Menu
2019-06-21T13:03:44-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
e o otimismo?

‘Prévia do PIB’ tem queda de 0,28% em março

IBC-Br, que avalia o ritmo da economia brasileira ao longo dos meses, teve um novo recuo após baixa de 0,98% em fevereiro

15 de maio de 2019
9:16 - atualizado às 13:03
Gráfico desenhado por um homem mostra queda
Imagem: Shutterstock

Após a 11º queda consecutiva nas projeções do mercado para a economia brasileira divulgado na última segunda-feira, o Banco Central acaba de divulgar os últimos números do Índice de Atividade Econômica (IBC-Br), considerado uma prévia do PIB, avaliando o ritmo da economia brasileira.  Os dados foram divulgados nesta quarta-feira (15).

Segundo dados do BC, a economia teve nova baixa e recuou 0,28% em março, no comparativo com fevereiro. O índice já vinha de um recuo de 0,98% no mês de fevereiro. A queda no primeiro trimestre de 2019 foi de 0,68%.

O IBC-Br passou de 137,07 pontos para 136,62 pontos, alcançando o menor resultado para o mês desde maio de 2018. O resultado veio próximo do esperado pelos analistas ouvidos pelo Broadcast.

A previsão do Banco Central para a atividade doméstica em 2019 é de avanço de 2,0%.  O número deve ser revisto para baixo no próximo Relatório Trimestral de Inflação (RTI), marcado para junho.

Comparado ao mesmo mês de 2018, o indicador de março apresentou um resultado pior do que a média dos números esperados. Na comparação, houve uma queda de 2,52%, ante a queda de 2,30% projetada pelos especialistas.

Na ata da última reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), divulgada nesta terça-feira, 14, o BC já havia afirmado que os "indicadores disponíveis sugerem probabilidade relevante de que o PIB tenha recuado ligeiramente no primeiro trimestre do ano, na comparação com o trimestre anterior".

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

Já ganhou?

Mesmo sem apoio do governo, reforma tributária já teria votos para ser aprovada

Maia tem defendido o texto como prioridade na pauta de recuperação econômica do País.

Batata quente

Petrobras eleva desinvestimentos para até US$ 35 bi com Marlim e gasodutos

Os gasodutos citados referem-se aos para escoamento de gás natural do pré-sal (Rotas 1, 2 e 3).

mundo em crise

Para FMI, zona do euro não deve retirar estímulos fiscais prematuramente

Kristalina Georgieva avalia que há incerteza no cenário econômico, com novas infecções de covid-19 atrapalhando a retomada

Mudou a data

Azul antecipa fim de acordo de redução de jornada com aeronautas

A antecipação foi aprovada pelos aeronautas, que votaram sobre o tema entre os dias 26 e 27 de novembro.

balanço pós-vendas

Via Varejo, Magazine Luiza e Mercado Livre celebram Black Friday — mas à sua maneira

Empresas usam parâmetros próprios para reportar aumento nas vendas; papéis caem com desempenho do setor no piso das estimativas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies