossi, que quaisquer sugestões deverão ser feitas quando a reforma estiver na comissão especial.

O texto precisa passar primeiro pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), onde terá sua admissibilidade apreciada pelos parlamentares.

Na saída da reunião, Marinho avaliou que a conversa com o MDB foi "produtiva" e que as dúvidas foram "normais". "Eles têm preocupação com rural, assistência e professores, mas sinto do MDB vontade de colaborar com o projeto", afirmou.

O secretário disse ainda que o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), tem direito de opinar sobre qualquer projeto que chegue ao Parlamento. Mais cedo, Maia disse que vai criar uma comissão especial para analisar a proposta dos militares e afirmou que não há espaço para a discussão da chamada paridade (reajustes aos aposentados iguais aos da ativa) e é "difícil" garantir a integralidade (se aposentar com o último salário da ativa).

"Paridade não há mais quem defenda. Integralidade há ainda quem defenda. Temos que discutir todos os pontos para ver o que gera impacto fiscal positivo para os brasileiros", afirmou Maia.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

SEU DINHEIRO NA COPA

Jogos das quartas-de-final começam a se desenhar; confira as datas da próxima fase da Copa do Mundo

4 de dezembro de 2022 - 17:53

Holanda e Argentina foram os primeiros times classificados para a próxima fase do Mundial do Catar; Brasil tenta vaga na segunda-feira (05) contra a Coreia do Sul

FINAL DE SEMANA EM CRIPTO

Na corda bamba: bitcoin (BTC) luta pelo patamar de US$ 17 mil com volatilidade à vista

4 de dezembro de 2022 - 16:08

Sem grandes indicadores para a semana que está começando, os investidores em criptomoedas devem permanecer atentos aos próximos passos da política monetária do Federal Reserve

A CARTEIRA DOS GRANDES

A nova aposta de Bill Ackman: megainvestidor tem grande posição vendida contra uma moeda global; saiba qual

4 de dezembro de 2022 - 14:01

O aumento agressivo da taxa de juro pelo Federal Reserve, o banco central norte-americano, neste ano pressiona paridade e força reposicionamento de Ackman

OPEP+

Putin influenciou? A decisão dos produtores de petróleo após o teto de preços da Europa e a ameaça da Rússia

4 de dezembro de 2022 - 11:49

Presidente russo disse que vai cortar o fornecimento da commodity para os países europeus que adotarem o limite de US$ 60 para o barril russo — a ameaça bateu também na porta da Opep e de seus aliados

ACUMULOU

Mega-Sena: ninguém acerta e prêmio sobe para R$ 115 milhões; saiba como ter mais chances de acertar as seis dezenas

4 de dezembro de 2022 - 9:23

Segundo a Caixa, o próximo sorteio acontece na quarta-feira, dia 7 de dezembro, e quem vencer pode levar uma bolada para casa

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies