Menu
2019-09-10T10:06:01-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
novidades no setor

Produção industrial tem queda em 8 de 15 regiões em julho

Recuos mais acentuados foram no Amazonas e em Pernambuco. Já Rio de Janeiro e Mato Grosso apontaram os avanços mais elevados no mês, segundo dados do IBGE

10 de setembro de 2019
10:06
indústria
Imagem: Shutterstock

A produção industrial registrou queda na passagem de junho para julho em 8 das 15 regiões pesquisadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), segundo levantamento divulgado nesta terça-feira, 10.

Os recuos mais acentuados foram no Amazonas (-6,2%) e em Pernambuco (-3,9%). A região Nordeste, Rio Grande do Sul, Ceará, São Paulo e Bahia também recuaram abaixo da média nacional , enquanto Santa Catarina completou o conjunto de locais com índices negativos em julho.

Já Rio de Janeiro (6,8%) e Mato Grosso (5,5%) apontaram os avanços mais elevados no mês. As demais taxas positivas foram assinaladas por Paraná, Goiás, Espírito Santo, Pará e Minas Gerais.

Ainda na série com ajuste sazonal, a média móvel trimestral da indústria recuou 0,4% no trimestre encerrado em julho de 2019, frente ao nível do mês anterior, e manteve a trajetória predominantemente descendente iniciada em agosto de 2018.

Em termos regionais, ainda em relação a este índice, nove dos quinze locais pesquisados apontaram taxas negativas, segundo o IBGE.

Em relação a julho de 2018, o setor industrial caiu 2,5% e sete dos quinze locais pesquisados acompanharam essa queda.

No ano

Ainda de acordo com dados do IBGE, no acumulado do ano, frente a igual período do ano anterior, a redução observada na produção nacional alcançou dez dos quinze locais pesquisados acompanharam a queda da indústria, com destaque para Espírito Santo (-12,2%) e Minas Gerais (-4,7%).

Ambos foram pressionados principalmente pelos recuos nas indústrias extrativas e celulose, papel e produtos de papel e indústrias extrativas.

Mato Grosso, Região Nordeste, Pará e Bahia também registraram taxas negativas abaixo da média da indústria , enquanto Pernambuco, São Paulo, Rio de Janeiro  e Amazonas completaram o conjunto de locais com recuo na produção no acumulado do ano.

Por outro lado, Paraná (7,2%) e Rio Grande do Sul (6,9%) apontaram os avanços mais elevados no índice do acumulado no ano, impulsionados, principalmente, pelo comportamento positivo vindo das atividades de veículos automotores, reboques e carrocerias, produtos alimentícios e máquinas e equipamentos, no primeiro local.

O segundo teve como influência veículos automotores, reboques e carrocerias e produtos de metal.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

'CALCINHA BEGE' DA ALOCAÇÃO DE ATIVOS

Conheça o método 60/40, uma estratégia simples e eficiente para montar seu plano de aposentadoria

Estratégia perfeita exatamente para quem sabe que precisa investir, mas não têm muito saco para fazê-lo.

Decisão cautelar

TCU proíbe governo Bolsonaro de anunciar em sites que exerçam atividades ilegais

Indícios de irregularidades na veiculação de propagandas do governo federal levaram o TCU a tomar a decisão cautelar, concedida pelo ministro Vital do Rêgo

PGR

Aras recomenda a Guedes mais transparência em gastos no combate à pandemia

A pedido de procuradores do MPF-PE, o procurador-geral da República, Augusto Aras, enviou recomendações para Guedes dar transparência aos gastos federais

Setor em destaque

Estatais de saneamento querem flexibilizar regras para contratar empréstimos

Com regras mais fáceis para a entrada do setor privado, as estatais de saneamento querem que a concessão de empréstimos ao segmento seja menos rigorosa

Preocupação ambiental

Para empresários, discurso do governo sobre desmatamento mudou

Após reunião com o vice-presidente Hamilton Mourão, empresários parecem satisfeitos quanto aos compromissos firmados pelo governo a respeito do desmatamento

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements