2019-06-25T11:20:35-03:00
IPCA-15

Prévia da inflação tem alta de 0,06% em junho e atinge índice mais baixo para o mês desde 2006

Em 2019, o índice já acumula uma alta de 2,33%. Nos últimos 12 meses, encerrado em junho, a taxa chega a 3,84%. Passagens aéreas foram os itens individuais com maior impacto no índice do mês

25 de junho de 2019
9:17 - atualizado às 11:20
Imagem: Shutterstock

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15), considerado a prévia da inflação, apresentou uma alta de 0,06% no mês de junho. O patamar é a menor registrado para um mês de junho desde 2006, quando o índice foi de -0,15%. O resultado foi divulgado nesta terça-feira (25) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

No ano, o índice já acumula uma alta de 2,33%. Nos últimos 12 meses, encerrado em junho, a taxa chega a 3,84%. O IPCA-15 acumulado no trimestre, denominado IPCA-E, ficou em 1,13%, número menor que o 1,46% registrado na mesmo período do ano passado.

A alta de 0,06% no mês de junho representa uma desaceleração de 0,35% com relação a maio. O resultado veio abaixo da média estimada pelos analistas de mercado consultados pelo Broadcast, que era de 0,07%.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente

O setor de  Alimentação e Bebidas foi o grupo pesquisado que apresentou o impacto negativo mais intenso no mês, responsável por uma deflação de 0,64%. A maior variação positiva foi do setor de Saúde e Cuidados pessoais (0,58%), mas o maior impacto surge do grupo Habitação (0,52%).

No grupo de Transportes, o valor das passagens aéreas foram responsáveis pelo maior impacto individual no índice, com uma alta de 18,98%

*Com Estadão Conteúdo

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente
Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Dê o play!

A bolsa ainda pulsa, mas será um último suspiro? O podcast Touros e Ursos discute o cenário para o Ibovespa

No programa desta semana, a equipe do Seu Dinheiro discute o cenário para o Ibovespa e os motivos que fazem a bolsa brasileira subir

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

O respiro da bolsa brasileira, o tropeço do bitcoin e o vazamento de dados do PIX: confira as principais notícias do dia

Para quem não aguentava mais ver a bolsa brasileira apanhando enquanto Wall Street renovava recordes, este início de ano está sendo o momento da revanche. Ou melhor, de o Ibovespa “correr atrás do prejuízo”. Nesta terceira semana de janeiro, o principal índice da B3 mais uma vez contrariou o exterior e enfileirou altas, enquanto as […]

Fechamento da semana

Ibovespa tem dia morno com exterior negativo, mas termina semana com ganho de 1,88%; dólar fecha em alta, mas acumula queda de 1,05% no período

Bolsa terminou o dia em baixa, com dólar e juros em alta, com piora no exterior e preocupações fiscais

CASOS DE FAMÍLIA

Elon Musk pega pesa pesado com o Twitter após integração de NFTs; veja o que o bilionário falou

Rede social passou a permitir que usuários do iOS, sistema da Apple, utilizassem os chamados tokens não fungíveis como fotos de seus perfis

Renda fixa

Nubank lança fundo para reserva de emergência que busca retorno entre 100% e 105% do CDI – mas tem uma pimentinha

Nu Reserva Imediata é o primeiro fundo de renda fixa da família Nu Reserva; embora seja de baixo risco, ele tem opção de investir em títulos privados