2019-05-30T15:34:48-03:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Diretor de redação do Seu Dinheiro. Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA, trabalhou nas principais publicações de economia do país, como Valor Econômico, Agência Estado e Gazeta Mercantil. É autor dos romances O Roteirista, Abandonado e Os Jogadores
Mercado de capitais

BNDESPar venderá ações em oferta de ações da Linx na B3 e na Bolsa de Nova York

Linx não informou o quando pretende captar, mas a oferta pode movimentar entre US$ 250 milhões e US$ 300 milhões. Participação do BNDESPar é avaliada em R$ 320 milhões

29 de maio de 2019
19:58 - atualizado às 15:34
Varejo tecnologia
BNDESPar possui 5,82% do capital da companhia de tecnologia para o varejoImagem: Shutterstock

Agora é oficial. A Linx, empresa de tecnologia para o varejo, anunciou que pretende fazer uma nova oferta de ações. Mas desta vez em uma operação que acontecerá tanto na B3 como na Bolsa de Nova York (Nyse), com a listagem de ADRs (recibos de ações, na sigla em inglês).

O BNDESPar, que possui 5,82% do capital da companhia, pretende vender ações na oferta, dentro do plano do governo de vender as ações de empresas que possui na carteira. A participação é avaliada em R$ 320 milhões.

A Linx não informou o quando pretende captar, mas a oferta pode movimentar entre US$ 250 milhões e US$ 300 milhões – até R$ 1,2 bilhão, no câmbio atual.

Com a listagem em Nova York, a empresa segue a tendência de outras do setor de tecnologia que foram em busca dos recursos de investidores especializados no setor, como PagSeguro, Stone e Arco Educação.

A Linx pretende usar os recursos captados com a oferta primária (emissão de novas ações) para capital de giro, potenciais aquisições e no desenvolvimento de iniciativas como o Linx Pay Hub.

As ações da empresa encerraram o pregão de hoje na B3 cotadas a R$ 33,07, em alta de 0,2%. A companhia vale hoje R$ 5,5 bilhões na bolsa. Confira também nossa cobertura completa de mercados.

Lá fora, a oferta será coordenada pelos bancos Goldman Sachs, Morgan Stanley, Jefferies, BofA Merrill Lynch e Itaú BBA.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

CHAPA CONFIRMADA

Eleições 2022: Veja quantos milhões Lula e Alckmin declararam ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE)

7 de agosto de 2022 - 12:49

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin confirmaram a chapa ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE)

NÃO ENTRE NESSA

AMTD Digital (HKD): A ação desconhecida que subiu mais de 32.000% em menos de um mês e agora entra em queda meteórica

7 de agosto de 2022 - 11:18

Recém-chegada a Nova York, as ações da AMTD Digital levaram a companhia a valer mais do que grandes bancos como o Goldman Sachs e BofA

ROTA DO BILHÃO

O Lobo de Cashmere: Como Bernard Arnault, dono da LVMH, fez uma fortuna de US$ 168,6 bilhões a partir de bolsas e joias

7 de agosto de 2022 - 8:15

Formado em engenharia e apelidado como “Exterminador do Futuro”, o francês transformou uma empresa de tecidos falida na maior companhia da Europa

IVAN SANT'ANNA

Sob a névoa da guerra: as chances de Rússia e Ucrânia após seis meses de conflito

7 de agosto de 2022 - 7:29

As coisas não se passaram da maneira que Putin queria, e já é muito remota a chance de a Rússia anexar integralmente o seu vizinho do oeste

Existe esperança

Elon Musk flerta com a possibilidade de seguir em frente com a compra do Twitter — mas antes quer certeza sobre o número de usuários da rede

6 de agosto de 2022 - 15:19

O bilionário Elon Musk, dono da Tesla, voltou a usar o próprio Twitter para pressionar os executivos da rede social

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies