Menu
2019-10-24T11:09:31-03:00
Fica paradinho

BCE mantém política monetária inalterada e confirma que QE começa em novembro

O novo QE será mantido “pelo tempo que for necessário para reforçar o impacto acomodatício das suas taxas de política” e terminará pouco tempo antes de o BCE “começar a elevar as taxas de juros”, destacou a instituição em comunicado.

24 de outubro de 2019
11:09
Banco Central Europeu
Imagem: Shutterstock

O Banco Central Europeu (BCE) decidiu manter sua política monetária inalterada nesta quinta-feira, após a última reunião sob o comando do italiano Mario Draghi, que será sucedido na presidência da instituição por Christine Lagarde em 1º de novembro.

Como previam analistas, o BCE manteve a taxa de refinanciamento em 0% e a de depósito em -0,50%.

O BCE também confirmou que retomará seu programa de relaxamento quantitativo (QE, pela sigla em inglês), através do qual comprará 20 bilhões de euros em ativos mensalmente a partir de 1º novembro.

O novo QE será mantido "pelo tempo que for necessário para reforçar o impacto acomodatício das suas taxas de política" e terminará pouco tempo antes de o BCE "começar a elevar as taxas de juros", destacou a instituição em comunicado.

O BCE também reafirmou que os juros continuarão nos níveis atuais ou menores até que a inflação da zona do euro convirja "de forma robusta" para sua meta oficial, que é de uma taxa ligeiramente abaixo de 2%.

Dados de setembro mostraram recentemente que a inflação anual do bloco está muito abaixo desse patamar, em 0,8%, o menor nível desde novembro de 2016.

Logo mais, Draghi falará sobre a decisão de hoje em coletiva de imprensa, a partir das 9h30 (de Brasília).

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

NOVO MINISTRO

Militar recebe cargo no Ministério da Saúde cobiçado pelo Centrão

O coronel Luiz Otávio Franco Duarte, nome levado pelo ministro interino Eduardo Pazuello, foi nomeado nesta quarta-feira, 27, para comandar a secretaria.

Quinta-feira, às 12h

Imposto de Renda 2020: As respostas estão aqui

A Julia Wiltgen estará ao vivo nesta quinta-feira (28), às 12h, com o tributarista Samir Choaib, da Choaib, Paiva e Justo Advogados Associados, para responder às perguntas dos leitores no canal do Seu Dinheiro no Youtube.

IMPASSE

TCU pode suspender contratação de militares da reserva para reduzir filas do INSS

A contratação dos militares é considerada um ponto central da estratégia do governo Bolsonaro, mas enfrenta resistências de diversos setores da sociedade civil, do Judiciário e mesmo dentro do TCU, que veem com preocupação o aumento da presença de militares em funções destinadas a servidores civis.

INVESTIGAÇÃO

Aras tende a vetar pedido por celulares de Bolsonaro e Carlos

Na avaliação de Augusto Aras, não cabe a terceiros pedir a abertura de inquéritos ou medidas de investigação no caso.

EFEITO CORONAVÍRUS

Compras com cartões desaceleram ritmo e crescem 14,1% no 1º tri, diz Abecs

Trata-se do menor crescimento desde 2007, conforme a entidade.

DESACELERAÇÃO DO CONSUMO

Queda na Confiança das Famílias é a mais intensa da série histórica, diz CNC

O índice caiu para 81,7 pontos na pesquisa de maio, contra 95,6 pontos em abril, registrando queda mensal de 13,1% e anual de 13,7%.

volta gradual

Doria anuncia retomada gradual da economia em SP no dia 1º de junho

Segundo o governador, medida não é um relaxamento, mas um ajuste levando em conta as particularidades regionais do Estado

ENERGIA

Aneel tenta reduzir reajustes tarifários para ex-distribuidoras da Eletrobras

Segundo a Aneel, a última vez que essas distribuidoras passaram por revisão tarifária foi em 2013.

VALIDADE PRORROGADA

Congresso prorroga por 60 dias prazo de vigência de quatro MPS

O Congresso Nacional prorrogou o prazo de validade de quatro medidas provisórias por mais 60 dias. Os atos estão publicados no Diário Oficial da União desta quarta-feira, 27. Uma das MPs que teve vigência prorrogada é a MP 930, que dispõe sobre o tratamento tributário incidente sobre a variação cambial do valor de investimentos realizados […]

efeito coronavírus

Brasil perde 1,1 milhão de empregos com carteira assinada em dois meses

Em abril, foram 860,5 mil vagas a menos e, no mês anterior, o país perdeu 240,7 mil empregos formais, segundo o Caged

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements