Menu
2019-09-10T10:06:01-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
novidades no setor

Produção industrial tem queda em 8 de 15 regiões em julho

Recuos mais acentuados foram no Amazonas e em Pernambuco. Já Rio de Janeiro e Mato Grosso apontaram os avanços mais elevados no mês, segundo dados do IBGE

10 de setembro de 2019
10:06
indústria
Imagem: Shutterstock

A produção industrial registrou queda na passagem de junho para julho em 8 das 15 regiões pesquisadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), segundo levantamento divulgado nesta terça-feira, 10.

Os recuos mais acentuados foram no Amazonas (-6,2%) e em Pernambuco (-3,9%). A região Nordeste, Rio Grande do Sul, Ceará, São Paulo e Bahia também recuaram abaixo da média nacional , enquanto Santa Catarina completou o conjunto de locais com índices negativos em julho.

Já Rio de Janeiro (6,8%) e Mato Grosso (5,5%) apontaram os avanços mais elevados no mês. As demais taxas positivas foram assinaladas por Paraná, Goiás, Espírito Santo, Pará e Minas Gerais.

Ainda na série com ajuste sazonal, a média móvel trimestral da indústria recuou 0,4% no trimestre encerrado em julho de 2019, frente ao nível do mês anterior, e manteve a trajetória predominantemente descendente iniciada em agosto de 2018.

Em termos regionais, ainda em relação a este índice, nove dos quinze locais pesquisados apontaram taxas negativas, segundo o IBGE.

Em relação a julho de 2018, o setor industrial caiu 2,5% e sete dos quinze locais pesquisados acompanharam essa queda.

No ano

Ainda de acordo com dados do IBGE, no acumulado do ano, frente a igual período do ano anterior, a redução observada na produção nacional alcançou dez dos quinze locais pesquisados acompanharam a queda da indústria, com destaque para Espírito Santo (-12,2%) e Minas Gerais (-4,7%).

Ambos foram pressionados principalmente pelos recuos nas indústrias extrativas e celulose, papel e produtos de papel e indústrias extrativas.

Mato Grosso, Região Nordeste, Pará e Bahia também registraram taxas negativas abaixo da média da indústria , enquanto Pernambuco, São Paulo, Rio de Janeiro  e Amazonas completaram o conjunto de locais com recuo na produção no acumulado do ano.

Por outro lado, Paraná (7,2%) e Rio Grande do Sul (6,9%) apontaram os avanços mais elevados no índice do acumulado no ano, impulsionados, principalmente, pelo comportamento positivo vindo das atividades de veículos automotores, reboques e carrocerias, produtos alimentícios e máquinas e equipamentos, no primeiro local.

O segundo teve como influência veículos automotores, reboques e carrocerias e produtos de metal.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

Taxa zero pra todo o lado

Easyinvest zera taxa de corretagem para maioria das operações com ações, BDRs e opções

A corretora digital já não cobrava por investimentos em renda fixa e agora quer expandir essa ideia para ações, BDRs e opções do aplicativo

O melhor do Seu Dinheiro

A magia dos dados da Boa Vista, Arezzo, Hering e outros destaques do dia

No começo do ano, vazaram na internet dados de mais de 220 milhões de brasileiros, incluindo CPF, nome, endereço e renda. O número é maior que o da população brasileira porque o arquivo incluía pessoas que já faleceram. Mas não são apenas criminosos que espalham referências sobre quem somos por aí. Todos os dias nós […]

Esquenta dos Mercados

Exterior deve reagir bem à temporada de balanços, enquanto tensão em Brasília aumenta

Confira esses e outros destaques para a manhã desta quinta-feira (15)

novata na b3

Mater Dei segue com IPO, mas arrecada menos que o esperado

Momento conturbado do mercado e concorrência entre nomes de saúde fazem rede de hospitais mineira cortar preço por ação

DINHEIRO NO BOLSO

Em mais uma polêmica assembleia, acionistas da Petrobras aprovam pagamento de dividendos

Empresa vai pagar R$ 10,3 bilhões aos acionistas, depois que encontro chegou a ser adiado por decisão judicial

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies