Menu
2019-04-30T15:14:03-03:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA. Trabalhou por 18 anos nas principais redações do país, como Agência Estado/Broadcast, Gazeta Mercantil e Valor Econômico. É coautor do ensaio “Plínio Marcos, a crônica dos que não têm voz" (Boitempo) e escreveu os romances “O Roteirista” (Rocco), “Abandonado” (Geração) e "Os Jogadores" (Planeta).
Depois do lucrão

‘Um bom começo’: veja como os analistas reagiram ao balanço do Bradesco

O resultado de mais de R$ 6 bilhões foi bem recebido pelos analistas que cobrem o banco, mas não foi suficiente para animar os investidores na bolsa

25 de abril de 2019
13:33 - atualizado às 15:14
Tela do site do Bradesco
Tela do site do Bradesco - Imagem: Shutterstock.com

O lucro de R$ 6,238 bilhões registrado pelo Bradesco no primeiro trimestre deste ano encheu os olhos dos analistas que cobrem o banco. O resultado foi 22,3% maior do que no mesmo período do ano passado e ficou acima da média das projeções do mercado de R$ 6,020 bilhões, de acordo com a Bloomberg.

Mas nem o lucrão nem a rentabilidade de 20,5% do banco nos três primeiros meses do ano foram suficientes para animar os investidores. As ações preferenciais (PN) do Bradesco (BBDC4) eram negociadas em queda de 1,37%, cotadas a R$ 35,16 por volta das 13h10 (atualização: no fechamento, as ações fecharam em alta de 1,18%). Confira também nossa cobertura completa de mercados.

No geral, os analistas se surpreenderam positivamente com os resultados da área de seguros do banco, mas chamaram a atenção para a receita mais fraca com a cobrança de tarifas e serviços, além do aumento mais forte das despesas.

Leia a seguir qual foi a leitura dos analistas sobre os resultados do Bradesco e a recomendação para as ações:

BTG Pactual - Um bom começo de ano

Recomendação: compra

Preço-alvo: R$ 43,00

"O Bradesco registrou bons resultados, principalmente considerando que o PIB do Brasil provavelmente caiu em relação ao trimestre anterior."

"Outro destaque positivo do trimestre foi novamente a qualidade dos ativos. A inadimplência melhorou 0,24 ponto percentual no trimestre e 1,1 ponto em 12 meses, para 3,27%, com melhora em todas as principais linhas de crédito."

Itaú BBA - Começo forte: na trilha para atingir as metas do ano

Recomendação: outperform (compra)

Preço-alvo: R$ 45,00

"Não apenas o lucro do Bradesco foi bom, mas a qualidade dos números nos surpreendeu, com resultados limpos e boas tendências operacionais."

"A margem financeira foi uma surpresa negativa, mas principalmente em razão resultados mais fracos na tesouraria. As receitas com tarifas também ficaram um pouco abaixo das nossas expectativas."

Safra - desempenho muito forte em seguros

Recomendação: outperform (compra)

Preço-alvo: R$ 36,70

"Os resultados de seguros foram bastante fortes e atingiram R$ 3,8 bilhões, um crescimento de 22,4% em relação ao mesmo período do ano anterior e 27,8% acima de nossas estimativas."

"No geral, acreditamos que os resultados do Bradesco foram mistos, com a área de seguros compensando o desempenho ligeiramente mais fraco da divisão bancária (com atenção às receitas com serviços e despesas operacionais)."

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Entrevista exclusiva

Líder no Nordeste, Moura Dubeux quer manter foco na região e na rentabilidade

Em entrevista exclusiva, o CEO da incorporadora de Recife fala sobre a vida da empresa antes e depois do IPO, diz que por ora não vê sentido em sair do Nordeste e que prioriza rentabilidade a crescimento

PRÉVIA DOS BALANÇOS

Os grandões vêm aí: Petrobras e Vale divulgam os resultados; veja o que esperar

Semana será marcada pela apresentação dos resultados de algumas das principais companhias da B3

agenda lotada

Os segredos da bolsa: balanços de pesos-pesados podem manter Ibovespa em alta em semana de Copom

Lá fora, resultados do terceiro trimestre de Amazon, Apple, Facebook, Google e Microsoft são destaques, além de decisões de bancos centrais

O GRANDE DRAGÃO VERMELHO

Pandemia deve reforçar poder chinês na economia

Movimento aponta para a continuidade das tensões com Estados Unidos e manutenção da alta demanda por matérias-primas produzidas pelo Brasil

PANOS QUENTES

‘Apresentei desculpas e colocamos ponto final’, diz Salles sobre atrito com Ramos

Salles e Ramos protagonizaram o mais recente atrito dentro do governo, tornado público após chefe do Meio Ambiente se referir ao general como “Maria Fofoca”

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies