Menu
2019-12-18T15:51:11-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
É dólar que sai

Fluxo cambial no ano até 13 de dezembro é negativo em US$ 35,397 bilhões

Em igual período do ano passado, o resultado do fluxo cambial era positivo em US$ 8,280 bilhões

18 de dezembro de 2019
15:49 - atualizado às 15:51
Notas de dólar
Imagem: Shutterstock

O Banco Central informou nesta quarta-feira, 18, que o fluxo cambial no acumulado do ano até 13 de dezembro ficou negativo em US$ 35,397 bilhões. Em igual período do ano passado, o resultado era positivo em US$ 8,280 bilhões.

A saída pelo canal financeiro neste ano até 13 de dezembro foi de US$ 55,482 bilhões. O resultado é fruto de aportes no valor de US$ 527,9 bilhões e de envios no total de US$ 583,4 bilhões. O segmento reúne os investimentos estrangeiros diretos e em carteira, remessas de lucro e pagamento de juros, entre outras operações.

No comércio exterior, o saldo anual acumulado até 13 de dezembro ficou positivo em US$ 20,085 bilhões, com importações de US$ 170,4 bilhões e exportações de US$ 190,5 bilhões. Nas exportações estão incluídos US$ 31,1 bilhões em Adiantamento de Contrato de Câmbio (ACC), US$ 56,4 bilhões em Pagamento Antecipado (PA) e US$ 102,9 bilhões em outras entradas.

Dezembro no negativo

Depois de encerrar novembro com saídas líquidas de US$ 5,691 bilhões, o País registrou fluxo cambial negativo de US$ 8,241 bilhões em dezembro até o dia 13. O período corresponde às duas primeiras semanas do mês.

O canal financeiro apresentou saídas líquidas de US$ 13,145 bilhões no período. Isso é resultado de aportes no valor de US$ 28,780 bilhões e de retiradas no total de US$ 41,925 bilhões. O segmento reúne os investimentos estrangeiros diretos e em carteira, remessas de lucro e pagamento de juros, entre outras operações.

No comércio exterior, o saldo de dezembro até o dia 13 é positivo em US$ 4,904 bilhões, com importações de US$ 7,665 bilhões e exportações de US$ 12,569 bilhões. Nas exportações, estão incluídos US$ 1,343 bilhões em Adiantamento de Contrato de Câmbio (ACC), US$ 6,980 bilhões em Pagamento Antecipado (PA) e US$ 4,245 bilhões em outras entradas.

Dados semanais

Já o fluxo cambial registrado na semana passada (de 9 a 13 de dezembro) ficou negativo em US$ 5,407 bilhões.

O canal financeiro apresentou saída líquida de US$ 10,481 bilhões na semana, resultado de aportes no valor de US$ 16,150 bilhões e de envios no total de US$ 26,632 bilhões. Este segmento reúne os investimentos estrangeiros diretos e em carteira, remessas de lucro e pagamento de juros, entre outras operações.

No comércio exterior, o saldo na semana passada ficou positivo em US$ 5,075 bilhões, com importações de US$ 3,636 bilhões e exportações de US$ 8,711 bilhões. Nas exportações, estão incluídos US$ 864 milhões em Adiantamento de Contrato de Câmbio (ACC), US$ 5,9 bilhões em Pagamento Antecipado (PA) e US$ 1,941 bilhões em outras entradas.

*Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

executivo de carreira

Vice-presidente do BB, Walter Malieni, morre aos 50 anos

Executivo de carreira do BB, com mais de 35 anos de casa, Malieni completaria 51 anos em novembro

números da covid

Covid-19: Brasil tem 2,96 milhões de casos e 99,5 mil mortes

Nas últimas 24 horas, foram registrados 1.079 óbitos, segundo o balanço diário do Ministério da Saúde divulgado hoje (7)

Reserva de R$ 1,3 bi para gastos

Iguatemi vai recomprar até 1,3 milhão de ações

Quantidade representa 1,5% dos papéis em circulação da companhia. Ações acumulam queda de mais de 30% no acumulado de 2020

seu dinheiro na sua noite

Uma conversa sobre investimentos para o meu pai

O primeiro salário que recebi na vida foi em julho de 1994, mês inaugural do Plano Real. Foi com esse dinheiro que saí pelas lojas do bairro do Gonzaga, em Santos, em busca de um presente para dar no Dia dos Pais. Desde então, esse sempre foi um problema para mim, porque meu pai não […]

Preferência

Oi fecha acordo de exclusividade com Vivo, Claro e Tim para venda de operação móvel, diz jornal

Após fim da exclusividade da Highline, que desistiu de fazer nova oferta, teles brasileiras passam à frente, com oferta de R$ 16,5 bilhões

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements