Menu
2019-10-14T14:30:18-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Em busca da união

Leitura do voto do relator da reforma da Previdência é adiada à espera de acordo sobre Estados

Samuel Moreira afirma que seu voto está praticamente pronto, mas que ele aguarda o posicionamento de Rodrigo Maia após reuniões com governadores

26 de junho de 2019
17:47 - atualizado às 14:30
Samuel Moreira, relator da reforma da Previdência na Comissão Especial da Câmara
Samuel Moreira, relator da reforma da Previdência na Comissão Especial da Câmara - Imagem: Michel Jesus/Câmara dos Deputados

O presidente da comissão especial que analisa a reforma da Previdência e o relator da matéria confirmaram que a leitura do voto complementar foi adiada para esta quinta-feira à espera de um possível acordo sobre a inclusão de Estados e municípios na proposta.

"Esforço é para que, se forem entrar Estados e municípios, seja no relatório", disse o presidente do colegiado, Marcelo Ramos (PL-AM).

Segundo o relator, Samuel Moreira (PSDB-SP), seu voto está praticamente pronto, mas ele aguarda as reuniões do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), com governadores para decidir se vai colocar a abrangência das regras para os entes federativos. "O prazo é hoje (quarta)", disse ele sobre a decisão.

Maia tenta construir um acordo para a inclusão e, ao mesmo tempo, garantir votos para aprovação da proposta no plenário da Casa.

Moreira reconhece, no entanto, que se não for possível fazer a ampliação da reforma no seu voto complementar, isso poderá acontecer no plenário.

O relator deu indicativos de que seu complemento será breve, com apenas cerca de 5 páginas. "A estrutura do substitutivo está de pé com algumas correções e ajustes", disse. Ele sinalizou que não deve mudar as regras para professores e policiais que já estariam "bem posicionados" no substitutivo apresentado por ele no dia 13 de junho.

O presidente da comissão, Marcelo Ramos, acredita que a votação possa acontecer no colegiado já na próxima semana. Segundo ele, após a leitura da complementação de voto, serão votados os requerimentos de adiamento da votação. Se esses requerimentos forem derrubados, Ramos disse que será estabelecida a data de reinício dos trabalhos da comissão, em acordo com os integrantes do colegiado.

Além disso, os deputados terão um prazo para apresentar destaques ainda antes da votação. "Não é fácil construir acordo de procedimento para votação, mas vou tentar", disse ele sobre a oposição.

*Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

efeito coronavírus

Brasil perder 1,1 milhão de empregos com carteira assinada em dois meses

Em abril, foram 860,5 mil vagas a menos e, no mês anterior, o país perdeu 240,7 mil empregos formais, segundo o Caged

ECONOMIA

Petrobras fará nova oferta de títulos globais; montante ainda não foi revelado

A Petrobras fará nova oferta de títulos globais. Em nota ao mercado, a companhia afirma que a subsidiária Petrobras Global Finance B.V. (PGF) planeja oferecer uma ou mais séries de títulos no mercado norte-americano em uma nova emissão, de valor ainda não revelado. A PGF pretende usar os recursos líquidos da venda dos títulos para […]

Exile on Wall Street

Elogio aos líderes falíveis: as ações da XP ficaram caras

A XP vale hoje R$ 93 bilhões. É mais do que Banco do Brasil. Quase o mesmo de Santander

Tranquilidade no câmbio

Ibovespa sobe e dólar cai a R$ 5,28; animação externa contagia o mercado brasileiro

O dólar à vista engata a sexta baixa seguida e o Ibovespa avança mais de 1%, sustentados pelo alívio global após o lançamento de um pacote de estímulo bilionário na Europa

Títulos públicos

Veja os preços e as taxas do Tesouro Direto nesta quarta-feira

Confira os preços e taxas de todos os títulos públicos disponíveis para compra e resgate

OPERAÇÃO PLACEBO

‘Vai ter mais’, diz Bolsonaro sobre ação da PF no Rio

Nesta terça-feira, 26, a corporação cumpriu mandado de buscas e apreensão no Palácio das Laranjeiras, residência oficial do governador Wilson Witzel (PSC), e em outros endereços ligados ao governo do Estado.

medida anticrise

UE lança plano de apoio à economia de 750 bilhões de euros

O “Próxima geração” ainda precisa de aprovação por todos os Estados-membros para entrar em vigor; seriam 11,5 bilhões já neste ano

'gabinete do ódio'

Aliados de Bolsonaro são alvos de operação contra fake news

Roberto Jefferson, dono da Havan e ativistas bolsonaristas estão entre os alvos; investigação trata de ameaças, ofensas e fake news disseminadas contra integrantes da Corte e seus familiares

POLÍTICA INTERNACIONAL

Trump ameaça regular ou fechar plataformas de mídia social por “viés político”

O presidente dos EUA, Donald Trump, disse nesta quarta-feira, em sua conta oficial no Twitter, que seu governo irá “regular fortemente” ou fechar as plataformas de mídia social “antes de permitir” que elas “silenciem totalmente as vozes conservadoras”. Segundo Trump, é essa a percepção do Partido Republicano. “Nós vimos o que elas tentaram fazer, e […]

Tudo que vai mexer com seu dinheiro hoje

16 notícias para começar o dia bem informado

Warren Buffett se desfez de todas as suas ações de companhias aéreas americanas durante a crise do coronavírus. Ele viu um risco elevado no segmento – e não uma oportunidade de levar barganhas. Será que ele estava certo? No seu texto de hoje, o mestre Ivan Sant’Anna traz um panorama sobre os efeitos da crise […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements