Menu
2019-05-28T17:08:25-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Vamos falar de prazos

Maia: Congresso levará, “a princípio”, reforma da Previdência a plenário em julho

Presidente da Câmara disse que pedirá ao relator da reforma, deputado Samuel Moreira, para apresentar o parecer sobre a proposta antes de 15 de junho

28 de maio de 2019
17:08
Rodrigo Maia
Imagem: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse que o Congresso não atrapalha o governo e que vai levar, "a princípio", as mudanças na Previdência ao Plenário em julho.

Ele afirmou nesta terça-feira, 28, que vai pedir ao relator da reforma da Previdência, deputado Samuel Moreira (PSDB-SP), para apresentar o parecer sobre a proposta antes de 15 de junho.

"Do ponto de vista concreto, não há nenhum movimento da Câmara e do Senado que tenha atrapalhado o governo até agora. Queremos construir com o governo outras pautas além da Previdência que ajudem tirar o Brasil desta inércia. Nas próximas semanas, junto com o ministro Guedes, vamos avançar na reforma tributária", disse Maia.

A proposta de emenda constitucional da reforma da Previdência está na Comissão Especial sobre o tema, na qual os deputados estão discutindo o conteúdo. "A princípio, (o relatório irá ao plenário) em julho", afirmou, explicando: "A Previdência está andando. Não votou ainda porque o governo preferiu encaminhar uma emenda constitucional e não a do presidente Temer. Ainda estamos nos prazos da Previdência. Ela vai votar no mesmo prazo que votaria a do Temer em 2017."

Sobre possíveis divergências entre Congresso e Planalto, Maia minimizou: "A política é a política. O embate político existe, mas, de forma concreta, tenho certeza que a Câmara tem ajudado muito", disse.

*Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

Triste marca

Brasil registra mais de 500 mil mortos por covid-19

Em 24 horas foram 2.301 óbitos e 82.288 novos casos. Em nota, Conass ressalta que o Brasil tem 2,7% da população mundial, e é responsável por 12,8% das mortes

Here comes the sun

Energia solar ruma para liderança no País até 2050

O sol será responsável por 32% da geração, ao mesmo tempo em que a participação das hidrelétricas deve cair para cerca de 30%

ESTRADA DO FUTURO

Os três setores mais lucrativos em tecnologia, e por que você deve investir neles

Integração entre softwares e Inteligência Artificial são dois dos segmentos que devem fazer parte de qualquer portfólio de investimentos vencedor

Ano de eleição

Promessas de Bolsonaro estouram “folga” do Orçamento em 2022

A ampliação do Bolsa Família e um eventual aumento de 5% nos salários do funcionalismo público já superam o espaço adicional de R$ 25 bilhões para o próximo ano

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies