Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-10-14T14:30:49-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Papo em dia

Guedes, Maia e Alcolumbre fazem reunião de balanço e traçam estratégias para o governo no segundo semestre

Presidente do Senado disse que a Câmara deve concluir a votação do segundo turno da reforma da Previdência nesta semana

5 de agosto de 2019
16:12 - atualizado às 14:30
Rodrigo Maia, Davi Alcolumbre e Paulo Guedes
Rodrigo Maia, Davi Alcolumbre e Paulo Guedes - Imagem: Cleia Viana/Câmara dos Deputados

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), almoçou nesta segunda-feira (5) com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e o ministro da Economia, Paulo Guedes, para fazer um balanço do primeiro semestre do Legislativo.

"Dos avanços e conquistas que o parlamento proporcionou para o Brasil e brasileiros", disse ele ao fim do encontro. Alcolumbre fez uma declaração ao deixar o almoço ao lado de Maia e Guedes, mas não abriu espaço para pergunta de jornalistas.

Alcolumbre teceu elogios ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), principalmente pelo seu desempenho na votação do primeiro turno da reforma da Previdência que foi aprovada por 379 votos no inicio de julho. "O parlamento apresentou ao Brasil uma proposta que dará para equilibrar as contas públicas", afirmou. Alcolumbre afirmou que Maia teve uma atuação firme e que a reforma dará também "segurança jurídica" e ajudará na geração de empregos.

O presidente do Senado disse que a Câmara deve concluir a votação do segundo turno da Previdência nesta semana e que já na próxima o Senado irá tocar a tramitação. Maia disse que a conclusão da votação do segundo turno já na quinta-feira vai depender da presença de deputados, quórum, na Casa.

Os três almoçaram juntos nesta segunda-feira para debater também a tramitação do segundo turno da reforma da Previdência na Câmara e seu encaminhamento ao Senado.

O encontro durou cerca de duas horas. Durante a reunião, Alcolumbre disse que está focado na Previdência, mas quer tocar a Tributária na sequência.

A expectativa é que a votação do segundo turno da Previdência tenha início nesta terça-feira na Câmara e seja concluída até quinta-feira, para que na próxima semana comece a tramitação no Senado.

Guedes, a ponte de diálogo

Alcolumbre também aproveitou a ocasião para fazer um afago a Guedes. "O ministro representa o desejo do governo de dialogar com o Parlamento", afirmou.

Em seu pronunciamento, Alcolumbre disse "reverenciar" a presença de Maia e Guedes no almoço e afirmou que a votação da reforma em primeiro turno foi fruto da "aproximação da política", citando a participação não só do ministro da Economia, mas também do ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni. Para o presidente do Senado, o resultado foi fruto de um Parlamento "forte, altivo, independente e mais harmônico".

Alcolumbre listou ainda outras prioridades na pauta do Congresso, como a reforma tributária. Segundo ele, a ideia é tentar construir um "entendimento" a partir das propostas do governo e do Legislativo. "A questão da reforma tributária, o Senado tem uma proposta, a Câmara tem uma proposta, o governo tem sua proposta. Nós fizemos um acordo, um entendimento para construirmos um texto que atenda aos interesses da Câmara, do governo e do Senado e que possa desburocratizar essa questão tributária", afirmou.

Outra prioridade, que segundo Alcolumbre será capitaneada pelo Senado, é o pacto federativo. A ideia, de acordo com o presidente do Senado, é desvincular recursos hoje concentrados nos cofres da União e direcioná-los para Estados e municípios.

*Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

EXILE ON WALL STREET

Gaiola de investimento: não existe blindagem perfeita, mas é possível construir um portfólio robusto e uma carteira forte

Para construir uma carteira, são necessárias três decisões: alocação estratégica, alocação tática e a seleção dos fundos. Na série Os Melhores Fundos de Investimento você verá o resultado das carteiras recomendadas que inspiram os fundos de fundos (FoFs) da Vitreo

ADAPTANDO-SE À MODA

Em meio a dança das cadeiras, Lojas Renner (LREN3) troca CFO e anuncia plano de recompra de mais de R$ 450 milhões em ações

Varejista da moda embarca nas recompras em um momento no qual a bolsa parece começar a se recuperar da queda em 2021

Mercados Hoje

Ibovespa abre em queda e opera instável, com cautela no exterior; risco fiscal volta ao radar com PEC dos combustíveis

Na semana, o índice brasileiro ainda acumula alta de mais de 1%; veja o que movimenta o mercado hoje

MERCADO BITCOIN LIVRE

Mercado Livre compra participação no Mercado Bitcoin com foco em criptomoedas; parceria inclui acordo com Paxos, empresa de tecnologia blockchain

Esta não é a primeira vez que o Mercado Livre entra no mercado de criptomoedas: em 2021, a empresa havia comprado cerca de US$ 7,8 milhões em bitcoin

Tendências da bolsa

AGORA: Ibovespa futuro abre em queda e acompanha Nova York, enquanto dólar sobe para R$ 5,44

Com agenda esvaziada, tanto por aqui quanto no exterior, investidores devem ficar de olho no último dia do Fórum Econômico Mundial, enquanto aguardam reunião do Fed, agendada para a semana que vem

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies