Menu
2019-07-12T09:56:32-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Protagonismo?

Apenas 16% da população acha que o Congresso faz um bom trabalho

Em abril, percentual era de 22%, melhor resultado já captado por pesquisa Datafolha

12 de julho de 2019
9:56
presidente da Câmara dos Deputados, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ); presidente do Senado Federal, senador Davi Alcolumbre (DEM-AP).
Presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ); presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP). - Imagem: Pedro França/Agência Senado

O Congresso Nacional, na figura de seus líderes Rodrigo Maia, na Câmara, e Davi Alcolumbre, no Senado, tenta mostrar maior protagonismo e responsabilidade diante das pautas de interesse nacional, como a reforma da Previdência e e a já acenada reforma tributária. Mas isso não se reflete na opinião da população.

Segundo pesquisa do Datafolha, apenas 16% da população considera o Congresso ótimo ou bom, uma queda sensível com relação aos 22% que tinham essa avaliação em abril e que tinha marcado a melhor leitura para início de legislatura em comparação com sondagens semelhantes feitas em 2007 e 2015.

O que subiu, em mesma proporção, foi o percentual daqueles que consideram o Congresso ruim ou péssimo. De 32% em abril para 38% agora em julho. A avaliação regular se manteve em 41%.

Os números captados pelo Datafolha são semelhantes aos obtidos pela XP Ipespe, que mostra 12% de ótimo e bom, 43% de regular e 45% de ruim ou péssimo.

O dado que chama atenção na pesquisa é o cruzamento dessa avaliação com a percepção sobre o governo Jair Bolsonaro. Quem considera o governo ótimo ou bom tem visão mais positiva sobre o Congresso, apesar do certo distanciamento que Bolsonaro tenta manter da política e dos políticos.

A pesquisa mostra que 26% dos que aprovam Bolsonaro consideram o Congresso ótimo ou bom. Entre os que desaprovam o presidente, apenas 10% têm essa avaliação positiva com relação a deputados e senadores.

Em outra pesquisa, o Datafolha mostrou que 33% da população classifica o presidente como ótimo ou bom, outro terço dá nota regular e o terço final diz que ele é ruim um péssimo.

Quanto maior a escolaridade, maior a insatisfação. Dos entrevistados com ensino fundamental, 32% dá nota ruim/péssimo, percentual que sobe a 47% entre aqueles com nível superior.

A confiança no Congresso só não é menor que nos partidos políticos. Apenas 7% dizem confiar muito no Congresso e 4% (quase margem de erro) nos partidos.

Foram entrevistadas 2.086 pessoas entre os dias 4 e 5 de julho em 130 municípios. A margem de erro de 2 pontos percentuais.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

rearranjo no segmento

Dona da Farm negocia fusão com a Shoulder, de moda feminina

Empresas mantém conversa “em fase preliminar”, em um momento de rearranjo do segmento; Grupo Soma comprou recentemente a NV e a Lauf

Meme bilionário

O que está por trás da valorização de 500% do Dogecoin em uma semana?

O projeto levou várias pessoas a ficarem milionárias, mas pode fazer muita gente perder dinheiro daqui para frente

Chama o doutor

Após desconto em IPO, ações da Mater Dei estreiam em queda na B3

A situação atual do mercado e a fila de companhias de saúde prontas para abrirem o capital prejudica a rede de hospitais

mudanças na estatal

Conselho confirma general indicado por Bolsonaro para presidir Petrobras e novos diretores

Joaquim Silva e Luna assume o cargo então ocupado por Roberto Castello Branco Branco, demitido porque Bolsonaro estava insatisfeito com política de preços

Só a Vale salva

Tá difícil viver de renda: empresas cortaram R$ 38 bilhões em dividendos na pandemia

Muitas companhias optaram por distribuir menos dinheiro aos acionistas e preservar o caixa durante a crise econômica

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies