Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-12-09T12:21:28-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
banco central americano

Ex-presidente do Fed, Paul Volcker morre aos 92 anos

Volcker foi presidente do Fed entre 1979 e 1987 e, antes disso, havia comandado o a distrital do Fed de Nova York

9 de dezembro de 2019
12:20 - atualizado às 12:21
Paul Volcker, ex-presidente do Fed
Paul Volcker, ex-presidente do Fed - Imagem: Reprodução / Vanderbilt University / Youtube

Ex-presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central americano), Paul Volcker morreu aos 92 anos, informou nesta segunda-feira o jornal The New York Times. A publicação atribui a informação à filha dele, Janice.

Volcker foi presidente do Fed entre 1979 e 1987 e, antes disso, havia comandado o a distrital do Fed de Nova York, entre 1975 e 1979. Nascido em New Jersey, Volcker realizou estudos nas universidades de Princeton e Harvard.

Após trabalhar como economista do Fed entre 1952 e 1957, foi para o Chase Manhattan Bank. Em 1962, tornou-se diretor do Escritório de Análises Financeiras do Tesouro.

Passou ainda pela vice-presidência do Chase e ocupou outros cargos no Tesouro, além de ter sido pesquisador visitante em Princeton.

Fed

No comando do Fed de NY a partir de 1975, se envolveu ativamente com os processo de formulação da política monetária e tornou-se um defensor da contenção monetária, segundo sua biografia disponível no site do Fed.

"Após uma forte alta na inflação entre 1978 e 1979, o presidente Jimmy Carter mudou sua equipe econômica e nomeou Volcker presidente do conselho" do banco central, lembra a nota biográfica.

O NYT destaca justamente em seu obituário o fato de que Volcker foi "o presidente do Fed que lançou uma guerra contra a inflação". Além de elevar os juros, ele monitorou crises da dívida em países e desenvolvimento e apoiou a expansão do fundo de reserva do Fundo Monetário Internacional (FMI).

Após deixar o BC, Volcker foi mais adiante presidente do conselho de assessores para a recuperação econômica do presidente Barack Obama, entre 2009 e 2011. Nesse período, propôs reformas às leis Dodd-Frank de reforma de Wall Street e da Lei de Proteção ao Consumidor, no que ficou conhecido como "Regra Volcker".

A norma proíbe em geral que bancos realizem certos investimentos com suas próprias contas e limita seus negócios com fundos de hedge e de private equity, com a intenção de evitar que os bancos façam certos tipos de investimento especulativo que estiveram na raiz da crise financeira de 2008.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

Alívio imediato

Acordo da Evergrande com credores faz ações recuperarem 17,62% na bolsa de Hong Kong

Apesar de alívio hoje, crise da segunda maior incorporadora chinesa tende a alimentar incerteza a cada novo vencimento

DIA AGITADO

Dividendos: em meio a polêmica na CPI, Hapvida (HAPV3) paga JCP aos acionistas

Depois de dia agitado com citação de diretor da empresa na CPI da pandemia, Hapvida encerrou a quarta-feira com anúncio de pagamento de JCP

Ivan Sant'Anna

Bitcoin ou ouro? A verdadeira reserva de valor que você precisa ter entre os seus investimentos

Quando alguém fala em reserva de valor, deve ter em mente que se refere a ativos cotados na moeda do país em que o investidor vive, ganha e gasta.

Polêmica

Reserva de emergência e aplicações de curto prazo: CDB 100% do CDI pode ser melhor que Tesouro Selic?

Com a Selic mais alta, vale a pena voltar a discutir qual a opção ideal para a reserva de emergência; e, nesse sentido, os CDBs que pagam 100% do CDI com liquidez diária podem sim ser uma boa pedida

De volta ao jogo

Como ficam os seus investimentos em renda fixa com a Selic em 6,25%

Renda fixa “voltou ao jogo”, mas ainda não dá para ficar rico. Veja como fica o retorno das aplicações conservadoras agora que o Banco Central elevou a Selic mais uma vez

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies