Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-04-20T15:11:56-03:00
Luis Ottoni
Luis Ottoni
Jornalista formado pela Universidade Mackenzie e pós-graduando em negócios pela Fundação Getúlio Vargas. Atuou nas editorias de economia nos portais G1, da Rede Globo, e iG.
Boletim Focus

Mercado prevê alta menor do PIB

Previsão do mercado é que o PIB avance 2,50% em 2019 ante os 2,53% previstos anteriormente, segundo divulgou o IBGE nesta segunda-feira

28 de janeiro de 2019
8:42 - atualizado às 15:11
Supermercado
Supermercado - Imagem: Shutterstock

Os economistas do mercado financeiro estimam menor alta do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil e da inflação para 2019.

A informação é do boletim Focus divulgado nesta segunda-feira, 28. A previsão do mercado é que o PIB avance 2,50% em 2019 ante os 2,53% previstos anteriormente. Já para 2020, a expectativa é de crescimento de 2,60% ante os 2,50% do relatório anterior.

Já para a inflação, a expectativa passou de uma alta de 4,01% para o IPCA no ano para 4%.

A expectativa para taxa Selic foi mantida em 7% ao ano.

*Com Estadão Conteúdo

 

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

Tendências da bolsa

AGORA: Ibovespa futuro avança em dia de alta volatilidade pós-Fed e dólar recua hoje

Após a decisão de juros do Fed, os mercados operam voláteis em um forte movimento de ajuste de carteiras hoje

O melhor do Seu Dinheiro

Mais um alarme de preço baixo, Tesla em queda, bear market do bitcoin, novo fundo do Itaú e outras notícias que mexem com o seu bolso

Apesar de resultados sólidos no quarto trimestre, papéis de construtoras seguem em queda. Confira se é hora de comprar ações do setor e quais informações você precisa levar em conta antes de decidir

De olho na bolsa

Esquenta dos mercados: Bolsas no exterior tentam se recuperar da queda após decisão do Fed e Ibovespa busca manter ritmo de alta mesmo com risco fiscal no radar

Depois de tocar os 112 mil pontos ontem (26), a bolsa brasileira precisa enfrentar o ajuste de carteiras ao novo cenário de juros altos

Exclusivo

Na “caça aos unicórnios”, Itaú lança fundo para aplicar em gestores de investimentos alternativos

O banco acaba de abrir para captação o Polaris, fundo com objetivo de retorno de até 25% ao ano e foco em investimentos que vão bem além do “combo” tradicional de bolsa, dólar e juros

CONSTRUTORAS COM DESCONTO

Vendas de imóveis em alta, ações em baixa. A queda das incorporadoras abriu uma oportunidade de compra na bolsa?

Os resultados do quarto trimestre mostram que as empresas do setor entregaram desempenhos sólidos, mas as ações caminham na direção contrária

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies