Menu
2019-04-05T15:39:44-03:00
Estadão Conteúdo
Inflação

IPC-Fipe sobe 0,54% na 1ª quadrissemana de março

Cinco dos sete componentes do índice subiram com menos força, mudaram para deflação ou mostraram queda mais acentuada de preços na leitura inicial do mês

12 de março de 2019
8:52 - atualizado às 15:39
Supermercado
Supermercado - Imagem: Shutterstock

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), que mede a inflação na cidade de São Paulo, subiu 0,54% na primeira quadrissemana de março, repetindo a variação observada no encerramento de fevereiro, segundo dados publicados hoje pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe).

Na leitura inicial deste mês, cinco dos sete componentes do IPC-Fipe subiram com menos força, mudaram para deflação ou mostraram queda mais acentuada de preços. Foi o caso de Habitação (de 0,41% em fevereiro para 0,24% na primeira quadrissemana de março), Transportes (de 0,22% para -0,01%), Despesas Pessoais (de -0,36% para -0,44%), Saúde (de 0,29% para 0,28%) e Educação (de 0,03% para -0,02%).

Por outro lado, avançaram de forma mais acentuada os segmentos Alimentação (de 1,64% para 2,04%) e Vestuário (de 0,20% para 0,26%).

Veja abaixo como ficaram os componentes do IPC-Fipe na primeira quadrissemana de março:

- Habitação: 0,24%

- Alimentação: 2,04%

- Transportes: -0,01%

- Despesas Pessoais: -0,44%

- Saúde: 0,28%

- Vestuário: 0,26%

- Educação: -0,02%

- Índice Geral: 0,54%

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

Meme bilionário

O que está por trás da valorização de 500% do Dogecoin em uma semana?

O projeto levou várias pessoas a ficarem milionárias, mas pode fazer muita gente perder dinheiro daqui para frente

Chama o doutor

Após desconto em IPO, ações da Mater Dei estreiam em queda na B3

A situação atual do mercado e a fila de companhias de saúde prontas para abrirem o capital prejudica a rede de hospitais

mudanças na estatal

Conselho confirma general indicado por Bolsonaro para presidir Petrobras e novos diretores

Joaquim Silva e Luna assume o cargo então ocupado por Roberto Castello Branco Branco, demitido porque Bolsonaro estava insatisfeito com política de preços

Só a Vale salva

Tá difícil viver de renda: empresas cortaram R$ 38 bilhões em dividendos na pandemia

Muitas companhias optaram por distribuir menos dinheiro aos acionistas e preservar o caixa durante a crise econômica

Varejo em ebulição

Renner vai às compras? Varejista avalia oferta de ações e mexe com todo o setor

A rede de varejo de moda prepara captação de até R$ 4,5 bilhões com a emissão de novas ações na B3 e de olho em aquisições, diz site Brazil Journal

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies