Menu
2019-09-09T19:20:01-03:00
Bruna Furlani
Bruna Furlani
Jornalista formada pela Universidade de Brasília (UnB). Fez curso de jornalismo econômico oferecido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Tem passagem pelas editorias de economia, política e negócios de veículos como O Estado de S.Paulo, SBT e Correio Braziliense.
De olho no Twitter

O impacto dos tuítes de Trump: JP Morgan cria índice para analisar efeito de suas publicações

Depois de analisar os mais de 10 mil tuítes feitos pelo presidente norte-americano desde que assumiu, os especialistas chegaram a conclusão que os tuítes do presidente geram volatilidade no mercado

9 de setembro de 2019
11:15 - atualizado às 19:20
guerra comercial trump
Montagem com o presidente dos EUA, Donald Trump -

Desde que assumiu o posto de presidente dos Estados Unidos, Donald Trump é um "twitteiro" assíduo e isso ninguém pode negar. Mas será que os seus tuítes geram algum impacto no mercado financeiro? A resposta é sim.

Quem diz isso são os analistas do banco internacional JP Morgan. Depois de analisar os mais de 10 mil tuítes feitos pelo presidente norte-americano desde que assumiu, os especialistas chegaram a conclusão que os tuítes do presidente geram volatilidade no mercado. As informações são do site Zero Hedge.

Para entender melhor como os caracteres escritos por Trump movem os mercados, os analistas do banco criaram um índice chamado de "Volfefe Index".

O nome teria sido uma mistura da palavra "volatility" (volatilidade, na tradução para o português) e coverage (cobertura, se traduzido para o português).

Entendendo melhor

A razão para tamanho impacto está ligada ao fato de que Trump utiliza bastante a rede, principalmente para fazer anúncios.

Apenas para citar como exemplo, os dois últimos aumentos nos acordos comerciais que os Estados Unidos têm com a China foram feitos pelo Twitter.

Mesmo sem citar uma postagem específica, o JP Morgan destaca que, especialmente os tuítes envolvendo palavras como acordos comerciais e política monetária têm provocado movimentos no mercado.

Entre as palavras-chave citadas como as que mais geram algum movimento no mercado estão "China", "bilhões", "produtos", "democratas", "ótimo" e "dólares".

Impacto nos títulos do Tesouro

Outro ponto interessante da pesquisa feita pelo JP Morgan é que os tuítes geram um aumento na volatilidade dos títulos públicos americanos.

Por serem emitidos pelo governo da maior economia do mundo, esses títulos são conhecidos como o investimento mais seguro que existe. E são frequentemente usados como referência para todo o mercado financeiro internacional.

De acordo com o gráfico abaixo, é possível perceber que os tuítes são seguidos por um aumento de 0,5 pontos-base no retorno dos títulos de 10 anos do título americano, cerca de cinco minutos após a sua publicação.

Na avaliação do analista do banco Munier Salem, isso faz bastante sentido, especialmente por conta dos tuítes sobre o Banco Central americano (FED).

"Boa parte dos tuítes do presidente são focados no FED, e como as tensões comerciais têm sido vistas como as maiores e mais impactantes na performance da economia norte-americana no curto prazo, tais postagens geram uma reação do FED a esses desdobramentos comerciais."

Os tweets de Trump

Segundo o documento, o presidente possui uma média de 10 postagens por dia e 64,1 milhões de seguidores em sua conta.

Outro dado interessante é que das cinco da manhã até às 10 horas da manhã, a atividade do presidente é muito baixa.

Já do meio dia até às duas horas da tarde é o horário em que há o maior número de postagens. O ponto é que o mercado está aberto durante esse período, o que provoca volatilidade nos índices.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

atenção, acionista

Itaú Unibanco anuncia pagamento de juros sobre capital próprio

Segundo a empresa, os valores serão pagos com base na posição acionária do dia 10 de dezembro

seu dinheiro na sua noite

Um zero a zero para se comemorar

O gol é um detalhe. A frase atribuída a Carlos Alberto Parreira representa um marco do estilo considerado retranqueiro do ex-técnico da seleção brasileira. Ainda que Parreira negue a afirmação, o fato é que o Brasil sagrou-se campeão da Copa de 1994 sob o comando do técnico depois de um empate por zero a zero […]

separação em curso

Conselho de administração do Itaú aprova criação da Newco, dona de parte da XP

Cisão ainda precisa ser aprovada pelos acionistas, e caso isso aconteça, eles vão passar a deter participação também na Newco

fechamento dos mercados

Ibovespa perde ímpeto sem NY, mas consegue fechar em leve alta aos 110 mil pontos

Índice acionário estendeu sequência de altas em sessão de marasmo por liquidez reduzida. Embate entre Guedes e Campos Neto realça questão fiscal, mas juros recuam com leilão do Tesouro

eleição em são paulo

Empresários e investidores entregam manifesto a favor da candidatura de Boulos

Candidato é tratado como empreendedor social e, em conversas reservadas, o MTST é comparado a uma startup de sucesso

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies