Menu
2019-06-26T13:56:55-03:00
O tal do fluxo cambial

Entrada de dólar supera saída em US$ 3,507 bilhões no ano até 21 de junho, diz BC

Resultado divulgado nesta quarta-feira é fruto de aportes no valor de US$ 261,903 bilhões e de envios no total de US$ 268,236 bilhões

26 de junho de 2019
13:56
Dólar
Imagem: Creative Commons/Pixabay

O fluxo cambial total do ano até 21 de junho ficou positivo em US$ 3,507 bilhões, informou nesta quarta-feira, 26, o Banco Central. Em igual período do ano passado, o resultado era positivo em US$ 23,886 bilhões.

A saída pelo canal financeiro neste ano até 21 de junho foi de US$ 6,333 bilhões. O resultado é fruto de aportes no valor de US$ 261,903 bilhões e de envios no total de US$ 268,236 bilhões.

O segmento reúne os investimentos estrangeiros diretos e em carteira, remessas de lucro e pagamento de juros, entre outras operações.

No comércio exterior, o saldo anual acumulado até 21 de junho ficou positivo em US$ 9,839 bilhões, com importações de US$ 77,362 bilhões e exportações de US$ 87,201 bilhões.

Nas exportações estão incluídos US$ 16,177 bilhões em Adiantamento de Contrato de Câmbio (ACC), US$ 21,560 bilhões em Pagamento Antecipado (PA) e US$ 49,465 bilhões em outras entradas.

Junho

O fluxo cambial total em junho até o dia 21 está positivo em US$ 343 milhões, de acordo com o BC. O canal financeiro apresentou entradas líquidas de US$ 560 milhões, resultado de aportes no valor de US$ 31,807 bilhões e de retiradas no total de US$ 31,247 bilhões.

No comércio exterior, o saldo de junho até o dia 21 é negativo em US$ 218 milhões, com importações de US$ 9,364 bilhões e exportações de US$ 9,147 bilhões. Nas exportações, estão incluídos US$ 1,614 bilhão em ACC, US$ 2,972 bilhões em PA e US$ 4,560 bilhões em outras entradas.

Semana

Segundo o BC, o fluxo cambial registrado na semana passada (de 17 a 21 de junho) ficou negativo em US$ 2,418 bilhão.

O canal financeiro apresentou entrada saída líquida de US$ 2,111 bilhões na semana, resultado de aportes no valor de US$ 8,234 bilhões e de envios no total de US$ 10,345 bilhões.

No comércio exterior, o saldo na semana passada ficou negativo em US$ 307 milhões, com importações de US$ 2,983 bilhões e exportações de US$ 2,675 bilhões.

Nas exportações, estão incluídos US$ 354 milhões em ACC, US$ 903 milhões em PA e US$ 1,418 bilhão em outras entradas.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

Pesquisa energética

Consumo de energia cai 6,6% em abril, diz EPE

O setor comercial foi o mais atingido, com queda de 17,9%, seguido pela indústria, com perda de 12,4% no consumo. Já o setor residencial subiu 6%, sinalizando aumento da demanda trazida pelo isolamento social, que obrigou as pessoas a ficarem mais em casa

LIÇÕES SOBRE INVESTIMENTOS

Senna, o barbeiro de Mônaco, já tocou minha campainha

Mesmo os tricampeões mundiais cometem erros de vez em quando. Neste texto, Felipe Paletta mostra como a inteligência emocional pode contribuir com você para tomar melhores decisões de investimentos. Dimensionando o risco, você pode ir mais longe.

Impacto do coronavírus

Balança comercial tem superávit de US$ 4,548 bilhões em maio, queda de 19,1%

Com queda nas exportações e, em menor volume, nas importações, a balança comercial brasileira registrou saldo positivo de US$ 4,548 bilhões em maio

Retorno das operações

32 shoppings reabrem no interior de SP e país já tem 211 ativos, diz Abrasce

Com a flexibilização das regras para retomada das atividades comerciais no Estado de São Paulo, 32 shopping centers foram reabertos nesta segunda-feira, 1º, todos no interior, de acordo com levantamento da Associação Brasileira de Shopping Centers

Mudança de sentimento

Fluxo de capital para emergentes fica positivo em US$ 4,1 bilhões em maio, diz IIF

O resultado, porém, é inferior aos US$ 18,6 bilhões de abril. De qualquer modo, o IIF diz em relatório que houve nas últimas semanas uma “mudança de sentimento” em relação a esses países

Volta de atividades

Volkswagen retoma produção em São Bernardo do Campo em um turno

A fábrica da Volkswagen em São Bernardo do Campo voltou a produzir nesta segunda-feira, 1º de junho, depois de dois meses em que a operação ficou suspensa por causa da pandemia do novo coronavírus

Campos Neto no Congresso

Presidente do BC diz que Brasil foi o que mais sofreu com desvalorização cambial

Campos Neto reforçou que o câmbio é flutuante no Brasil e que a autarquia realiza intervenções quando há “gap (lacuna) de liquidez”

efeito coronavírus

Venda de papelão ondulado cai 10,89% em abril ante março, diz ABPO

Queda, conforme a entidade, interrompe um crescimento interanual dos últimos dois anos e representa o primeiro impacto da pandemia

POLÍTICA

‘STF tomou ação efetiva para barrar projeto autoritário’

Para Marcos Nobre, professor de Filosofia Política na Universidade de Campinas (Unicamp) e presidente do Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (Cebrap), a fidelidade do presidente Jair Bolsonaro a suas “convicções autoritárias” o levaram a instituir um “governo de guerra” em reação à pandemia do coronavírus. Nobre acaba de lançar o e-book Ponto Final – […]

ECONOMIA

Pandemia afeta meta de fundos de pensão

Maior fundo de pensão do País, o Previ, dos funcionários do Banco do Brasil, teve retorno negativo de 12,4% em um de seus planos no primeiro trimestre, com déficit de R$ 23,6 bilhões.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements