Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-12-20T10:07:32-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Atenção no preço

‘Prévia’ da inflação, IPCA-15 tem forte alta de 1,05% em dezembro

Resultado é o maior no comparativo mensal desde junho de 2018, quando o índice atingiu a marca de 1,11%. O acumulado do IPCA-15 no ano é de 3,91%.

20 de dezembro de 2019
9:47 - atualizado às 10:07
inflação consumo
Imagem: Shutterstock

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou nesta sexta-feira (20) o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo - 15 (IPCA-15), considerado a prévia da inflação.

Em dezembro, o índice variou 1,05%. A tendência foi de aceleração em relação à taxa de 0,14% no mês passado.

O resultado é o maior no comparativo mensal desde junho de 2018, quando o índice atingiu a marca de 1,11% e o maior para o mês de novembro desde 2015, quando o índice foi de 1,18%. O acumulado do IPCA-15 no ano é de 3,91%.

Dos noves grupos pesquisados pelo IBGE, somente Artigos de residência apresentou deflação ( -0,84%).

Os preços do setor de alimentação e bebidas foram os que mais impactaram o índice no mês, com uma alta de 2,59% e um impacto de 0,63 ponto percentual (p.p). A maior influência foi o aumento dos preços das carnes, que registraram uma alta de 17,71% em dezembro.

Todas as regiões pesquisadas apresentaram alta entre novembro e dezembro. A região de Recife foi a menos impactada pela alta, já a região metropolitana de Belém apresentou o maior crescimento, impactada pelas altas das carnes.

Expectativas

O índice veio perto do teto das estimativas dos analistas ouvidos peo Projeções Broadcast e acima da média. As projeções variavam de 3,50% na mínima até 3,95% na máxima, com uma média de 3,83%

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Balanço do mês

Bitcoin, ouro e dólar se recuperam em julho, enquanto bolsa é um dos piores investimentos do mês

Fundos imobiliários também se saíram bem, depois que tributação dos seus rendimentos foi retirada da reforma do imposto de renda

próximos anos

Eletrobras aprova em conselho plano de negócios com desinvestimentos de R$ 41 milhões

Entre as medidas previstas está a avaliação de oportunidades para efetuar a gestão dos passivos provenientes de dívidas do Sistema Eletrobras

temporada de resultados

Lucro da Alpargatas, dona da marca Havaianas, cresce 228,7%, R$ 111 milhões

Receita líquida da companhia saltou 71,4% sobre igual intervalo de 2020, para R$ 1,095 bilhão, ao mesmo tempo em que os volumes registraram crescimento de 57%

seu dinheiro na sua noite

As corridas da bolsa e do dólar — e a frustração dos investidores na linha de chegada de julho

Nove em cada dez operadores do mercado financeiro juram, de pés juntos, que o último pregão do mês costuma ser positivo. Ora essas, é a data limite para o fechamento das lâminas de desempenho mensal dos fundos e das carteiras de investimento — e é claro que todo mundo quer estampar o melhor resultado possível. […]

decisão temporária

CVM suspende oferta de recebíveis que financiaria cooperativas do MST

Decisão da autarquia vale por 30 dias; CVM diz que a oferta não apresenta informações consideradas essenciais para os investidores

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies