Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-06-26T12:11:12-03:00
Eduardo Campos
Eduardo Campos
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo e Master In Business Economics (Ceabe) pela FGV. Cobre mercado financeiro desde 2003, com passagens pelo InvestNews/Gazeta Mercantil e Valor Econômico cobrindo mercados de juros, câmbio e bolsa de valores. Há 6 anos em Brasília, cobre Banco Central e Ministério da Fazenda.
Câmbio

Banco Central coloca mais US$ 1 bilhão em linha com compromisso de recompra

Leilão de dólares foi anunciado ontem. BC está provendo liquidez em período de maior demanda por moeda à vista

26 de junho de 2019
12:11
dólar
Imagem: Shutterstock

O Banco Central (BC) colocou mais US$ 1 bilhão em dinheiro novo no mercado via leilão de linha de dólar com compromisso de recompra. A operação foi anunciada na noite de ontem.

Nesse tipo de atuação o BC “empresta” os dólares das reservas internacionais que terão de ser devolvidos posteriormente. Na operação realizada hoje os dólares terão de voltar ao BC em agosto.

Na terça, o BC já tinha feito um leilão de US$ 1 bilhão. As operações buscam sanar  “disfuncionalidade” do mercado em meio a menor liquidez.

A sazonalidade de fim de trimestre também explica as atuações, pois nesses períodos há maior demanda por moeda à vista para eventuais remessas para fora do país. Também temos concentração de vencimentos de compromissos financeiros.

Já falamos que o próprio BC enxerga essa “seca” de dólares como um fenômeno estrutural, reflexo da redução de gastos públicos, da taxa de juros e de mudanças no mercado de crédito local. As empresas e bancos estão fazendo o pagamento antecipado de dívidas tomadas no exterior e trocando os financiamentos por operações em moeda local.

Na semana passada, o BC tinha feito a rolagem de US$ 3,375 bilhões em leilões de linha que venceriam no começo de julho. Foram feitas duas operações de US$ 2 bilhões cada, postergando o vencimento para outubro e dezembro. O total de linhas em aberto está na casa dos US$ 10 bilhões.

Por volta das 12h10, o dólar comercial operava com baixa de 0,18%, a R$ 3,8452.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

efeito pandemia

Sem peças importadas, indústria busca produção local, mas esbarra em custo

Escassez de produtos como máscaras e respiradores, que marcou o início da pandemia, depois se estendeu a semicondutores, insumos e autopeças e se agravou com o aumento dos preços

é possível, sim

O segredo para ser feliz no trabalho, segundo esta especialista

Beverly Jones, autora do “Find Your Happy at Work”, arriscou algumas respostas em entrevista recente e falou sobre desconforto, networking e tédio; veja abaixo

em família

Sobrinho-neto do bilionário Warren Buffett supera Berkshire Hathaway no ano

Ações da Boston Omaha, holding de capital aberto co-liderada pelo sobrinho-neto do bilionário, Alex Buffett Rozek, estão batendo os papéis da Berkshire Hathaway

novo serviço

Grupo pão de Açúcar vai fazer entrega para lojistas de seu marketplace

No próximo ano, a companhia passará a oferecer a possibilidade de que os lojistas virtuais armazenem produtos nos centros de distribuição do GPA

inovação

Varejo online agora quer conquistar a fronteira da venda de produto fresco

A partir do mês que vem, começa a funcionar no País uma startup mexicana de tecnologia do setor de supermercados que vai explorar exatamente esse filão

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies