⚠️ DIVIDENDOS EM RISCO? Lula e Bolsonaro querem taxar seus proventos e podem atacar sua renda extra em 2023. Saiba mais aqui

2019-10-14T14:11:40-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Não deu

Estados e municípios devem ficar fora do relatório da reforma da Previdência, dizem líderes

Parlamentares sinalizam que o destaque deve ser incluído apenas na discussão em plenário, prevista para a próxima semana

2 de julho de 2019
14:33 - atualizado às 14:11
Comissão especial sobre a reforma da Previdência na Câmara
Comissão especial sobre a reforma da Previdência na Câmara - Imagem: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

Três dos principais líderes do Centrão disseram nesta terça-feira, 2, que os Estados e municípios devem ficar fora do relatório da reforma da Previdência.

A intenção do relator, Samuel Moreira (PSDP-SP), é apresentar o voto complementar na comissão nesta terça e votá-lo na quarta, segundo o líder do Solidariedade, Augusto Coutinho (PE).

Mais cedo, Moreira admitiu que talvez a melhor alternativa seja tentar incluir Estados e municípios na discussão em plenário, prevista para a próxima semana.

"Chegamos à conclusão de que é fundamental votar o relatório. Se não houver entendimento sobre Estados e municípios, tentamos construir até a próxima semana esse entendimento para votação em plenário", disse Coutinho.

"Ao que tudo indica, não teremos Estados e municípios no relatório da comissão", afirmou o líder do PSDB na Câmara, Carlos Sampaio (SP). "Os governadores não conseguiram garantir votos e, por isso, não serão reincluídos", acrescentou.

O líder do PP na Câmara, Arthur Lira (AL), disse que a inclusão de Estados e municípios no relatório da reforma da Previdência "não deve prosperar". "Temos outras crises para administrar", disse ele.

Segundo Sampaio, houve acordo entre as lideranças para que todos os destaques apresentados na comissão sejam retirados.

Sobre a intenção do PSL, que pretendia apresentar um destaque para garantir tratamento diferenciado a policiais na reforma, Sampaio disse que o partido teria assumido o compromisso de não mais apresentá-lo. Na avaliação dele, há chance "muito grande" de vencer a obstrução da oposição e votar o relatório amanhã.

"O compromisso assumido pelo PSL é o de não apresentar destaques ao relatório amanhã (quarta)", disse. "A informação que nos chegou é a de que não teremos mudanças para policiais no relatório", acrescentou.

Já Arthur Lira disse que o partido pode votar a favor do destaque do PSL. "Se o PSL não abrir mão de destaque de policiais, vamos votar a favor", disse.

*Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

ESTRADA DO FUTURO

Uma nova safra de balanços vem aí: o que esperar dos resultados das maiores empresas de tecnologia do mundo?

6 de outubro de 2022 - 6:39

Há uma enorme diferença entre as expectativas para Amazon, Apple, Google e Microsoft; o mais importante é o que elas têm a dizer sobre os próximos trimestres

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Embate entre Opep+ e Biden, nova pesquisa do Ipec e a pedra no sapato da Oi (OIBR3); confira os destaques do dia

5 de outubro de 2022 - 19:16

A decisão da Organização dos Países Exportadores de Petróleo e aliados (Opep+) de cortar a produção em dois milhões de barris por dia (bpd) para manter o mercado estável não agradou o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden. Com a inflação batendo insistentemente em sua porta e uma resistência da alta dos preços aos remédios […]

CONSOLIDAÇÃO

Líder em consolidação no setor de saúde, Hapvida (HAPV3) compra operadora de baixo custo por R$ 120 milhões

5 de outubro de 2022 - 18:57

A compra será feita por meio da subsidiária Intermédica e custará cerca de R$ 120 milhões

PRÉVIA DO BALANÇO

Multiplan (MULT3) vende R$ 4,7 bilhões e renova recorde de performance para um terceiro trimestre — confira os destaques da prévia operacional da companhia

5 de outubro de 2022 - 18:51

Todos os ativos do portfólio da empresa apresentaram crescimento de dois dígitos na comparação anual, com destaque para um shopping paulistano

ELEIÇÕES 2022

Ipec mostra Lula com 51% e Bolsonaro com 43% — confira a primeira pesquisa após o primeiro turno

5 de outubro de 2022 - 18:33

Considerando apenas os votos válidos, ou seja, excluindo os brancos e nulos, o petista aparece com 55%, ante 45% do presidente que tenta a reeleição

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies