Menu
2019-10-14T14:26:05-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Reta final

Fusão entre Nextel e Claro é aprovada sem restrições pelo Cade

A operação aprovada envolve a aquisição, pela América Móvil, de 100% do capital social da Nextel Holdings atualmente detida por NII International e AI Brasil

9 de setembro de 2019
11:22 - atualizado às 14:26
Nextel – Claro
Imagem: Seu Dinheiro

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou sem restrições a aquisição do controle da Nextel Holdings pela América Móvil, dona da operadora Claro. A transação também depende da aprovação da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

A decisão, publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta segunda-feira (9), vinha sendo acompanhada pelas concorrentes Oi, Telefônica Brasil e TIM. As empresas estavam preocupadas no aumento do poder de mercado da Claro depois de confirmada a operação.

A operação aprovada envolve a aquisição, pela América Móvil, de 100% do capital social da Nextel Holdings - e, indiretamente, da Nextel Brasil -, atualmente detida por NII International e AI Brasil. Após a operação, a América Móvil passará a exercer o controle unitário da Nextel.

As empresas informaram ao Cade que "a integração entre as plataformas das partes possibilitará que a Claro aumente a oferta de seus serviços nos mercados afetados, especialmente de SMP (Serviço Móvel Pessoal), estimulando a inclusão digital e proporcionando aos atuais clientes da Nextel Brasil acesso ao portfólio completo de produtos e serviços ofertados pela Claro".

Segundo a empresa, a aquisição de ativos da Nextel Brasil também está alinhada com a estratégia de ampliar a distribuição de plataformas da Claro, combinado com o incremento de capacidade necessário ao atendimento da crescente demanda e preferência dos consumidores pelo consumo de dados móveis.

O anúncio da compra da Nextel pela mexicana América Móvil foi feito em março, pelo valor de US$ 905 milhões (R$ 3,47 bilhões).

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

Virou pó

Os infelizes que compraram opções de Cogna

Nesta semana, pelo menos dez mil infelizes viram suas opções de compra de Cogna virarem pó.

executivo de carreira

Vice-presidente do BB, Walter Malieni, morre aos 50 anos

Executivo de carreira do BB, com mais de 35 anos de casa, Malieni completaria 51 anos em novembro

números da covid

Covid-19: Brasil tem 2,96 milhões de casos e 99,5 mil mortes

Nas últimas 24 horas, foram registrados 1.079 óbitos, segundo o balanço diário do Ministério da Saúde divulgado hoje (7)

Reserva de R$ 1,3 bi para gastos

Iguatemi vai recomprar até 1,3 milhão de ações

Quantidade representa 1,5% dos papéis em circulação da companhia. Ações acumulam queda de mais de 30% no acumulado de 2020

seu dinheiro na sua noite

Uma conversa sobre investimentos para o meu pai

O primeiro salário que recebi na vida foi em julho de 1994, mês inaugural do Plano Real. Foi com esse dinheiro que saí pelas lojas do bairro do Gonzaga, em Santos, em busca de um presente para dar no Dia dos Pais. Desde então, esse sempre foi um problema para mim, porque meu pai não […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements