Menu
2019-07-31T14:27:51-03:00
por falar em câmbio...

Indústria registra deflação 1,14% em junho após quatro meses no positivo

Principais impactos negativos vieram dos produtos derivados de petróleo e de biocombustíveis e do setor de alimentos

31 de julho de 2019
13:26 - atualizado às 14:27
Plataforma de petróleo
Plataforma de petróleo - Imagem: Shutterstock

Influenciada pela valorização do real frente ao dólar em junho, os preços da indústria tiveram deflação de 1,14% na comparação com maio, quando teve alta de 1,39%, segundo Índice de Preços ao Produtor (IPP), divulgado nesta quarta-feira, 31, pela IBGE.

É a primeira queda após quatro taxas positivas seguidas desde fevereiro. Os principais impactos negativos vieram dos produtos derivados de petróleo e de biocombustíveis e do setor de alimentos.

A pesquisa mede a variação dos preços dos produtos na "porta das fábricas", sem impostos e frete, de 24 atividades das indústrias extrativas e de transformação.

Segundo o gerente do IPP, Alexandre Brandão, o impacto do petróleo pode ser explicado pelo efeito do câmbio. "No mês de junho tivemos uma valorização do real [frente ao dólar] que impactou na baixa dos preços internos", explica.

Em relação aos alimentos, os destaques negativos foram carne bovina e leite, enquanto resíduos da extração de soja tiveram impacto positivo.

“Nos meses passados, estávamos exportando bastante carne, em função do aumento da importação da China. Mas, em junho, houve um problema circunstancial de exportação dessas carnes. Então, tivemos uma maior oferta para o mercado interno e os preços caíram”, afirma Brandão.

A queda do preço do leite foi fruto de uma menor demanda pelo produto no mercado interno, o que gerou um aumento de estoque e uma consequente diminuição dos preços.

Já o aumento de preço dos resíduos da extração de soja tem relação com problemas na colheita de soja nos Estados Unidos, fator que provocou elevação do preço do produto no mercado internacional.

Apenas oito das 24 atividades industriais investigadas tiveram variações positivas de preços na comparação com maio.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

pandemia no país

Brasil acumula 4,4 milhões de casos e 135 mil mortes por covid-19

Nas últimas 24 horas, foram registrados 858 óbitos pela covid-19, totalizando 135.793 mortes

seu dinheiro na sua noite

A bolsa consegue se sustentar sem anabolizante?

O canadense Ben Johnson assombrou o mundo ao cruzar a linha de chegada dos 100 metros rasos com a marca de 9 segundos e 79 centésimos nas Olimpíadas de 1988, recorde mundial. A consagração durou pouco. Dias depois ele foi pego no exame antidoping e perdeu a medalha de ouro conquistada nos Jogos de Seul. […]

dinheiro para o acionista

EDP Brasil paga R$ 353,5 milhões em dividendos e juros sobre capital próprio em 23 de setembro

Do total, R$ 236 milhões serão pagos na forma de juros sobre capital próprio e R$ 117,5 milhões em dividendos

follow-on na área

Oferta de ações da Suzano detidas pelo BNDESPar pode movimentar R$ 6,1 bi sem lote adicional

Data estimada da oferta é para 2 de outubro. A princípio, serão oferecidos 125,18 milhões de papéis da Suzano; lote adicional pode levar valor a R$ 7,4 bilhões

lista da forbes

Bilionário Joseph Safra desbanca Lemann em ranking dos mais ricos

Pódio dos bilionários brasileiros é completado por Eduardo Saveri, cofundador do Facebook, com fortuna estimada em R$ 68 bilhões; veja lista

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements