2019-05-27T09:29:01-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
virou rotina

Projeção para alta do PIB em 2019 cai pela 13ª semana seguida, para 1,23%

O número desta semana é a 13ª queda consecutiva nas estimativas. Para 2020, o mercado financeiro manteve previsão de crescimento do PIB em 2,50% — mesma projeção de quatro semanas atrás

27 de maio de 2019
8:32 - atualizado às 9:29
Gráfico indicando queda
Gráfico indicando queda - Imagem: Shutterstock

O boletim Focus, publicação do Banco Central que reúne estimativas de economistas, divulgado nesta segunda-feira, 27, estima um crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) em 2019 de 1,23%, ante 1,24% da semana passada. Há um mês a estimativa de crescimento era de 1,70%.

O número desta semana é a 13ª queda consecutiva nas estimativas. Para 2020, o mercado financeiro manteve previsão de crescimento do PIB em 2,50% — mesma projeção de quatro semanas atrás.

Os economistas do mercado financeiro também mostraram uma estabilidade no cenário para a moeda norte-americana em 2019. A mediana das expectativas para o câmbio no fim deste ano ficou em R$ 3,80. Para o próximo ano a projeção no fim do ano continua em R$ 3,80.

Selic segue no mesmo patamar

A Selic, a taxa básica de juros, segue em 6,50% no fim de 2019 (mesmo patamar de um mês atrás). A projeção para a Selic no fim de 2020 seguiu em 7,25% ao ano. Quatro semanas atrás estava em 7,50%. Em 2021, o número seguiu em 8,00% e para 2022 permaneceu em 7,50%.

No último dia 8, Comitê de Política Monetária (Copom) anunciou a manutenção, pela nona vez consecutiva da Selic, em 6,50% ao ano. O BC também indicou que o risco de inflação menor devido ao fraco desempenho econômico se elevou desde a reunião anterior e reiterou que manterá a "cautela, serenidade e perseverança" em suas próximas reuniões.

Em relação ao IPCA em 2019, os economistas do mercado financeiro mantiveram a previsão da semana passada: alta de 4,07%. Há um mês, estava em 4,01%. A projeção para o índice em 2020 seguiu em 4,00%. Mesmo nível de quatro semanas atrás.

O relatório também trouxe a projeção para o IPCA em 2021, que seguiu em 3,75%. No caso de 2022, a expectativa também permaneceu em 3,75%.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

NOVO MODELO DE NEGÓCIOS

Varejo adota ‘loja-contêiner’ para fugir dos custos de shoppings e aluguéis; conheça o que são os estabelecimentos modulares

A estreante no formato é a Chilli Beans, de óculos de sol. “Acho que não teria uma Eco Chilli se não houvesse pandemia”, afirma o CEO, Caito Maia

NÃO MEXE NO MEU QUEIJO

Membros do mercado financeiro defendem Lei das Estatais em documento enviado ao ao Congresso; revogação seria ‘retrocesso’

O texto também cita o relatório de 2020 em que a OCDE afirma que a Lei das Estatais deixou os conselhos de empresas públicas mais independentes de interferências

NESTA SEGUNDA-FEIRA

Governador de São Paulo fará coletiva nesta segunda-feira após Bolsonaro aprovar isenção do ICMS sem garantia de compensação aos estados

O presidente da República vetou o fundo de ajuda aos estados após sancionar o teto do imposto estadual

SEU DOMINGO EM CRIPTO

‘Compre na baixa’ anima e bitcoin (BTC) busca os US$ 22 mil; criptomoedas aguardam semana de olho no Fed

Entre os destaques da próxima semana estão o avanço dos juros nos Estados Unidos e um possível default da Rússia

DE OLHO NO FUTURO

Goldman Sachs quer entrar no mundo da ‘renda fixa’ em criptomoedas e lidera grupo para comprar a Celsius por US$ 2 bilhões

O staking vem crescendo nos últimos meses e é motivo de certa preocupação após o caso da Celsius — e o banco de Wall Street quer um pedaço dele

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies