Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-04-04T14:00:43-03:00
Estadão Conteúdo
Negócios em alta

Será 2018 o ano da volta por cima do mercado imobiliário brasileiro?

Indicadores mostram que os lançamentos e as vendas de imóveis no país seguiram trajetória de alta desde o início do ano

25 de setembro de 2018
17:22 - atualizado às 14:00
Lutador comemora vitória
Dados do mercado imobiliário nos sete primeiros meses do ano mostram recuperação do setor - Imagem: Shutterstock

Os lançamentos e as vendas de imóveis cresceram 21,4% e 11,6%, respectivamente, de janeiro a julho na comparação com o mesmo período do ano passado, de acordo com pesquisa da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) feita em parceria com a Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc).

Segundo o levantamento, os lançamentos de imóveis novos somaram 45.113 unidades nos sete primeiros meses deste ano, enquanto as vendas no período atingiram 64.065 unidades. Apenas em julho, os lançamentos totalizaram 4.169 unidades, representando uma queda de 37,1% sobre o mesmo mês do ano passado. Já as vendas, em julho, totalizaram 8.514 unidades, alta de 11,5%.

Nos últimos doze meses encerrados em julho, foram lançadas 90.463 unidades, uma expansão de 23,9%. No mesmo intervalo, as vendas atingiram 116.074 unidades, uma expansão de +13%.

No acumulado de janeiro a julho, os lançamentos de imóveis de alto e médio padrão cresceram 103,6% e os de imóveis enquadrados no Minha Casa Minha Vida (MCMV) subiram 1,5%. Já as vendas no acumulado de 2018 recuaram 2,8% no segmento de alto e médio padrão, enquanto no MCMV subiram 19,6%.

As vendas líquidas (já descontados os distratos) somaram 5.626 unidades (+16,5%) em julho, enquanto no acumulado de janeiro a julho atingiram 47.139 unidades (+27,8%).

Conforme a pesquisa, a relação entre os distratos e as vendas no acumulado deste ano está em 26,4%. Especialmente, no segmento de médio e alto padrão está em 34,2% e no MCMV atinge 17,4%. Apenas em julho, o total de distratos foi de 2.887 unidades representando 33,9% das vendas.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

Reduza sua conta de luz

Quer instalar energia solar em casa para economizar? Descubra se é para você

Já vimos que a geração de energia solar em casa pode valer muito a pena; veja para quais perfis de consumidores e residências o sistema é indicado

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

GETT11 chega à bolsa com o pé direito, novo auxílio emergencial no horizonte e outros destaques do dia

Com as duas maiores economias do mundo frustrando as expectativas dos investidores e o futuro das contas públicas em um limbo, o Ibovespa não teve muito fôlego para escapar do vermelho e encerrou o dia em queda de 0,19%, aos 114.428 pontos. O Produto Interno Bruto (PIB) chinês, que cresceu 4,9% no terceiro trimestre, veio […]

Arrumando a mala

Locaweb (LWSA3) vai deixar a B3? Empresa estuda listagem nos Estados Unidos, afirma portal

Avaliada em R$ 13,5 bilhões, a empresa estreou na B3 em fevereiro do ano passado, mas pode estar prestes a abrir capital em outro país

FECHAMENTO DO DIA

Getnet (GETT11) e Lojas Americanas (LAME4) sobem forte, mas Ibovespa derrapa e dólar avança 1%

Dados econômicos na China e nos EUA decepcionaram os mercados, indicando desaceleração nas duas principais economias do mundo

Três vezes sem juros

CPFL Energia (CPFE3) parcela pagamento de R$ 1,7 bilhão em dividendos; primeira fatia cai na conta dos acionista ainda neste mês

O pagamento das primeiras duas prestações está marcado para os dias 22 de outubro e 16 de novembro, enquanto a terceira e última fatia cairá na conta dos acionistas até 31 de dezembro

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies