Menu
2019-08-23T18:40:21-03:00
Eduardo Campos
Eduardo Campos
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo e Master In Business Economics (Ceabe) pela FGV. Cobre mercado financeiro desde 2003, com passagens pelo InvestNews/Gazeta Mercantil e Valor Econômico cobrindo mercados de juros, câmbio e bolsa de valores. Há 6 anos em Brasília, cobre Banco Central e Ministério da Fazenda.
Câmbio

BC ofertará até US$ 11,6 bilhões no mercado à vista a partir de 2 de setembro

Leilões serão iguais aos feitos ao longo desta semana, com o BC trocando swaps por dólar à vista a depender da demanda de mercado

23 de agosto de 2019
18:40
pá-de-dolares
Imagem: Shutterstock

Se existia dúvida sobre a continuidade de oferta de dólares no mercado à vista, não existe mais. O Banco Central (BC) anunciou, por volta das 18 horas desta sexta-feira, que vai proceder com a oferta de moeda visando a rolagem dos swaps que vencem em novembro, no montante de US$ 11,6 bilhões.

Esse anúncio teria de ser feito em algum momento e a expectativa era que isso ocorresse na semana que vem, mas ele veio depois de um pregão de forte instabilidade nos mercados locais e externos que levaram o dólar a fechar com alta de 1,14%, a R$ 4,1246, maior cotação desde setembro do ano passado (veja nossa cobertura de mercados). A ideia do BC é dar previsibilidade aos agentes de mercado.

O modelo de leilão será o mesmo que já está sendo feito desde a quarta-feira, dia 21, objetivando a rolagem dos contratos que venceriam em outubro, e vão se estender até o dia 29. Até o momento, o BC já vendeu US$ 1,3 bilhão de dólares ao mercado e rolou outros US$ 350 milhões em swaps tradicionais. O total a ser rolado até o fim do mês é de US$ 3,8445 bilhões.

De acordo com o BC, o objetivo é que todo o estoque vincendo em 1º de novembro seja rolado ou trocado por dólares à vista, portanto sem afetar a posição cambial líquida do BC (reservas internacionais descontadas de swaps).

Ainda de acordo com o BC, a troca de instrumentos ocorrerá conforme a demanda dos agentes pelos diferentes instrumentos, por meio de leilões competitivos. As condições para a operacionalização de cada leilão serão divulgadas por intermédio de comunicados públicos no dia útil anterior à sua realização.

Quer entender o funcionamento de cada instrumento cambial? Veja as matérias abaixo.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Banco Central monta centro para acelerar a criação de fintechs

Laboratório de Inovações Financeiras e Tecnológicas (LIFT) apoia startups financeiras a desenvolverem projetos ao lado de técnicos que elaboram as normas regulatórias do mercado brasileiro.

Funcionários da Petrobras

FNP diz que todas as plataformas do litoral paulista aderiram à greve dos petroleiros

Petrobras diz que não está havendo redução da produção por conta do movimento, mas coordenador da Federação Nacional dos Petroleiros diz que estatal “mente”.

Sucessão

Herdeiros do agronegócio aliam tradição a avanço tecnológico

Nova geração de empresários do campo estão assumindo os negócios da família e ganhando influência no meio do agronegócio; conheça algumas histórias

Entrevista

Para Deutsche Bank, política ambiental de Bolsonaro prejudica investimento estrangeiro no país

Para Deepak Puri, diretor da área de Wealth Management nas Américas do Deutsche Bank, mesmo assim Brasil deve registrar uma recuperação mais forte neste ano.

Ganhando terreno

Carrefour anuncia aquisição de 30 lojas do Makro por R$ 1,95 bilhão

O plano da varejista é converter as bandeiras das unidades para Atacadão dentro de até um ano após fechar a transação

AS LIÇÕES 'FIRE' DO BILIONÁRIO

O que você perguntaria a Warren Buffett?

Aos 89, o mago de Omaha tem muito a ensinar a quem procura dar um gás nos seus investimentos em busca da sua aposentadoria precoce

Risco de lascas de vidro

Heineken anuncia recall voluntário de lotes de long neck com problemas na garrafa

A empresa identificou alteração na embalagem que pode levar lasca de vidro a ser aberta

Após imbróglio com os russos

Fertilizantes Heringer homologa plano de recuperação judicial

Segundo Fato Relevante divulgado ontem pela companhia, o plano foi homologado pelo juízo da 2ª Vara Cível da Comarca de Paulínia

Impostos

Decreto para zerar tributo em querosene de aviação sai neste ano, diz Secretário

O governo vai editar um decreto para zerar, a partir de 2021, a incidência de PIS/Cofins sobre o combustível utilizado em aeronaves.

Entrevista

‘A grande vacina é a continuidade das reformas’, diz Ana Paula Vescovi, economista do Santander

Banco revisou para baixo previsão de crescimento para 2020, após indicadores fracos.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements