Menu
2019-04-04T14:50:34-03:00
Estadão Conteúdo
Após climão entre parlamentares

Líder do governo na Câmara admite que errou em convite para reunião de líderes partidários

Secretária de Vitor Hugo enviou uma mensagem para lideranças dizendo que estavam sendo convidados os parlamentares da base “do apoio consistente e do apoio condicionado”

6 de fevereiro de 2019
16:02 - atualizado às 14:50
major-vitor-hugo
Convocação de Vitor Hugo irritou aliados e muitos não compareceram ao encontro - Imagem: Instagram/Reprodução

Após ver sua primeira tentativa de reunir os líderes de partidos que podem compor a base do governo ser esvaziada, o líder do governo na Câmara, major Vitor Hugo (PSL-GO), admitiu nesta quarta-feira, 6, ter errado na forma como a convocação para a reunião foi feita.

Nesta terça, uma mensagem de Whatsapp foi enviada por sua secretária para as lideranças com a mensagem em que estavam sendo convidados os parlamentares da base "do apoio consistente e do apoio condicionado". O texto irritou aliados e muitos não compareceram ao encontro.

"Esse termo não foi cunhado pela liderança do governo. É um termo usado pelo Diap (Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar). Nunca classifiquei nenhum partido nesse sentido. A base do governo vai ser construída com essas aproximações sucessivas. Foi um erro da equipe, e lógico que se eu sou o chefe da equipe eu assumo o erro como sendo meu", disse.

Vitor Hugo afirmou já ter conversado com alguns dos líderes para explicar a situação. Ele também negou que a reunião de ontem tenha sido um fracasso. "Isso não é indicativo de nada. A gente está começando agora, é natural que haja um aguardo dos partidos para verificar a postura do governo em relação aos próprios partidos e líderes", disse.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Novela sem fim

Senadores articulam aprovação da MP da Eletrobras sem os ‘jabutis’ polêmicos, mas fazem novas adições ao texto

Os senadores sabem, no entanto, que essa alternativa pode não ser bem sucedida e que a Câmara vai resgatar os trechos retirados

Parlamentares furiosos

CPI suspende trabalhos pede condução coercitiva do empresário Carlos Wizard

Wizard é apontado como um dos integrantes de um suposto “gabinete paralelo” de aconselhamento ao governo para ações de combate à pandemia

Sobre shoppings e alianças

Como “compra por vingança”, casamentos adiados e bebês podem beneficiar a Vivara

Ao reafirmar recomendação de compra, XP explica como retomada de planos familiares e a vontade de consumir vão beneficiar a produtora de joias

Indenização ao governo

Ford deve pagar R$ 2,5 bilhões ao governo da Bahia

O acerto deve ser anunciado nos próximos dias, segundo fontes dos setores automotivo e jurídico

Força do campo

Prestes a realizar IPO, AgriBrasil aposta em sustentabilidade e expansão geográfica

Empresa que atua no ramo de exportação de grãos foi fundada em 2013 por Frederico Humberg, que vai aproveitar oferta para vender ações

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies