Menu
2019-04-04T14:17:44-03:00
Eduardo Campos
Eduardo Campos
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo e Master In Business Economics (Ceabe) pela FGV. Cobre mercado financeiro desde 2003, com passagens pelo InvestNews/Gazeta Mercantil e Valor Econômico cobrindo mercados de juros, câmbio e bolsa de valores. Há 6 anos em Brasília, cobre Banco Central e Ministério da Fazenda.
No Senado

Paulo Guedes: Algo está falhando entre nós

Ministro fala brevemente sobre articulação política em audiência no Senado e disse o que o levaria a abandonar o barco

27 de março de 2019
18:06 - atualizado às 14:17
Paulo Guedes
Paulo Guedes - Imagem: Jefferson Rudy/Agência Senado

O ministro da Economia, Paulo Guedes, falou sobre articulação política, sua ausência na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e a aprovação pela Câmara dos Deputados de um PEC que aumenta a rigidez orçamentária.
Segundo Guedes, o governo tem atuado como um opositor de si mesmo. “Algo está falhando entre nós”, disse. Mas antes, rendeu homenagens ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia, que “está sendo construtivo com relação a minha pessoa”.

Para o ministro, há um choque de acomodação de quem está chegando e “não sabe onde está a cadeira”, com aqueles que já estão “aqui dentro” e falam que tem de conversar “com quem está na janela”.

Sobre a PEC, Guedes foi interpelado pelos senadores por duas vezes. Da primeira vez, foi meio tímido, falando que estava chegando agora e que os senadores entendiam mais dessa coisa.

Depois foi direto ao ponto, dizendo que “o que aconteceu ontem foi uma demonstração de poder de uma casa. Não consigo entrar nesse espaço. Mas houve uma exibição de poder político”.

Segundo Guedes, a Câmara mandou um recado para o governo, que tem uma reforma importante, a reforma da Previdência, que poderia ser votada em um dia só, em seus dois turnos.

Do ponto de vista econômico, Guedes voltou a dizer que defende verbas descentralizadas e carimbadas, mas que não pode se opor à decisão dos deputados que estão querendo “um dinheirinho para a base dele”.

Guedes fez uma grande defesa de seu projeto de desvincular e desindexar receitas, dando protagonismo para os políticos em alocar as verbas e não ficarem felizes com um “balãozinho” de emendas impositivas.

Ele também falou sobre o não comparecimento na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara. Guedes disse que também tomou um susto, pois foi convocado para um lugar “que não tem relator, todo mundo preparado para te jogar pedra e seu partido também”.

Eu fico!

Sobre sua eventual saída, o ministro disse acreditar em uma dinâmica virtuosa da democracia, “cada um vai fazer seu papel” e que se o presidente apoiar as coisas que podem servir para o Brasil “eu estarei aqui”.

“Agora se o presidente ou a Câmara não quiserem, eu vou voltar para onde sempre estive”, disse. “Será um prazer ter tentado.”

Guedes disse que não vai brigar “para ficar aqui”, que não tem apego ao cargo, mas que também não tem a irresponsabilidade de sair na primeira guerra.

A audiência teve alguns embates, mas nada fora da normalidade. Guedes rebateu as colocações do senador Rogério Carvalho (PT-SE) que falou sobre a ideologia do governo, dizendo ser pragmático e que a reforma defende os mais pobres.

Enquanto defendia a proposta e dava o exemplo de que políticos se aposentam com 20 vezes o salário médio do trabalhador, Guedes se desentendeu com a senadora Katia Abreu (PDT-TO) que queria falar. Guedes disse “você vai deixar eu falar?” e teve início uma confusão que acabou mediada pelo presidente da CAE, Omar Aziz (PSD-AM) pedindo respeito e falando que Guedes não poderia mandar senador calar a boca. Depois, Guedes se desculpou e disse que apenas queria defender seu tempo de fala.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

DE OLHO NA TECNOLOGIA

Toyota investe US$ 394 milhões em companhia de táxi aéreo elétrico, Joby Aviation

Parecida a um drone, a aeronave tem capacidade para quatro passageiros mais o piloto, possui seis hélices, um alcance de 150 milhas (aproximadamente 240 km) e pode voar até 200 milhas por hora (cerca de 320 km/h)

POLÍTICA

Em Davos, Doria se ‘afasta’ de Bolsonaro

Nesses 12 meses de intervalo, o clima entre os dois não apenas esfriou como houve troca de farpas tendo como pano de fundo o cenário político de 2022

EMPREGO

Em 1º ano, Bolsonaro gera mais vagas que Temer, mas fica atrás de Lula e Dilma

Com a economia ganhando tração a partir do segundo semestre do ano passado, o Caged registrou saldo positivo de 644.079 vagas com carteira assinada em 2019

COLUNA DO PAI RICO PAI POBRE

Ter um emprego versus empreender

Veja como avaliar se é melhor ter um próprio negócio, ser autônomo ou arrumar um emprego.

EMPREGOS

Para gerar 1 milhão de empregos, economia tem de crescer 3%, diz secretário

O secretário de Trabalho do Ministério da Economia, Bruno Dalcolmo, evitou nesta sexta-feira, 24, fazer uma previsão oficial para a geração de empregos com carteira assinada em 2020, mas disse acreditar em até 1 milhão de novos postos de trabalho neste ano, caso o Produto Interno Bruto (PIB) tenha uma alta próxima de 3% até […]

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

O que será que será da Selic?

A taxa básica de juros (Selic) vai continuar em queda? Quando fiz essa pergunta recentemente a um gestor de fundos, ele me devolveu com outra pergunta: – Você quer que eu responda o que o Banco Central deveria fazer ou o que ele vai fazer? Pode parecer uma diferença sutil, mas o mercado encontra-se atualmente […]

Dólar teve alta

Tensão com o coronavírus freia os mercados e faz o Ibovespa ficar no zero a zero na semana

O coronavírus trouxe cautela aos mercados, mas não desencadeou uma onda de pessimismo. Como resultado, o Ibovespa ficou praticamente zerado na semana — a nova doença neutralizou o otimismo estrutural visto na bolsa nos últimos dias

OUÇA O QUE BOMBOU NA SEMANA

Podcast Touros e Ursos: Já pensou em conquistar sua independência financeira?

Repórteres do Seu Dinheiro trazem em podcast semanal um panorama sobre tudo o que movimentou os seus investimentos nesta semana

de olho na inflação

BC está confortável com inflação após choque de proteína, diz Campos Neto

“Há um gap de política monetária que a gente tenta comunicar. É importante, porque parte do que foi feito não está totalmente dissipado”, afirmou em seguida

MAIS ESCLARECIMENTOS

BNDES atual pôs R$ 15 milhões a mais em auditoria

O reajuste de 25% aconteceu por meio de um aditivo contratual, publicado no dia 25 de outubro de 2019, e aumentou de US$ 14 milhões para US$ 17,5 milhões o contrato da Cleary Gottlieb Steen & Hamilton, escritório contratado para realizar os serviços de auditoria

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements