🔴 TCHAUZINHO, NUBANK: Itaú BBA revela o nome da ação que pode colocar o roxinho para comer poeira; CLIQUE AQUI  e descubra a resposta no nosso Telegram

2022-09-02T17:56:00-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
RESQUÍCIOS DO IMPÉRIO DE EIKE BATISTA

PRIO (PRIO3) assina memorando para combinação de negócios com a Dommo Energia (DMMO3); veja detalhes do acordo entre as petroleiras de Nelson Tanure e Prisma Capital

As ações da companhia serão transferidas da Prisma, gestora especializada em ativos problemáticos e complexos, para uma sociedade cujo capital será integralmente detido pela PRIO

1 de setembro de 2022
20:01 - atualizado às 17:56
Dommo Energia (DMMO3)
Plataforma da Dommo Energia - Imagem: Divulgação

Agora é oficial: o que restou do império de Eike Batista deve passar em breve para as mãos de Nelson Tanure. A Dommo Energia (DMMO3) anunciou nesta quinta-feira (1) que a PRIO, ex-PetroRio (PRIO3), assinou um memorando de entendimento com a Prisma Capital, atual dona da antiga OGX, para assumir o negócio.

As ações da companhia serão transferidas da Prisma — gestora especializada em ativos problemáticos e complexos que comprou a Dommo após o colapso do grupo de Eike Batista — para uma sociedade cujo capital será integralmente detido pela PRIO.

Quem é acionista da petroleira terá duas opções: resgatar papéis preferênciais "classe A" (PNA) de emissão da PRIO ou receber ações preferências "classe B" (PNB) obrigatoriamente resgatáveis em dinheiro. A relação de substituição será de uma ação DMMO3 para cada papel PNA ou PNB da PRIO.

Tanure e PetroRio eram os favoritos na disputa pela Dommo

Atualmente, a Dommo possui apenas uma participação de 20% no campo de Tubarão Martelo, na Bacia de Campos. E, desde a confirmação de que a Prisma estava em busca de um comprador para a Dommo, o nome da PetroRio (PRIO3) surgiu entre os favoritos a levar os ativos.

Assim como a Prisma, Nelson Tanure tem como principal estratégia de negócios comprar empresas em situações complicadas, como é o caso da empresa que pertenceu a Eike Batista.

Aliás, foi o que aconteceu no caso da PRIO, que surgiu dos escombros da antiga HRT Petróleo. Em vez de descobrir novas áreas de petróleo, a companhia mudou o foco para a exploração de campos maduros.

Por fim, a Dommo e a PRIO já são bem próximas. Em 2020, as duas empresas firmaram um acordo para interligar os campos de Polvo e Tubarão Martelo. Com o negócio, a Dommo passou a receber um fluxo de caixa de 5% do volume total vendido nos campos.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Eleições 2022

Pesquisa Ipespe/Abrapel mostra Lula oscilando para cima e Bolsonaro estável

24 de setembro de 2022 - 11:41

Pesquisa mostrou que votos brancos e nulos também subiram, assim como o número de eleitores que não souberam ou preferiram não responder

Tax the rich!

Imposto sobre heranças vai aumentar? Saiba quais candidatos à presidência são a favor de tributá-las ou de taxar grandes fortunas

24 de setembro de 2022 - 10:00

A discussão sobre o aumento de impostos sobre os ricos ou os “super-ricos” é tendência mundial, e no Brasil não é diferente. Mas nem todos os candidatos à presidência têm propostas nesse sentido

Banho mais caro

Tarifa de energia elétrica deve subir mais do que toda a inflação projetada pelo Banco Central em 2023, dizem especialistas

24 de setembro de 2022 - 9:47

Reajuste das tarifas chegaria a 5% em 2023, enquanto a projeção do Banco Central para a inflação é de 4,6%

Irregularidades

TSE vê indício de fraude em R$ 605 milhões em gastos das campanhas eleitorais

24 de setembro de 2022 - 9:22

Na lista de casos suspeitos estão gastos que teriam sido feitos por parentes e empresas de fachada, além de doações feitas por pessoas mortas

ESPECIAL SD 4 ANOS

Bolsa vai andar bem depois das eleições e sem o risco de ruptura política, diz Felipe Miranda, da Empiricus

24 de setembro de 2022 - 7:19

Fundador e estrategista-chefe da Empiricus vê Bolsonaro mais liberal caso seja reeleito ou um governo “Lula 1.3”, mais próximo do primeiro mandato do que do segundo

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies