⚠️ DIVIDENDOS EM RISCO? Lula, Bolsonaro, Ciro e Tebet querem taxar seus proventos e podem atacar sua renda extra em 2023. Saiba mais aqui

2019-10-21T08:52:14-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
cai cai

Mercado reduz para 4,5% estimativa para Selic em 2019

No boletim Focus, consta também uma previsão de IPCA – índice oficial de preços – ainda mais baixa que da semana passada

21 de outubro de 2019
8:43 - atualizado às 8:52
Calculadora com sinal de porcentagem representando juros | Selic, fundos imobiliários, bolsa, Ibovespa, ações
Imagem: Shutterstock

O boletim Focus divulgado nesta segunda-feira (21) estima que a Selic fique, em 2019, em 4,5% — a previsão da semana passada era de 4,75%. Para 2020, a estimativa permanece em 4,75%. Nos dois anos seguintes as estimativas foram mantidas em 6,5% e 7%.

Em setembro, o Comitê de Política Monetária (Copom) do BC cortou a Selic em 0,50 ponto porcentual, de 6,00% para 5,50% ao ano. Foi o segundo corte consecutivo da taxa básica.

No comunicado sobre a decisão, o BC avaliou que o cenário externo, apesar de incerto, está favorável para países emergentes. Além disso, reconheceu avanços nas reformas econômicas e divulgou projeções comportadas de inflação para 2019 e 2020.

Neste contexto, a instituição também indicou que pode promover novos cortes na Selic. Estas mensagens foram reforçadas pela ata do encontro e pelo Relatório Trimestral de Inflação (RTI).

Inflação

No Focus, consta também uma previsão de IPCA - índice oficial de preços - ainda mais baixa que da semana passada. O mercado espera a inflação em 3,26%, ante 3,28%. A projeção para o índice em 2020 passou de 3,73% para 3,66%.

O relatório Focus trouxe ainda a projeção para o IPCA em 2021, que seguiu em 3,75%. No caso de 2022, a expectativa permaneceu em 3,50%. Há quatro semanas, essas projeções eram de 3,75% e 3,50%, respectivamente.

Já a previsão do Focus para a cotação do dólar ao fim deste ano permaneceu em R$ 4,00. Para 2020, passou de R$ 3,95 para R$ 4.

Crescimento da economia

A expectativa de crescimento da economia em 2019 aumentou para 0,88%. A previsão da semana passada era de 0,87%. Para 2020, o mercado financeiro manteve a previsão de alta do Produto Interno Bruto (PIB), em 2,00%.

No fim de agosto, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informou que o PIB do segundo trimestre de 2019 subiu 0,4% em relação ao primeiro trimestre.

Em setembro, o BC atualizou, por meio do Relatório Trimestral de Inflação (RTI), sua projeção para o PIB em 2019, de alta de 0,8% para elevação de 0,9%.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

MERCADOS AO VIVO

Bolsa hoje: Ibovespa futuro abre em alta superior a 3% após primeiro turno das eleições; dólar tem forte queda

3 de outubro de 2022 - 9:05

RESUMO DO DIA: As bolsas internacionais operam sem direção definida nesta segunda-feira (3). No exterior, os investidores mantêm-se cautelosos e acompanham discursos de dirigentes do Federal Reserve (Fed) nos EUA. O grande destaque do dia é o cenário doméstico, com a digestão do primeiro turno eleitoral e a continuidade da disputa presidencial entre Lula (PT) […]

MERCADO EM 5 MINUTOS

Mercado em 5 Minutos: Quantas reviravoltas cabem em uma só mão?

3 de outubro de 2022 - 9:04

Investidores esperam por dados importantes sobre empregos nos EUA, se preparando também para a temporada de resultados corporativos

CAÇADOR DE TENDÊNCIAS

Day trade na B3: Oportunidade de lucro acima de 9% com ações da Sabesp (SBSP3); veja a recomendação

3 de outubro de 2022 - 8:23

Identifiquei uma oportunidade de swing trade baseada na análise quant – compra dos papéis da Sabesp (SBSP3). Confira os detahes

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Uma nova eleição começa hoje: Efeitos do primeiro turno na bolsa, fim do home office, robô de Elon Musk e as notícias que mexem com o seu bolso

3 de outubro de 2022 - 8:21

Lula e Bolsonaro disputarão o segundo turno das eleições presidenciais de 2022. Na visão de analistas, o efeito deve ser positivo para a bolsa brasileira. Entenda

SEGREDOS DA BOLSA

Esquenta dos mercados: Ibovespa digere eleição e nova configuração do Congresso; bolsas no exterior recuam à espera dos dados da semana

3 de outubro de 2022 - 7:26

Os dados de emprego dos Estados Unidos dominam a semana enquanto os investidores acompanham reunião da Opep+

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies