Menu
2019-07-19T12:53:23-03:00
Eduardo Campos
Eduardo Campos
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo e Master In Business Economics (Ceabe) pela FGV. Cobre mercado financeiro desde 2003, com passagens pelo InvestNews/Gazeta Mercantil e Valor Econômico cobrindo mercados de juros, câmbio e bolsa de valores. Há 6 anos em Brasília, cobre Banco Central e Ministério da Fazenda.
Câmbio

BC coloca US$ 2 bilhões em leilão de linha com compromisso de recompra

Banco Central está fazendo a rolagem de operações em dólar à vista que venceriam no começo de agosto

19 de julho de 2019
12:50 - atualizado às 12:53
dólar leilão
Imagem: Shutterstock

O Banco Central (BC) mantém a estratégia dos últimos meses e já faz a rolagem das linhas de dólar com compromisso de recompra antes da virada do mês. Nesta sexta-feira, a operação foi de US$ 2 bilhões e outro leilão de mesmo montante acontecerá na segunda-feira.

Nesse tipo de atuação, o BC “empresta” os dólares das reservas internacionais que terão de ser devolvidos posteriormente. Quando opta pela rolagem, o BC se mantém neutro no mercado, que avalia se devolve os dólares para o BC ou se alonga a operação.

Os contratos que venceriam em 2 de agosto foram postergados para setembro. O estoque de linhas soma cerca de US$ 12 bilhões. São 3,9 bilhões vincendos em 2 de agosto, US$ 3 bilhões em 2 de outubro, US$ 1 bilhão em 3 de dezembro, US$ 1,624 bilhão em 3 de janeiro de 2020 e US$ 2,126 bilhões em 2 de abril de 2020.

Normalmente os leilões de linha atendem à demanda por moeda à vista tanto para remessas de lucro ao exterior como para o pagamento de empréstimos e financiamentos externos. Com fluxo cambial negativo, a atuação do BC se faz necessária para que não tenhamos problemas no mercado de cupom cambial (juro em dólar no mercado local).

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

mercado de ações

A B3 vai ter concorrência, mas não hoje: os riscos e oportunidades dos desafiantes ao monopólio da bolsa brasileira

Autorização para a empresa Mark2Market operar como central depositária de títulos volta a esquentar debate sobre atuação da B3, mas mercado vê quebra de monopólio improvável no curto prazo

Triste marca

Brasil registra mais de 500 mil mortos por covid-19

Em 24 horas foram 2.301 óbitos e 82.288 novos casos. Em nota, Conass ressalta que o Brasil tem 2,7% da população mundial, e é responsável por 12,8% das mortes

Here comes the sun

Energia solar ruma para liderança no País até 2050

O sol será responsável por 32% da geração, ao mesmo tempo em que a participação das hidrelétricas deve cair para cerca de 30%

ESTRADA DO FUTURO

Os três setores mais lucrativos em tecnologia, e por que você deve investir neles

Integração entre softwares e Inteligência Artificial são dois dos segmentos que devem fazer parte de qualquer portfólio de investimentos vencedor

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies