Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-04-17T18:11:22-03:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Diretor de redação do Seu Dinheiro. Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA, trabalhou nas principais publicações de economia do país, como Valor Econômico, Agência Estado e Gazeta Mercantil. É autor dos romances O Roteirista, Abandonado e Os Jogadores
Ofertas de ações

Em cerimônia discreta, Centauro reabre IPOs na bolsa brasileira depois de quase um ano

As ações da varejista de produtos esportivos não tiveram aquele sprint inicial e fecharam em queda de 1,60% em seu primeiro pregão na B3

17 de abril de 2019
11:52 - atualizado às 18:11
Executivos da Centauro tocam a campainha na estreia das ações na B3
Executivos da Centauro tocam a campainha na estreia das ações na B3 - Imagem: Vinícius Pinheiro/Seu Dinheiro

Uma cerimônia discreta marcou a estreia das ações da varejista de produtos esportivos Centauro na bolsa. Apenas dois banners posicionados de cada lado do púlpito onde se toca o sino que marca o início simbólico das negociações decoravam o saguão da B3 na manhã de hoje.

O IPO (sigla em inglês para oferta pública inicial de ações) da SBF, dona da Centauro, movimentou até R$ 772 milhões. O valor final pode ser menor, dependendo da venda ou não do lote suplementar de ações, que pode acontecer nos próximos 30 dias.

O preço por ação na oferta foi definido em R$ 12,50, pouco acima do mínimo da faixa indicativa, que variava de R$ 12,10 a R$ 14,70. A procura pelos papéis foi boa e houve rateio dos pedidos de reserva feitos pelos investidores de varejo nos valores acima de R$ 3 mil.

A Centauro pretende usar os recursos captados no IPO para pagar dívidas com bancos, alguns deles coordenadores da oferta de ações, e na abertura e reforma de lojas. A Centauro possui uma rede com 192 unidades, localizadas principalmente em shoppings. Outra aposta da companhia é no aumento das vendas online.

Camisetas pretas e isotônico

Os funcionários e executivos da empresa presentes na sede da bolsa hoje vestiam camisetas pretas com o código de negociação de ações (CNTO3) estampado na frente.

Em discurso durante a cerimônia, o vice-presidente de produtos e clientes da B3, Juca Andrade, comparou o processo de abertura de capital a uma maratona, em uma alusão aos produtos vendidos pela Centauro.

Já o fundador e presidente do conselho de administração da varejista, Sebastião Bomfim, preferiu classificar a estreia das ações na bolsa como o primeiro dia de uma longa caminhada.

As falas dos executivos da empresa são sempre protocolares em razão do período de silêncio imposto pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) enquanto a oferta não for concluída.

De todo modo, as ações não tiveram aquele sprint inicial e fecharam em queda de 1,60% em seu primeiro pregão, em linha com o desempenho ruim da bolsa como um todo. Confira a cobertura atualizada da bolsa hoje.

Com a emissão das novas ações no IPO, a participação de Bomfim na companhia foi diluída de 63% para passou para 45%. A gestora de fundos GP Investimentos é a segunda principal acionista, agora com 25% das ações. O percentual final, mais uma vez, depende da colocação ou não do lote suplementar de ações, que é usado para estabilizar o preço nos primeiros dias de pregão.

Na saída da sede da B3, os convidados receberam uma garrafa de isotônico de brinde. O que pode ser um sinal de que a empresa precisará de fôlego para se mostrar um bom negócio para seus novos sócios.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Troca de comando

Gustavo Raposo renuncia ao cargo de presidente da Transpetro, subsidiária da Petrobras (PETR4); sucessor já foi escolhido

Com a saída de Raposo, o conselho da empresa deverá deliberar sobre a nomeação do atual diretor de Serviços para o comando

atenção, acionista

Dividendos: WEG (WEGE3) paga R$ 86,8 milhões em juros sobre capital próprio

Valor líquido é de R$ 0,017 por ação; terão direito aos proventos acionistas na base em 24 de setembro, segundo a companhia

Virou o jogo

Ação da Arezzo (ARRZ3) tem compra recomendada pelo Goldman Sachs, após sucesso na integração da Reserva e novas aquisições

Os analistas do banco de investimentos estão mais confiantes no potencial de lucro da empresa e elevaram também o preço-alvo dos papéis

MERCADOS HOJE

Lideranças do Congresso costuram solução para precatórios e Ibovespa recupera os 110 mil pontos; dólar recua, mas Evergrande segue no radar

Apesar das incertezas em torno da insolvência da incorporadora chinesa Evergrande ainda assombrarem os mercados globais, os investidores se permitiram um dia de mais otimismo após uma segunda-feira sangrenta.  O Ibovespa subiu 1,29%, aos 110,249 pontos, e o dólar caiu 0,84%, a R$ 5,2863 nesta terça (21). Com a proximidade das decisões de política monetária […]

Rende mais que o Tesouro Direto

Fundo de renda fixa libera acesso a investidores em geral e passa a pagar dividendos isentos de IR todo mês

Com retorno corrigido pela inflação e superior ao dos títulos públicos, fundo de debêntures incentivadas Kinea Infra (KDIF11) não será mais restrito a investidores qualificados e passará a distribuir dividendos mensais

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies