Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-04-04T14:51:36-03:00
Luis Ottoni
Luis Ottoni
Jornalista formado pela Universidade Mackenzie e pós-graduando em negócios pela Fundação Getúlio Vargas. Atuou nas editorias de economia nos portais G1, da Rede Globo, e iG.
Boletim Focus

Mercado prevê inflação abaixo dos 4% e Selic em 6,50% para 2019

Analistas do mercado financeiro preveem recuo no câmbio, de R$ 3,75 a R$ 3,70 em 2019; PIB permaneceu inalterada em 2,50% até 2022

4 de fevereiro de 2019
8:46 - atualizado às 14:51

Os economistas do mercado financeiro voltaram a reduzir a expectativa de inflação de 4% para 3,94% no final de 2019. Para 2020, a taxa continuou em 4%.

Os dados são do Boletim Focus divulgado nesta segunda-feira, 4.

Já a expectativa para a Selic caiu de 7% para 6,50% no ano, ainda segundo o relatório.

Veja as outras previsões do Boletim Focus:

  • PIB: permaneceu inalterada em 2,50% ao ano até 2022.
  • Taxa de câmbio: caiu de R$ 3,75 para R$ 3,70 em 2019. Para 2020, também caiu de R$ 3,78 para R$ 3,75.
  • IGP-M: recuou de 4,18% para 3,92%.
Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

XP anuncia investimento na edtech Resilia

A Resilia é uma edtech que combina tecnologias que potencializam o aprendizado individualizado e em comunidade com um método de ensino que capacita potenciais talentos de uma forma mais rápida para o mercado digital

Análise

Investir em ações de banco ainda é uma boa? Veja 3 motivos que deixam a XP Investimentos cautelosa

Se no ano passado a postura era otimista, agora os analistas do setor financeiro da XP estão mais cautelosos, já que o cenário é de preços elevados dos ativos e uma concorrência e intervenções regulatórias preocupantes.

REFORMA TRIBUTÁRIA

PIB pode crescer 1,6% com redução de IR para empresas, indica estudo

O cálculo de 20% teve como base comportamento das empresas depois de um dos maiores aumentos na alíquota do imposto sobre dividendos no mundo – na França, em 2013, de 15,5% para 46%

ESG

‘Equidade racial se tornou prioridade dentro da Vivo’, diz presidente

Dentro da extensa agenda ESG, que concentra ações ambientais, sociais e de governança, a Vivo aposta na equidade racial

Clube do livro

Das tulipas ao bitcoin: conheça a história das crises financeiras de uma forma irreverente

O maior trunfo de “Crash”, de Alexandre Versignassi, é nos guiar pela história da economia mundial e brasileira traçando paralelos entre o passado e o presente

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies